João Miguel Simões

Cada vez mais dividido entre Lisboa e São Paulo, o jornalista português especializou-se em viagens e lifestyle. Viajante frequente, os seus principais focos são a arquitetura, o design, a gastronomia e os roteiros de bons endereços, com colaborações regulares em revistas portuguesas, como a Volta ao Mundo, a Evasões ou a UP, e brasileiras, como a Casa Vogue e a Bamboo. Autor dos blogs @ddressbook, dedicados à boa vida em diversos pontos do mundo, ganhou prémios internacionais como o “Pluma de Plata” ou o “Pasión por la Vida”.

Artigo por

#Corumbau (Brasil): a bahia que poucos conhecem

A viagem até ao extremo sul do litoral baiano, conhecido por Costa das Baleias, continua a exigir muitas horas de viagem, nem sempre nas melhores condições, e disposição para gastar mais do que em muitos outros destinos … Ver mais

#Buenos Aires (argentina): lua-de-mel ‘tango’

Buenos Aires é, hoje, uma cidade na moda, que seduz cada vez mais pelo seu lado cosmopolita e cultural, sem perder a raça e o tango que a tornaram ímpar.

#hotéis-casa & locande: um punhado de soluções para uma escapada a dois

Nunca me canso de dizê-lo. Muitas vezes, porventura a maioria das vezes, não precisamos ir muito longe, nem de muitos dias, para que a sensação de evasão seja perfeita. Claro, viagens longas, em paragens exóticas e distantes, … Ver mais

#Com um pé na Europa e outro na Ásia, um miniroteiro por Istambul para namorar em grande estilo

Há quem olhe e veja apenas a cidade bizantina personificada em atrações como a basílica Hagia Sofia; outros enredam-se na sua otomanidade, tão à flor da pele nos palácios de Topkapı, Dolmabahçe ou na Mesquita Azul. Mas … Ver mais

#búzios (Brasil): insólito boutique hotel, tudo o que sonhou, e muito mais, para namorar

Há hotéis que tornam a viagem muito mais agradável. E depois há aqueles que, só por si, valem uma viagem. O que escolhi para tema deste meu segundo post a bordo da Zankyou Magazine pertence à última categoria e … Ver mais

#hvar (croácia): azul da cor do mar, do céu e da paixão

Confesso que para este meu primeiro post, o de estreia a bordo da Zankyou Magazine, hesitei. Não por falta de assunto ou inspiração, mas, precisamente, por ter muito por onde escolher.