Crise aos 30? Deixe-se disso! Os 30 e as mudanças que eles verdadeiramente trazem.

Já ouviu certamente dizer que os 30 são os novos 20! Existe alguma verdade nestas palavras. Mas ainda assim, há um certo número de expetativas culturais e sociais associadas aos 30. A maioria das pessoas pensa que nessa idade já deverá estar casada, ter filhos, um emprego ou, melhor ainda, uma carreira e uma posição financeira com um certo grau de estabilidade. Todos sabemos disso. E por isso, por nem todos nos identificarmos com este registo, cada vez mais pessoas se sentem em crise com a chegada dos 30. Alguns chamam-lhe relógio biológico, mas estamos aqui para lhe lembrar que de biológico não tem nada! Para a ajudar, queremos que aprenda a distinguir entre as mudanças que efetivamente se manifestam aos longo dos 30 e as mudanças que só se manifestam se (ou quando) você quiser. Há coisas que esperam que tenha quando chegar aos 30 anos, mas as expetativas dos outros não têm de interferir nas suas escolhas. Da próxima vez que lhe disserem que está metida num grande 31, não desespere. A idade pesa, mas não tanto!

Diana Nobre
Foto Diana Nobre

O que é então verdade e mito sobre os 30? A Zankyou diz-lhe 5 coisas que garantidamente acontecem quando tem entre 30 e 39 anos, as boas e as menos boas. E como melhor se preparar para elas. O resto, só acontece se você quiser!

1. O seu corpo muda. E as visitas aos médicos aumentam!

Pode contar com isto. As recuperações de dores, de entorses, até de ressacas são mais lentas. Não vai acontecer da noite para o dia, nada disso. Não vai dormir aos 29 e acordar aos 30 totalmente diferente mas gradualmente vai começar a sentir estas mudanças. O seu organismo perde parte da sua capacidade de regeneração, a pele perde alguma elasticidade e até o seu sistema digestivo começa a funcionar de um modo um pouco diferente. Não é por acaso que a maioria dos médicos recomenda que os exames de rotina sejam feitos de forma menos espaçada depois dos 30. Desastre? Nada disso. Isto significa apenas que talvez tenha de começar a ter mais atenção ao que come e quando come se quiser manter a sua linha e se isso for importante para si. Lembre-se, o exercício ajuda em qualquer idade.

Luminous Photography
Foto Luminous Photography

2. Vão lembrar-lhe frequentemente (e com alguma razão) que é a idade certa para ter o primeiro filho (se isso fizer parte do seu plano de vida… e não tem de fazer).

As gerações anteriores começavam a constituir família mais cedo, mas atualmente os 30 parecem ser o ponto de partida da maioria das mulheres. Não estamos a dizer que tem mesmo de o ter aos 30, mas a verdade é que o corpo oferece-lhe uma garantia mais segura para uma gravidez aos 30 do que oferecerá aos 40 ou aos 50. Ainda assim, se esse for um desejo seu mas não se sentir preparada ainda nesta fase, lembre-se que a ciência tem como ajudá-la no futuro.

Efeito Espontâneo
Foto Efeito Espontâneo

3. O mercado de trabalho vai começar pedir-lhe alguma especialização.

Apesar das muitas diferenças que todos temos entre nós, há regras que se aplicam à maioria. E o mercado de trabalho não tende a personalizar mas sim a generalizar. Dizem os especialistas de recrutamento que os 30 são a “última idade” para tentar mudar de carreira, para impulsionar um novo projeto que não esteja coordenado com o seu CV ou até mesmo para emigrar de uma forma segura. Quer isso dizer que não pode fazer qualquer uma destas coisas depois dos 30? Claro que não. Significa apenas que as taxas de sucesso nesses casos são inferiores e o nível de risco é, consequentemente, mais alto! Mas lembre-se do mais importante, todas as regras também têm as suas exceções. E porque a Zankyou é um projeto dedicado a casamentos, não podíamos deixar de referir que a talentosa Vera Wang só chegou ao mundo da moda nupcial aos 40 anos. E ainda assim, muito como César, chegou, viu e venceu!

Diana Nobre
Foto Diana Nobre

4. Relativizar torna-se mais fácil e dizer que não também.

Achava que eram só pontos menos positivos? Nada disso… O reverso da medalha também existe. A maturidade que chega com os 30 é a maturidade que chega com o conhecimento que vem da experiência. Parte da ansiedade que domina a nossa vida e escolhas (uns mais do que outros) tende a diminuir aos 30. Parece-lhe contraditório? Há pressões que sobem mas a nossa ansiedade desce? Poderia parecer sim, se ainda não tiver aqui chegado. É que a arte de relativizar e saber onde está o verdadeiro valor das coisas é uma arte única. Abençoado de quem a desenvolve em tenra idade. Abençoados são ainda os que aprende cedo como é positivo saber dizer que não mais cedo. Mas é certo que aos 30 a maioria das pessoas já começa a dominar com alguma mestria este dom.

Diana Nobre
Foto Diana Nobre

5. A pessoa com quem tiver escolhido partilhar a sua vida vai dar-lhe (ainda) mais valor.

Outra sabedoria que chega com a idade (o que sabemos aos 20 não é o mesmo que sabemos aos 30 e o que vamos saber aos 40 será com certeza mais do que aos 30 ou pelo menos assim o esperamos. Dar valor ao que importa é outra das artes que chega com a idade. Mais do que isso é aprender a demonstrar que damos valor. Ou melhor, deixar de ter medo ou vergonha de o fazer. E se assim não for, algo de muito errado se passa.

Efeito Espontâneo
Foto Efeito Espontâneo

A ideia é que saiba gerir as suas expetativas dos 30. É a idade perfeita para fazer o que a faz feliz. Assim como são os 20, os 40, os 50 e tantas outras. As diferenças que existem entre os 20 e os 30 (as efetivas) fazem parte do ciclo. Conheça-as, viva bem com elas. E não confunda mudanças que acontecem mesmo com aquelas que “deveriam acontecer”. O plano não é igual para todos. E ainda bem. Lembra-se da frase, “nem todos podemos gostar do amarelo”! Touché!

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Mais informação

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação