PT Login
1 de 9 fotos
Foto: Restaurante Cais da Estação
Foto: Restaurante Cais da Estação
1 de 9 fotos
Foto: Restaurante Cais da Estação
Foto: Restaurante Cais da Estação
1 de 9 fotos
Foto: Restaurante Cais da Estação
Foto: Restaurante Cais da Estação
1 de 9 fotos
Foto: Restaurante Cais da Estação
Foto: Restaurante Cais da Estação
1 de 9 fotos
Foto: Restaurante Cais da Estação
Foto: Restaurante Cais da Estação
1 de 9 fotos
Foto: Restaurante Cais da Estação
Foto: Restaurante Cais da Estação
1 de 9 fotos
Foto: Restaurante Cais da Estação
Foto: Restaurante Cais da Estação
1 de 9 fotos
Foto: Restaurante Cais da Estação
Foto: Restaurante Cais da Estação
1 de 9 fotos
Foto: Restaurante Cais da Estação
Foto: Restaurante Cais da Estação
1 de 9 fotos

Descrição

O Cais da Estação nasceu da vontade e do gosto próprio de criar e construir, de fazer mais e melhor. Nasceu da oportunidade de oferecer à população e visitantes do Concelho de Sines um espaço de referência na área da restauração, ocupando lugar de destaque não só pela oferta gastronómica regional mas também pelo investimento arquitectónico.

Desta forma, nunca foi visto como um negócio, mas sim como um investimento pessoal e patrimonial. A realização pessoal de recuperar um espaço que foi uma referência na História de Sines, e dos transportes ferroviários, em geral, ultrapassa qualquer outro valor.

Assim, a 26 de Fevereiro de 2009, após 3 longos anos de construção e recuperação, o antigo armazém da Estação de Comboios de Sines surge reconvertido em Restaurante Marisqueira, exibindo o nome da sua antiga função de "Cais da Estação".

Ao entrarmos no Cais da Estação deparamo-nos com uma atmosfera envolvente encantadora. O impacto que este ambiente proporciona faz com que a intenção inicial de procurar um lugar vago se dilua, ficando-se absorto em cada pormenor e em cada recanto. Com capacidade de 165 lugares, distribuidos por 4 espaços distintos, cuidadosamente decorados – sala Cais, Mezanino, Esplanada coberta e sala Adega – o Cais da Estação, torna-se um espaço para estar e desfrutar.

Fazendo jus ao ambiente e decoração cuidados, surge uma variedade imensa de petiscos, peixes e carnes. A ementa tem as suas raizes na cozinha regional, com ênfase nos pratos e petiscos confeccionados a partir do peixe e marisco fresco da costa vicentina, passando pelas diversas carnes seleccionadas. A par da ementa, encontramos uma carta de vinhos forte e equilibrada. O serviço, como não podia deixar de ser, é de elevado profissionalismo, atenção e simpatia, havendo uma dedicação surpreendente por parte de uma equipa que "veste a camisola" e que está para satisfazer cliente desde o momento em que o recebe até ao momento em que se despede.

Por tudo isto, o Cais da Estação constitui um espaço que alia o conceito de bem-estar à boa gastronomia.

Comentários (0)

0.0
sobre 5 0 opiniões

Profissionalismo

Qualidade/preço

Recomenda?

Já ultilizou? Deixe a sua opinião

Já utililizou? Deixe a sua opinião

Moradas de Restaurante Cais da Estação em Setúbal:

Av. General Humberto Delgado, 16 7520-104 Sines

Perguntas Frequentes

  • Quais são as características mais relevantes das instalações?

    Jardim, Terraço, Estacionamento, Vistas panorâmicas, Parque infantil, Acessibilidades

  • Qual o número máximo de convidados que pode acolher num casamento?

    100

  • Gama de preços do serviço

    Preço médio

  • Que menus especiais oferecem?

    Vegetarianos, Menu infantil

  • Os noivos podem levar o seu próprio bolo de casamento?

    Os noivos podem trazer o bolo de noiva

  • As bebidas podem ficar a cargo dos noivos?

    Possibilidade de os noivos fornecerem as bebidas

  • Há mais de um evento por dia no espaço?

    Apenas um evento por dia

  • Quais são as condições de pagamento?

    Dinheiro Cheque Transferência bancária Cartão de Crédito A data e o espaço são reservados através de uma sinalização de 30% do valor no dia da adjudicação do serviço (apenas 15% é devolvido aos noivo em situação cancelamento/ anulação ). Os restantes 70% são pagos no dia antes por transferência bancária ou no próprio dia com cartão de débito ou dinheiro

  • Em que ano iniciaram esta actividade?

    2009