PT Login
PT

11 livros para ler neste Verão: a melhor companhia para se plantarem à beira-mar!

Verão… Aqui, na Zankyou Magazine, adoramos a sonoridade da palavra Verão… Faz-nos felizes, o que mais podemos dizer? E Verão rima com férias, biquíni, óculos de sol, protector solar… E livros! Muitos livros!
Numa qualquer mala de viagem – mesmo na mala que fará par convosco, para a lua-de-mel! -, nada como fazerem-se acompanhar de uma série de histórias… Histórias que terceiros têm para contar!.. Terror, romance, drama… As maravilhosas páginas da literatura estendem-se à vossa frente! Por muito que a praia paradisíaca das Maldivas ou a riqueza cultural do México vos tentem, na viagem da vossa vida, tirem algum tempo para aproveitarem, no sossego do vosso resort, por exemplo, o amor do vosso companheiro feito de papel, palavras e imaginação, enquanto o vosso marido dorme aquela fantástica sesta, embalado pelo mar e pela areia. Também as noites são grandes amigas da leitura: no terraço, no jardim ou na cama… A brisa corre pela janela e o Mundo envolve-vos!

Momento CativoSolicite informação sobre “Momento Cativo”
Momento Cativo

Alguns livros, além de rimarem com Verão, têm alma de Verão… Pela trama, pelas paisagens que descrevem, pelas noites estreladas!..
Hoje, descubram que 11 livros andam nas bocas de Portugal inteiro, para ler nesta temporada: aproveitem ao máximo e encham o vosso coração de aventuras!

Momento CativoSolicite informação sobre “Momento Cativo”
Momento Cativo

1. A rapariga no comboio (Paula Hawkins, 2015)

O thriller do momento é um dos livros que não poderão deixar escapar!.. Rachel, todos os dias, apanha o comboio… No caminho para o trabalho, o seu destino cruza-se com o de um casal, a quem ela atribui nomes e vidas imaginárias… Um dia, entre todos os dias, ela assiste a algo errado entre o casal… Não querendo guardar segredo, Rachel fala com a polícia e a partir daí… A vida jamais será a mesma!..
Segundo o New York Times, este livro vai deixar os seus leitores arrepiados… Do que estão à espera?

A rapariga no comboio – Paula Hawkins

2. Viver depois de ti (Jojo Moyes, 2013)

Lou Clark sabe muita coisa… Mas não sabe que vai perder o emprego e que tudo o que sabe, será posto em causa. Will Traynor sabe muita coisa… Mas não sabe que o mundo que conhece será arremessado ao ar, por Lou… Em “Viver depois de ti”, o autor fala sobre um tema difícil e controverso, com sensibilidade e realismo… Fala-se de liberdade de escolha, fala-se de consequências… E para saberem mais, terão mesmo de se deixar levar por este livro, editado pela Porto Editora.

Viver depois de ti – Jojo Moyes

3. Prometo perder (Pedro Chagas Freitas, 2016)

O escritor vimaranense soma e segue… Depois de êxitos como “Prometo falhar” ou “Queres casar comigo todos os dias?”, surge “Prometo perder”… E aqui, na Zankyou Magazine, não resistimos a um pequeno trecho da sua nova obra literária…

“Prometo perder.
Prometo por vezes fraquejar, por vezes cair, por vezes ser incapaz de ganhar. Nem sempre conseguirei superar, nem sempre conseguirei ultrapassar. Nem sempre poderei ser capaz de ir tão longe como tu me pedes, de te dar exatamente o que merecias que te desse. O que desesperadamente te quero dar. Nem sempre conseguirei sorrir, também.

Prometo perder.
Prometo ainda manter-me vivo depois de cada derrota, resistir ao peso insustentável de cada impossibilidade. Há-de haver momentos em que sem querer te magoarei, momentos em que sem querer tocarei no lado errado da ferida. Mas o que nunca vai acontecer é desistir só porque perdi, parar só porque é mais fácil, ceder só porque dói construir.

Prometo perder.
Porque só quem ama corre o risco de perder; os outros correm apenas o risco de continuar perdidos.
Prometo perder.
Porque só quem nunca amou nunca perdeu.”

Tentador, não acham?

Prometo perder – Pedro Chagas Freitas

4. A amiga genial (Elena Ferrante, 2016)

A história de um encontro entre duas crianças de um bairro dos arredores de Nápoles dá corpo a esta narrativa da autoria de Elena Ferrante, considerada “uma das grandes escritoras contemporâneas” da actualidade. Densa, veloz, desconcertante e profunda, como é descrita, inebriar-vos-á, numa sucessão de acontecimentos que desejarão que nunca chegue ao fim… Haverá melhor companhia para uma sucessão, também, de noites quentes, apaixonadas e perfumadas, de Verão?..

A amiga genial – Elena Ferrante

5. O pavilhão púrpura (José Rodrigues dos Santos, 2016)

1929. A bolsa colapsa. A crise assoma o planeta. Salazar é Ministro das Finanças, em Portugal. O desemprego ameaça o Japão.
Uma série de momentos. Uma série de personagens. Cruzam-se numa roda incessante… Está levantada a ponta do véu que esconde todo o enredo do novo livro de José Rodrigues dos Santos, autor português conceituado. O livro, editado pela Gradiva Publicações, é uma viagem frenética, por um mundo sem rumo.

O pavilhão púrpura – José Rodrigues dos Santos

6. Os tambores de Outono (Diana Gabaldon, 2016)

Na Escócia, abre-se uma porta para o passado. A porta para uma história de amor, a porta para uma descoberta de vida… Poderá mudar-se a história? O curso do passado ou do futuro? Poderá um coração pertencer a um local diferente daquele onde nasceu e cresceu? Só o livro “Os tambores de Outono”, da autoria de Diana Gabaldon, poderá dar resposta a todas essas questões… Temos a certeza que não o quererão perder e que será um dos melhores amigos das vossas férias…

Os tambores de Outono – Diana Gabaldon

7. O advogado mafioso (John Grisham, 2016)

Sebastian Rudd é um advogado que nada tem de convencional. No seu escritório, uma carrinha blindada, prepara defesas que outros advogados jamais quereriam para si: predadores sexuais, chefes do crime organizado… Porquê? Porque, convicto, acredita, que todos têm direito a um julgamento justo, mesmo que isso implique que o seu comportamento não seja também, o mais ético o mais correcto… Batotice? Sim… Sebastian Rudd é descrito como “uma das personagens mais coloridas e ousadas” do autor John Grisham… E é irresistível, portanto!..

O advogado mafioso – John Grisham

8. A mancha humana (Philip Roth, 2016)

O último da trilogia lançada por Philip Roth e editado pelas Publicações Dom Quixote, é, segundo a crítica, “avassalador e completamente absorvente”.
A história de Coleman e o segredo de Coleman, um homem de 78 anos, acaba assim, exposto e deslindado, perante os leitores, que, enredados nas vidas americanas dos anos 90, se rendem a este romance, sem paralelo, de forma absoluta e inteira. Estão preparados para se entregarem?

A mancha humana – Philip Roth

9. Quando voltares para mim (Margarida Rebelo Pinto, 2016)

“Vale sempre a pena viver uma história de amor até ao fim”, diz a autora a respeito deste seu novo livro, que promete arrastar corações. “Quando voltares para mim”, reúne um conjunto de cartas entre cinco mulheres que, entre si, não escondem o tanto que o amor pode mudar e moldar na nossa vida, para toda a eternidade e para todo o sempre.
Odiada por uns e amada por outros, Margarida Rebelo Pinto, soma assim, mais um registo aos já bem conhecidos do público, “Diário da tua ausência” e “O dia em que te esqueci”.

Quando voltares para mim – Margarida Rebelo Pinto

10. A Herdeira (Elisabeth Adler, 2016)

Peach e Noel são os protagonistas da trama que, invariavelmente, vos vai agarrar da primeira à última página. Vidas cruzam-se. Destinos cruzam-se. Sonhos cruzam-se. Corações cruzam-se. Vontades cruzam-se. Personalidades cruzam-se. Do requinte à força de vencer… Da rebeldia à vontade de ser… De Detroit a Grosse Pointe… E tendo como pano de fundo, um mundo perigoso e rico… O que será que vai acontecer? Agarrem-no, se puderem!.. E fiquem, claro, a saber tudo!

A herdeira – Elisabeth Adler

11. O domador de leões (Camilla Läckberg)

Janeiro. Morte. Tragédia. Atrocidade. O passado mistura-se com o presente. A história adensa-se… As personagens perdem o seu rumo e encontram-no, vezes sem conta… Encontram-no e encontram-se… Um bosque gélido, uma estrada… Um circo, um estabelecimento prisional… O que será que cada um deles esconde? Provavelmente, tanto quanto cada uma das páginas do “O domador de leões”, da autoria de Camilla Läckberg que, quem sabe, vos cobrirá, também, com um manto de neve e com uma história que não encaixa…

O domador de leões – Camilla Läckberg

E então? O que acham das nossas sugestões? Têm mais alguma que queiram acrescentar? Pois bem, nós acrescentamos uma última nota: além de todos estes livros – perfeitos para encher as manhãs, as tardes e também, as noites de Verão – deixem-se enfeitiçar pelos grandes romances perdidos que vos amadureceram, pelos vossos livros infanto-juvenis que tanto vos entreteram… Um regresso ao passado que, temos a certeza, não esquecerão e que vos trará boas recordações!
Que esta estação vos impregne com o doce aroma do conhecimento, do amor e da cultura!

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação