12 livros de amor que todos devemos ler antes de casar!

O amor é uma das principais fontes de criação para os artistas. A literatura distingue-se como um dos veículos do amor a longo prazo, desvendando o seu poder e transportando o mesmo através das muitas páginas que constroem a nossa cultura. Aprender deles e cegar-se com o seu encanto pode servir para enfrentar relações sentimentais com novas expectativas. Por isso, hoje apresentamos-lhe 15 livros de vários estilos e de épocas diferentes, para todos os gostos e personalidades, especializados em roubar corações e potenciar o carácter sensível e romântico que muitas vezes adormece dentro de nós.

Marco Torre, beyond photography

1. Orgulho e Preconceito (Jane Austen, 1813)

Material romântico por excelência a cargo de uma das mulheres mais sensíveis e inteligentes da nossa história, Jane Austen. A loucura entre Elizabeth Bennet, símbolo da literatura mundial e Fitzwilliam Darcy, galã rompe-corações geração, trás geração (nenhuma escapa a este homem) é a trama principal da história escrita com mão de cirurgião e localizada na transição do século XVIII ao XIX. Questões como o elitismo, a diferença de classes e os valores mais íntimos são falados em destaque numa das novelas mais importantes dos nossos tempos, com um humor britânico e onde o amor e o desejo proibido lutam contra as normas estabelecidas e o protocolo de aquele então.

2. Como água para chocolate (Laura Esquivel, 1989)

Laura Esquivel relata as complicadas andanças de Tita no terreno amoroso, uma miúda de família mexicana que apaixona-se por Pedro Muzquiz, para desgosto da sua família. A jovem, está proibida de casar-se porque tem que cuidar dos seus pais, procura desesperadamente acabar com este amor impossível. O livro que está imerso na fantasia do realismo mágico e  no uso da metáfora gastronómica como veículo sentimental, com cebolas e codornizes a pular como armas literárias. O mundo da cozinha mexicana contextualiza a história e serve para dar sentido a todos os tórridos eventos acontecidos. Uma leitura deliciosa que irá despertar todos os seus sentidos!

3. O amor nos tempos do cólera (Gabriel Garcia Márquez, 1985) 

É um livro escrito por Gabriel Garcia Márquez, que trata de um triângulo amoroso que durou mais de cinquenta anos. Do Gênero realismo fantástico passado no século XIX na América Latina, é uma verdadeira obra de arte, com uma leitura agradável. Descubra o romance de Florentino e Fermina e entre na romântica história deste casal.

4. Romeu e Julieta (William Shakespeare, 1597). 

Uma das tragédias românticas mais conhecidas a nível mundial. Conta a história de amor entre Romeu e Julieta, que acaba com umas das provas de amor mais comentadas de todos os tempos, o suicídio de Romeu ao pensar que a sua amada está morta, não quer continuar a sua vida sem ela. Uma história que não deixa ninguém indiferente, um verdadeira clássico da literatura.

5. Tokio Blues (Haruki Murakami, 2010)

Especialista nas aventuras e histórias intimistas, Haruki Murakami centra o argumento da sua obra mais conhecida no período universitário de Toru Watanabe, uma das épocas da vida que tem por hábito desenvolver. Os seus amores com Naoko e Midori, duas meninas totalmente opostas, centram o livro coberto por  um fino surrealismo que identifica o autor por completo. O conceito do amor é único em cada ser humado e Murakami narra-o de uma forma muito pessoal.

6. Um longo caminho a casa (Danielle Steel, 1998)

O amor proibido é um dos mais apetecidos, principalmente se é impossível e deixa vitimas pelo caminho – normalmente, o próprio amante. é o que acontece a Gabriella, uma jovem abandonada num convento, depois de muitos anos de maltrato e desprezo na casa dos seus pais. É recebida ali com todo o carinho das freiras, e finalmente, desfruta de uma vida agradável, sem golpes físicos nem emocionais. No entanto, o amor acontece no seu anterior, apaixonando-se por um jovem sacerdote. Descubra todas as provas de amor às que se irá submeter Gabriella neste maravilhoso livro!

 7. Fortunata e Jacinta (Benito Pérez Galdós, 1887)

O amor, às vezes, leva-nos a assumir comportamento inesperados, a cometer erros e, definitivamente, a tomar decisões que escapam ao nosso controlo, Juanito Santa Cruz não pode evitar ter relações com duas mulheres. Fortunata e Jacinta. Amante e esposa, respectivamente, têm que suportar a forte personalidade de Juanito, um homem que obriga às suas amadas a escolher certos caminhos nas suas vidas.

8. La pasión turca (Antonio Gala, 1993)

Desideria Oliván é a protagonista e vítima do doce e agro amor. Numa viagem turística por Turquía com o seu marido e os seus amigos, a vida desta mulher dá um salto ao vazio. As diferenças culturais e o ardor de um pais tão exótico irão levá-la até aos braços de Yamam, um comerciante que incendiará o seu interior de uma forma descontrolada. A dupla vida do comerciante, que combina uma vida vida lícita com a de traficante, será um dos problemas que dificultam a viabilidade da relação. Que não se imaginou alguma vez a encontrar o amor em terras desconhecidas? Cuidado, pode queimar-se.

9. Breakfast at Tiffany’s (Truman Capote, 1958) 

Esta novela curta do grande escritor americano tornou-se num símbolo da cultura contemporânea, tanto pelo próprio livro como pelo filme de Audrey Hepburn. Comédia sofisticada e romântica, onde o argumento revela como a amizade entre homens e mulheres pode ser que, em certas ocasiões, passe a outras vertentes emocionais. Holly Golightly e um narrador anónimo iniciam uma relação de amizade entre 1943 e 1944, com um fundo mágico, com as cores de um Outono nova-iorquino.

10. Três Metros Acima do Céu (Federico Moccia, 1992/2004)

Como o sentimentalismo não escapa a nenhum âmbito social, não podia faltar um dos maiores êxito de amor adolescente, de Step e Babi. Ele, motard e salvagem, conhece a Babi, uma menina exemplar, responsável e brilhante nos seus estudos e surge o amor. Um romance entre duas pessoas totalmente opostas que mudará para sempre as suas vidas. Quer viajar nesta história de amor?

11. E o vento levou (Margaret Mitchell, 1936)

Victor Fleming transformou este maravilhoso livro num dos filmes mais vistos a nível mundial, mas a obra base para toda a história foi escrita por Margaret Michell e é também um dos livros mais lidos de todos os tempos. Escarlata O’Hara, uma menina mimada da alta sociedade, caprichosa até dizer chega, irá ter constante conflitos dilemas mentais e amorosos protagonizados por Ashley Wilkes e Rhett Butler, dois homens que, de alguma maneira, marcaram a sua vida. No decorrer da história, a protagonista lidará com este quebra-cabeças e as consequências da guerra, que mudam não só o futuro americano.

12. Palmeiras na neve (Luz Gabás, 2012) 

Uma das novelas mais contemporâneas da literatura espanhola é um exemplo incrível da história de amor passional. A mistura de culturas torna alguns indivíduos mais fortes, por isso o amor de Kilian e Bisilia tem tudo para funcionar, ou não? As investigações de Clarence no presente, levam ao descobrimento desta história de amor que surge em Guiné Equatorial a mediados do século XX. A viagem de Kilian à quinta de Sampaka de Fernando Poo criará uma fascinante história de leitura obrigatória!

Helder Couto Photographer

Escolha uma destas novelas – ou todas – para desfrutar em frente a uma lareira, com manta e chá quente, calma no silêncio de uma tarde de Domingo! E se já está casada ou tem namorado… aproveite a oportunidade para realizar uma das actividades que todos os casais devem fazer juntos, ao menos uma vez na vida! 

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Mais informação

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação