Até onde ceder na organização do casamento?

Até onde ceder na organização do casamento? 

A palavra “ceder” pode bem ser o pesadelo de qualquer noiva! Muitas mulheres sonham com o seu casamento até ao mais ínfimo detalhe muito antes de serem pedidas em casamento. Partindo para a fase de planeamento – já depois de oficializado o pedido! – deparam-se com uma realidade um pouco diferente daquilo que tinham sonhado durante tanto tempo.

Momento Cativo Solicite informação sobre “Momento Cativo ”
Momento Cativo

Se até aqui, a noiva vive essa experiência sozinha, no seu íntimo, a partir do momento em que o casamento é real, passa a partilhar as ideias com o noivo, as amigas, a mãe, o pai, a futura sogra… E o que é que estas pessoas vão achar dessas ideias? Será que a opinião da família é mais importante do que a dos próprios noivos?

Quando já idealizaram bem o que pretendem para o dia mais importante das vossas vidas, o primeiro passo é partilhar com o noivo todas essas ideias. Se estiverem em sintonia, perfeito! Se o noivo não gostar de alguma coisa, ou se fizer questão de algum detalhe que vocês simplesmente detestem, tentem “negociar” de forma subtil.

Imastudio Solicite informação sobre “Imastudio ”
Imastudio

No fundo, tentem adequar as ideias do noivo às vossas, da melhor forma possível. Façam com que eles sintam que estão a contribuir para o grande dia e que o casamento também será a cara deles. Sim, não se esqueçam que o casamento é de duas pessoas e na vida em conjunto também deverão levar em consideração as necessidades da outra pessoa, – infelizmente – não pode ser sempre tudo à nossa maneira!

André Tavares FotografiaSolicite informação sobre “André Tavares Fotografia”
André Tavares Fotografia

Quando contam às amigas, algumas começam a sonhar convosco e entendem o que vocês dizem perfeitamente, outras nem tanto… Quando ouvirem algo completamente descabido, o ideal é dizer algo como: “Obrigada pela dica, até era uma boa ideia, mas não é bem esse estilo de casamento que estamos a pensar fazer”.

ProfotoSolicite informação sobre “Profoto”
Profoto
Love and ThanksSolicite informação sobre “Love and Thanks”
Love and Thanks

Se tiverem amigas como damas de honor, podem ter que fazer cedências na escolha dos vestidos. Não se imponham, tentem sugerir uma cor e um tecido e entre todas tentem escolher um modelo. Se não houver unanimidade na escolha do modelo, cada uma pode escolher o seu próprio modelo e dessa forma nenhuma se sentirá mal ou desfavorecida, todas ficarão felizes!

Love and ThanksSolicite informação sobre “Love and Thanks”
Love and Thanks

O problema maior pode vir quando começam a partilhar os vossos planos com a família… O local, o menu e a lista de convidados são talvez as coisas que podem suscitar mais conflito.  É de facto complicado terem que justificar as vossas escolhas aos vossos pais/ futuros sogros, que por acaso não gostam dos pratos escolhidos, ou acham que o local é demasiado longe para os convidados se deslocarem… e para piorar, ainda fazem questão que aqueles primos afastados que vocês não conhecem, estejam presentes no casamento.

São assuntos delicados, que dependem desde logo da personalidade de cada um e da forma como abordam as situações. Se os pais estiverem a contribuir monetariamente para o casamento, naturalmente que se sentem também no direito de opinar sobre algumas coisas, ou ficarão magoados se não forem consultados durante o planeamento…

Fine`Art´Studio Solicite informação sobre “Fine`Art´Studio ”
Fine`Art´Studio
Fine`Art´StudioSolicite informação sobre “Fine`Art´Studio”
Fine`Art´Studio

Devem fazer com que os pais se sintam participativos, pedindo-lhes algumas opiniões, por exemplo no que toca à escolha dos pratos e dos vinhos. Também podem envolver as mães por exemplo na escolha do vestido, mostrar-lhes imagens, ideias, contar-lhes como imaginaram o vosso grande dia.

O segredo é agradecer sempre as sugestões, ouvi-los mas explicar-lhes também o vosso ponto de vista. Se o vosso gosto e a vossa perspectiva é diferente da dos vossos pais, expliquem-lhes que a opinião deles é muito importante para vocês, mas que pretendem que o casamento seja à vossa imagem e preferem ir por outro caminho.

Momento Cativo Solicite informação sobre “Momento Cativo ”
Momento Cativo

Os pais acabam por apoiar as nossas escolhas, porque nos querem ver felizes. Se houver alguma coisa durante este processo que possam fazer para os deixar também mais felizes, façam.

Guest Blogger: Vera Costa 
Ideias de Veludo

É entendido no mundo dos casamentos e quer escrever para a Zankyou? Entre em contacto

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação