PT Login
PT

Casar num barco: 11 perguntas para esclarecer as suas dúvidas

Continua à procura de ideias originais para o seu casamento e ainda não sabe qual o espaço ideal para festejar e/ou celebrar o enlace?

Se sonha com um casamento verdadeiramente diferente, esqueça as quintas e os restaurantes. Propomos-lhe um cenário original para o seu grande dia que deixará os seus convidados sem palavras: um barco! Mas será possível fazer a cerimónia num barco? Será uma opção economicamente viável? Acabarão os convidados por enjoar? Há muitas perguntas que lhe devem ocorrer quando pensa nesta opção, pelo que vamos procurar responder a grande parte delas.

Ilustre FotografiaSolicite informação sobre “Ilustre Fotografia”
Ilustre Fotografia

1. Há empresas que oferecem o serviço para casar num barco?

Sim. Há empresas que lhe oferecem o serviço do usufruto do barco durante as horas que precisar, incluindo também – e obviamente – o pessoal necessário. Geralmente podem também encarregar-se do catering, da decoração e facilitam ainda a procura de um celebrante para oficializar o casamento, um DJ ou qualquer outro profissional.

Se é da capital ou arredores, pode fazer um passeio único no Rio Tejo no Veleiro Leão Holandês, que está atracado nas Docas de Lisboa e é utilizado exclusivamente para receber eventos.

Mas em todo o país tem várias opções, incluindo no Sado, no Douro, etc. Aqui ficam 5 incríveis sugestões para celebrar o seu casamento num barco.

2. Ficarão os convidados enjoados se celebrar o meu casamento num barco?

Esta questão pode depender bastante se o barco estiver a navegar no mar ou no rio. No primeiro caso, há maiores probabilidades de isso ocorrer, devido às marés. Algum convidado mais sensível ou inclusivamente os próprios noivos podem padecer desse mal. Para além disso, há que ser honesto: nos casamentos é comum ingerir-se bastante álcool, o que não ajuda nada. No entanto, se o casamento for num rio as probabilidades de enjoar diminuem, sendo esta a melhor opção para este tipo de casamentos. Caso queira um casamento sem riscos mas com toda a fantasia que implica um lugar de celebração pouco habitual, poderá também optar por celebrar o casamento num barco atracado à costa.

Leão HolandêsSolicite informação sobre “Leão Holandês”
Leão Holandês

3. É uma opção excessivamente cara?

Como em todos os casamentos, o preço final varia. A questão do menu, por exemplo, é similar a qualquer outro espaço para casamentos em terra, podendo encontrar encontrar menus mais elevados e outros mais acessíveis. Muitas embarcações permitem, inclusivamente, que leve o seu próprio catering. Entretanto, o aluguer pelo usufruto do barco pode variar segundo o número de horas de que necessita, mas é muito similar ao preço dos casamentos em terra

4. Quais as vantagens de me casar num barco?

Evidentemente que se escolhe esta opção é porque a considera divertida, emocionante e/ou especial. Para além disso, vai dar ao seu casamento um toque de originalidade, saindo do habitual e surpreendendo os seus convidados. Uma coisa é certa: será um casamento do qual não se vão esquecer! Há que acrescentar também que, nestas circunstâncias e sobretudo se escolher a opção de cocktail, os convidados geralmente não são tão exigentes com o menu. Apesar de obviamente esperarem qualidade na comida, como em qualquer outro casamento, a atenção, neste caso, passa para a peculiaridade do lugar de celebração e o menu fica em segundo plano.

João Santos PhotographerSolicite informação sobre “João Santos Photographer”
João Santos Photographer

5. Obrigo os convidados a ficarem até ao final ou podem sair quando quiserem?

Quando contrata um serviço de uma embarcação, deve combinar de antemão o número de paragens que deseja efectuar para o caso de haver pessoas que queiram desembarcar mais cedo. Acaba por ser uma situação muito idêntica a casamentos em quintas ou locais pouco acessíveis, nos quais terá de contratar autocarros para o transporte dos convidados. Não vão estar disponíveis para cada vez que uma pessoa queira ir embora, verdade? Normalmente contrata um autocarro que tem determinadas horas de circulação, sendo que os convidados se adaptam a esses horários. Neste caso, no barco, seria exactamente igual.

6. Posso levar um grupo ou um DJ ou isso encarecerá este serviço por ser um barco?

Normalmente a embarcação permite que leve o seu próprio DJ ou contratar algum tipo de entretenimento. Este tipo de profissionais geralmente não cobram mais por ser num barco, embora possa haver de tudo, como sempre. O que lhes deverá pagar dependerá do número de horas que deseja que estejam no evento, não esquecendo de combinar com eles a hora em que queiram desembarcar para sincronizar a saída com uma das paragens que a embarcação faça.

Ilustre FotografiaSolicite informação sobre “Ilustre Fotografia”
Ilustre Fotografia

7. Ar livre ou sala coberta?

Existem as duas opções e geralmente as embarcações oferecem as duas possibilidades em simultâneo. O habitual é realizar-se a refeição no interior, na altura do bar aberto, dar opção de ir até ao terraço. Claro que é importante a época do ano em que celebre o seu casamento, porque se é Verão provavelmente será mais interessante fazer tudo ao ar livre. É uma questão de gosto.

8. Cocktail ou refeição à mesa?

A grande maioria das embarcações oferece as duas alternativas. À partida, o local de casamento é perfeito para fazer um banquete tipo cocktail, já que gera um ambiente informal que permite relacionar-se mais com os convidados. Mas como sempre dizemos, é questão de escolher o que mais gosta.

9. Posso ter um camarote?

Esta é uma opção menos frequente, mas há barcos que a têm, sendo perfeita caso precise de mudar de roupa ou se quiser refrescar-se ou descansar.

Ilustre Fotografia Solicite informação sobre “Ilustre Fotografia ”
Ilustre Fotografia

10. O que acontece se cai alguém à água?

Este é um medo frequente para quem está a pensar casar a bordo de um barco. Antes de mais, fica a ressalva: é difícil que ocorra. No entanto, como não é impossível e como não podemos prever o comportamento dos convidados, será importante que a tripulação esteja sempre alerta, sendo possível parar a embarcação e resgatar a pessoa. Mas atenção: embora pareça lógico isto acontecer, só é viável no tipo de embarcações mais pequenas, que levem 500 pessoas no máximo, e não no caso de grandes cruzeiros navio. Embarcações desta dimensão não são o mesmo que um carro e não podem mudar de direcção nem parar quando necessitamos. Mas não se preocupe que não vai perder nenhum convidado pelo caminho!

11. Quantas pessoas podem ir? Há um mínimo?

Existem barcos de diferentes dimensões, e muitas vezes o espaço que têm é uma condicionante com a qual os noivos vão ter de lidar. Mas os serviços podem ir desde 10 pessoas – para casamentos muito íntimos – até 500.

Esperamos que este artigo lhe tenha sido útil e que ajude a decidir se um barco é a melhor opção para a vossa celebração. O que é óbvio é que será um casamento diferente, original, único e inesquecível. Ouse sonhar e descubra a emoção de celebrar o seu grande dia a bordo!

Veja também Tendência de Verão: casar num barco.

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação