Alerta vermelho: 8 coisas que devem ter em conta aos escolherem os profissionais para o vosso casamento!

Organizar um casamento… Por onde começar?.. São mil e uma coisas a fazer, mil e um contactos disponíveis… Orçamentos e propostas a perder de vista!.. Dúvidas e incertezas… Perguntas e mais perguntas!.. Como poderemos estar certos de que estamos a escolher os melhores profissionais? Seremos capazes de distinguir a qualidade só por vê-la? E deveremos dar primazia a um bom trabalho ou a um bom preço?..

Bem, acima de tudo, contar com apoio profissional pode ser o remédio para todas estas dores de cabeça – e existem, pelo menos, 18 perguntas que devem fazer, para não errarem na escolha do wedding planner! – mas, contar connosco, à partida, já não é uma má ajuda!..
Hoje, aqui, na Zankyou Magazine, falamo-vos das 8 coisas que devem ter em conta ao escolherem os profissionais para o vosso casamento!.. Vamos a elas?

Ilustre Fotografia
Ilustre Fotografia

1. Reuniões cara a cara não são dispensáveis!

Não receiem encontrar-se com o profissional A, o profissional B ou o profissional C! O e-mail, por exemplo, é um canal de comunicação fácil e rápido de utilizar, mas é importante conhecerem quem dá a cara e veste a camisola por aquele produto ou por aquele serviço em particular. O modo como fala, a forma como se move, a maneira como gesticula… Tudo faz a diferença!

2. Procurem – e encontrem! – opiniões!

Peçam aos vossos pares para falarem das suas próprias experiências! O contacto com quem já tenha, de alguma forma, usufruído do trabalho do profissional em questão, vai esclarecer-vos muitas dúvidas e descansar-vos em muitos aspectos… Desconfiem sempre, à partida, de quem promete Mundos e Fundos e abracem os fóruns da especialidade: serão os vossos melhores amigos por um tempo!

Hélder Couto Photo
Hélder Couto Photo

3. Os registos escritos são importantes!

Proposta, orçamento, contrato… Comprovativos de pagamento, e-mails… Tudo isso é importante! Os registos escritos são importantes! Reservem algum do vosso tempo para organizarem uma pequena pasta, que passe a conter toda a documentação do vosso casamento, referente aos profissionais que forem contratando… Caso necessário e para que não restem dúvidas… Estará tudo lá!

4. Preparem um plano de trabalho!

Quando não têm um wedding planner para vos assessorarque controle todo o processo, com cada um dos profissionais, é importante que estejam vocês, atentos a prazos, timings, datas… Quando será necessário fazerem a prova do menu? E a sessão de solteiros? Por outro lado, quando será mais oportuno agendarem a primeira prova do vestido de noiva e a primeira prova do fato do noivo? Não deixem que nada vos escape!

MarcoClaro Wedding Photographer
MarcoClaro Wedding Photographer

5. O barato, na maioria das vezes, sai caro!

Não se deixem enganar por aqueles que vos tentam impingir o seu melhor serviço, pelo melhor preço do mercado! Como em, praticamente, tudo na vida, qualidade significa preço justo – nem o mais baixo nem o mais alto, mas o justo! O amor, não tem preço… Mas o vosso casamento, tem! E temos a certeza que não se quererão arrepender de uma qualquer decisão tomada, em função do orçamento que vos foi proposto!

6. Usem e abusem das novas tecnologias!

Se as novas tecnologias invadiram e conquistaram o Mundo, nada como usarem-nas em vosso proveito: estejam atentos – sempre atentos! – e dêem uma espreitadela regular nas páginas das redes sociais do profissional D, E ou F, que, como sabem, hoje em dia, são as maiores montras que qualquer um pode disponibilizar! À distância de um clique está, assim, o melhor e o pior…

Luminosidades - Atelier de Fotografia
Luminosidades – Atelier de Fotografia

7. Aconselhem-se e deixem-se aconselhar!

Façam perguntas! Se já contratualizaram, por exemplo, o espaço para a recepção, perguntem se, por acaso, aconselham alguma equipa de fotografia e vídeo, em específico… Ou se trabalham com frequência com algum DJ, que assegure a animação da vossa festa!.. Uma indicação ou uma recomendação, levam a outras e assim nasce um dia de sonho, pelas mãos de profissionais, que reconhecem e sabem reconhecer talento nos seus colegas!

8. Leiam tudo – tudo, tudo, tudo! – atentamente!

Formação jurídica à parte, devem sempre ler tudo – cada linha, cada cláusula, cada nota de rodapé! – com a máxima atenção, antes de assinarem! Atentem em cada um dos pontos, em cada uma das vírgulas e não finjam que perceberam sim, quando não perceberam não… Peçam explicações, esclareçam-se e firmem o acordo final, apenas e quando se sentirem inteiramente seguros disso!

André Tavares Fotografia
André Tavares Fotografia

Esperamos agora, para terminar, que cada uma destas nossas dicas, evite que caiam nas armadilhas e ardis dos maiores e melhores vendedores – que, normalmente, não passam exactamente disso, dos maiores e melhores vendedores!..
Escolham bem – e com o coração também! – e não deixem que o dia do vosso casamento não seja outra coisa que não um dos dias mais felizes das vossas vidas!

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação