Como escolher a data do casamento: 5 critérios básicos para tomar a decisão!

Marcar a data do casamento é uma das principais prioridades dos noivos assim que decidem dar o grande passo nas suas vidas. Fácil? Não necessariamente, pois se à primeira vista esta parece ser uma das decisões relativamente mais simples de tomar entre tudo o que há para fazer na organização de um casamento, a verdade é que há variáveis a considerar na marcação da data do casamento.

Aqui ficam cinco critérios básicos para vos ajudar nesta tomada de decisão.

AhHA! Photos
AhHA! Photos
Imastudio fotografia
Imastudio fotografia

1. O dia da semana

Tal como em todas as outras decisões que vão ter de tomar assim que ficam noivos, na determinação da data do casamento há também que considerar o que é irrevogável ou flexível para que possam desfrutar ao máximo do vosso grande dia. Assim, por exemplo, o Sábado é a vossa única opção? Ou estão dispostos a marcar a data do casamento para outro dia da semana?

A questão é pertinente por um motivo: é do conhecimento geral que o Sábado é sempre o dia mais requisitado. Podemos apontar vários motivos para que isso aconteça: é um dia para o qual os convidados têm sempre maior disponibilidade, no dia seguinte a maioria pode descansar e assim será possível prolongar a festa até mais tarde, etc.

Mas há outros critérios que poderão ter em conta para fazerem outra escolha. Um deles é o económico: sendo o dia mais procurado, casar ao Sábado é sempre mais caro do que em qualquer outro dia da semana. Por isso, cada vez mais noivos optam por casar, por exemplo, ao Domingo ou até mesmo à sexta-feira, pois os fornecedores geralmente fazem bons descontos.

Também pode ser uma questão de estilo ou de moda: uma sexta-feira pode ser ideal para casais mais jovens, para quem uma cerimónia diurna não faça sentido mas sim a aposta num jantar e na festa até altas horas da madrugada; por seu turno, o Domingo pode ser o dia certeiro para quem aprecia a luz do dia e a natureza, nomeadamente para fazer um brunch de casamento ao ar livre, sempre mais económico, descontraído e informal; etc.

Clickon Studio
Clickon Studio

2. Uma data ou parentes/amigos especiais

Há noivos para os quais a data do casamento deve ter um significado que torne o grande dia ainda mais especial. Por isso, um dos critérios para tomar esta decisão pode ser precisamente esse: uma data especial. Os mais românticos podem, por exemplo, querer casar no dia em que comemoram o início do namoro, o primeiro beijo ou a primeira troca de olhares, etc.

Também há noivos que fazem questão em ter presentes amigos ou familiares que vivam longe e que estejam condicionados a um determinado período para viajar. Por isso, poderá também ser este um dos critérios a considerar para a decisão da data do casamento.

Fine´Art`Studio :: estudiodellas
Fine´Art`Studio :: estudiodellas

3. A lua-de-mel ou estilo de casamento

O destino de lua-de-mel pode ser decisivo para escolher a data do casamento ou, pelo menos, a altura do ano em que vão querer dizer o tão ansiado “Sim, quero”. Assim, por exemplo, se estão a pensar numa romântica lua-de-mel em frente à lareira com vista para extensos mantos de neve branca, convém optar por um casamento no Inverno. Já se preferem o sol e o calor, devem ver qual a melhor altura para viajar para o local paradisíaco com que sempre sonharam.

Também o facto de quererem casar ao ar livre, por exemplo, pode determinar a escolha da data do casamento. Neste caso, à partida terão de eliminar os meses mais frios e climatericamente incertos e analisar o que se revela mais adequado para a celebração.

MarcoClaro Wedding Photographer
MarcoClaro Wedding Photographer

4. Número da sorte

Quem acredita em astrologia, numerologia e datas cabalísticas pode basear-se nisso para escolher a data do casamento. Por exemplo, podem determinar o número da sorte de um dos noivos ou de alguém especial que queiram homenagear. Como se calcula?

Para determinar o número da sorte soma-se todos os números da data do nascimento. Ex: 4/5/1990. Neste caso, soma-se 4+5+1+9+9+0 que é igual a 28; depois soma-se 2+8, que dá 10. Portanto, o número da sorte da pessoa que nasceu neste dia será o 10.

Imaginem que até têm o mesmo dia da sorte… tudo se torna mais fácil!

Rui Teixeira Photography
Rui Teixeira Photography

5. Feriados e grandes eventos

Na decisão da data do casamento, há também de ter atenção aos feriados e nomeadamente a fins-de-semana prolongados, pois são alturas em que os vossos convidados poderão estar menos disponíveis.

Atenção também a grandes eventos, como concertos de artistas de renome, campeonatos ou mundiais de futebol, eleições, etc.

Imagens de Sonho
Imagens de Sonho

Finalmente, há que salientar ainda um “pormenor” que é da máxima importância: a disponibilidade da Igreja ou Notário para fazer a celebração no dia pretendido. Por isso, a decisão da data do casamento deve ser célere e a consulta a estas entidades a mais rápida possível, caso contrário não há critério que prevaleça sobre a dura realidade!

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação