PT Login
PT
  • Filipa e Francisco | 135 milímetros
  • Filipa e Francisco | 135 milímetros
  • Filipa e Francisco | 135 milímetros
  • Filipa e Francisco | 135 milímetros
  • Filipa e Francisco | 135 milímetros
  • Filipa e Francisco | 135 milímetros
  • Filipa e Francisco | 135 milímetros
  • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
    • Filipa e Francisco | 135 milímetros
  • [ALT] 34+

Tenho um fraquinho por contar histórias de amor – todos o sabem… E ainda mais, quando são histórias de amor como a da Filipa e do Francisco, que hoje vos trago, aqui, na Zankyou Magazine… Nascidas de momentos triviais, que acabam por se transformar nos momentos que nos mudam e moldam a vida, para todo o sempre… Nascidas de um instante, para a eternidade!.. Congeladas, por um talentosíssimo olhar… Neste caso, pelos talentosíssimos 135 milímetros, que já nos habituaram a registos encantadores, singulares e fascinantes!..

A Filipa e o Francisco começaram por ser vizinhos… Diz-se que foi ele quem se apaixonou primeiro, à primeira vista, desde o primeiro dia…
Meigos e unidos, como se deixam fotografar, não conhecem já a vida um sem o outro… Protegem-se, reciprocamente, porque o seu amor é maior que o Mundo… O maior tesouro do Mundo… O seu maior tesouro!

Escolheram uma pequena aldeia de Coimbra como palco: e não foi uma escolha difícil!.. As raízes de Filipa são conimbricenses… A casa da sua avó acolheu-lhe as maiores travessuras – as suas e as das primas, junto ao rio! – e vibrou também com algumas das suas maiores gargalhadas… Com ela partilhou segredos e confidências, de um tempo que já não volta mas que, certamente, a marcou… Hoje e cada vez mais, também o Francisco guarda no seu coração muitos desses segredos, muitas dessas confidências… São de ambos… Escondidos nos olhares, nas mãos dadas e entrelaçadas, nos sorrisos cúmplices… Na própria paisagem, que lhes pertence… No pôr-do-sol, que os abraça!

E porque uma imagem vale mais que 1000 palavras, como sabem… Fiquem com a Filipa e o Francisco! E deliciem-se com tudo aquilo que eles ainda vos irão contar, em cada uma das imagens que vos deixo!..

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação