Clara & Tiago: Um casamento de Verão em pleno mês de Dezembro!

Desde o primeiro momento em que se viram nasceu a empatia e a cumplicidade entre a Clara e o Tiago. Rapidamente notaram que tinham de ficar juntos e, passados 13 anos de namoro, decidiram dar o grande passo nas suas vidas e dizer o tão esperado “sim, aceito”. Um casamento de Verão em pleno Dezembro, um momento lindo e especial nas suas vidas que ficou gravado pelas objectivas dos profissionais Love and Thanks. Conheça esta história de amor, hoje, connosco!

Como se conheceram? Como foi o pedido de casamento?

Conhecemo-nos através de uma amiga em comum, a Renata. Começámos a sair juntos com grupo de amigos e passado uma ou duas semanas, já estávamos a namorar. Foi como se nos conhecêssemos desde sempre. Não houve pedido formal de casamento como num conto de princesas. Ao fim de quase 13 anos de namoro  decidimos que já estava mais do que na altura de juntarmos os “trapinhos”! Mas sim, houve anel de noivado na véspera de Natal.

Realizaram alguma sessão antes do casamento ou depois? Se sim, como foi? Recomendam?

Não realizamos nenhuma sessão antes ou após o casamento. Achamos que certamente as Noivinhas irão concordar: é sempre difícil convencer o Noivinho. Pelas pesquisas, a sessão antes do casamento é óptima para se ficar à vontade para as fotos no grande dia.

Como foi a organização do casamento?

Começamos a organizar o casamento cerca de uns 11 meses antes da data. Tomámos a decisão que, daquele ano, não iria passar. O Tiago tinha o desejo de casar em Dezembro. Apesar da minha resistência inicial e de todos os que nos rodeavam, por ser “arriscado” devido à chuva e ao frio, escolhemos o dia 05 de Dezembro. Mas se fosse hoje, escolheríamos em uníssono à mesma altura do ano. Apesar dos poucos meses que nos esperavam até à data, do stress de se querer que seja tudo perfeito, o “Do It Yourself” dá um toque especial a tudo.

Qual a escolha mais difícil e mais fácil?

Após várias pesquisas iniciais, tivemos a sorte de encontrar as pessoas certas na hora certa. Não conseguimos referir uma escolha que fosse mais difícil. Mas as escolhas mais fáceis foram sem dúvida a Quinta do Redolho de Cima e a Love and Thanks. Recomendamos sem qualquer sombra de dúvidas a Love and Thanks. Fizemos esta escolha baseando-nos nos trabalhos divulgados e numa primeira conversa com a Patrícia, nem pensámos duas vezes. Era exactamente o que procurávamos. A simpatia e empatia que a equipa criou connosco no nosso casamento, ajudou-nos muito em todos os momentos ao longo do dia. E o resultado final supera tudo!

Tiveram ajuda?

Tivemos muita ajuda com os preparativos. A família foi uma ajuda preciosa e sábia que tivemos a sorte de ter, e não há nada como os conselhos das Mães. A Susete, minha irmã, passou meses a fazer, à mão, a renda que rodeava o véu (que foi ideia dela e que ficou lindo de morrer!), e que estava também presente no ramo e nas almofadas das alianças. Depois de a terminar, costurou os cartuchinhos para atirar o arroz, flores e corações de papel à saída da igreja. As sobrinhas de 3 e 5 aninhos fizeram questão de fazer os corações de papel. A Tia Júlia foi a “culpada” de o ramo de noiva ficar perfeito. O Diogo, irmão do Tiago foi o responsável pelo convite, a ementa e o quadro das mesas ficarem tal como desejávamos.

Onde foram buscar inspiração? Consultaram Blogs, revistas? Tema do casamento?

Já tínhamos uma ideia do estilo que pretendíamos: actual / romântico / tons pastel e campestre. Apesar disso, os blogs e revistas ajudam sempre a definir melhor o que se pretende. Não quisemos estar presos a um tema para o casamento. Só pretendíamos ter uma linha comum em todos os pormenores do casamento, e achamos que conseguimos.

Como foi o grande dia?

Foi um belo dia de verão em pleno Dezembro! O entusiasmo de todos os que nos rodeavam valeu por tudo. Houve muita emoção ao longo de todo o dia, pois era um dia muito desejado por nós, mas também muito desejado por todos os que estavam presentes. Fomos uns noivos súper descontraídos no que respeita a regras rígidas destes dias. Queríamos que fosse também um dia memorável para toda a gente que estivesse presente, e nisso, fomos bem sucedidos.

Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks
Love and Thanks

Se pudessem, mudavam algo?

Após o dia do casamento, e após longas conversas, a única coisa que mudávamos era de que já devíamos ter casado há mais tempo.

Onde foi a Lua-de-mel?

Foi uma lua-de-mel nada atípica, fomos para a República Dominicana, e foi perfeita.

Quais os Fornecedores?

Espaço e Catering: Quinta do Redolho de Cima – Lousada | Fotógrafia e vídeo: Love and Thanks | Vestido: Pronovias | Sapatos noiva: Geox | Cabelo: Isabel Miranda Cabeleireiros | Make-up: Ana Quintela | Fato: Galerias Dany – Penafiel | Sapatos noivo: Sapataria Cristina | Alianças: Romantis – Ourivesaria Penafiel | Decoração: A Minha Violeta – Lousada | Animação: Rui Lopes | Bolo: Tradicional cakes

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação