PT Login
PT

Descubra um novo paraíso com uma lua-de-mel na Malásia!

O mundo está cheio de lugares incríveis. Alguns deles ainda sob anonimato, mantendo os melhores tesouros do planeta protegidos do turismo de massa. A Malásia, por exemplo, é um manjar reservado a alguns privilegiados, que podem desfrutar de um local onde se dá o encontro entre o multiculturalismo e as mais belas expressões da natureza, juntos num dos mais requintados caprichos da Terra, perfeito para uma lua-de-mel inesquecível. Que comece a aventura!

Foto vía Shutterstock: Volodymyr Goinyk

A Malásia tal como ela é                                                                 

A Malásia, terra exótica e variada, é um país original, inclusivamente na sua estrutura, que compreende dois territórios distintos: a Península da Malásia – que confina a norte com a Tailândia e a sul com Singapura – e as províncias da Malásia Meridional, Sabah e Sarawak, na ilha de Bornéu, a 700 km do Mar da China Meridional. A primeira constitui cerca de 40% do território do país, albergando a capital do país, Kuala Lumpur. Por perto encontram-se países como o Camboja e Vietname.

Foto vía Shutterstock: Puripat
Foto vía Shutterstock: fiz_zero

Multiculturalismo

A Malásia é um país com uma extraordinária riqueza cultural, graças à convivência de diferentes etnias. Os malaios constituem metade da população, apesar de existir uma grande comunidade chinesa e outra indiana, que habitam a Chinatown e a Little India, respectivamente. No que diz respeito à religião, a mais expressiva é o islão, apesar da tolerância do país permitir a convivência de todo o tipo de cultos. A Harmony Street, em Malaca, é disso um exemplo e uma clara demonstração desta benéfica variedade e convivência, que acabou por definir este povo maravilhoso, generoso e hospitaleiro, que é o melhor anfitrião que poderia imaginar. Também a Ilha de Bornéu, uma das principais atracções turísticas da região, alberga uma extraordinária miscelânea de povos indígenas, como os Semang.

Foto vía Shutterstock: Lyciz Mill

Natureza

As viçosas florestas da ilha definem o clima tropical que predomina na área, que conta com uma exuberante flora e fauna. Quilómetros e quilómetros de belas colinas pintadas de verde e uma vasta paisagem campestre rica em plantações de frutas e verduras, com trilhas perfeitas para os recém-casados mais aventureiros fazerem caminhadas e respirarem a essência da Natureza, que alberga também vestígios arqueológicos nas penínsulas de Malaca, Sabah e e Sarawak, engordando a vertente histórica da Malásia. Um país completo e especial para uma lua-de-mel espectacular!

Foto vía Shutterstock: Perfect Lazybones

Kuala Lumpur

As Torres Petronas (ou Petronas Twin Towers) são a principal atracção turística da capital malaia, com um passado de esplendor não muito distante mas eminentemente moderna e diferente do resto do país. Até 2003 estes edifícios gémeos chegaram a ser considerados o edifício mais alto do mundo, sendo hoje o sexto (embora continuem em primeiro lugar enquanto torres gémeas). Hoje é possível visitá-las para admirar as suas vistas, a sua arquitectura e a sua ponte de vidro.

Outra das principais atracções turísticas de Kuala Lumpur são as Batu Caves, um importante centro de peregrinação hindu, que representa a força ancestral do país. Localizadas no distrito de Gombak, a 17km a norte da capital, formam um conjunto de grutas com 400 milhões de anos, onde se escondem templos e santuários dedicados ao Deus Murugan, personificado numa gigantesca estátua com 43 metros de altura, que espera os visitantes à entrada da enorme escadaria de 272 graus que os conduzem às cavernas. A subida é ingrime, mas compensa. Subam-nas rodeadas de macacos e vivam uma experiência única enquanto recém-casados!

Foto vía Shutterstock: Sean Pavone
Foto vía Shutterstock: Patrick Foto

A exuberância de Bornéu

Fora do âmbito da metrópole, a natureza é a nota dominante de um país que se destaca pela sua componente selvagem. A flora e a fauna são os protagonistas da parte malaia de Bornéu, que alberga as regiões de Sarawak e Sabah. Ali podem disfrutar da tranquilidade e da densa vegetação nas florestas mais antigas do mundo – como o Parque Nacional Taman Negara, que tem 130 milhões de anos – lar de plantas carnívoras e animais insólitos, muitos deles descobertos nas próprias selvas malaias.

Ao redor do rio Kinabatangan desenha-se todo um cenário com a marca da natureza mais pura e virgem. Recomendamos-lhe pegar num barco e navegar nas suas águas em busca de aves, crocodilos e outras espécies, algumas delas endémicas. Descubra e conviva também com algumas tribos locais, como os descendentes dos “Caçadores de Cabeças”, a tribo Iban de Sarawak que ficou conhecida pelas suas implacáveis conquistas, sempre medidas pela quantidade de cabeças inimigas que conseguia decepar.

Foto vía Shutterstock: Kjersti Joergensen

Mares e Oceanos

Tanto à superfície como nas profundezas do oceano, a Malásia alberga extraordinárias maravilhas naturais nas suas zonas costeiras. As suas praias imitam fielmente o paraíso, decoradas com uma atraente vegetação e areias brancas que costeiam águas cristalinas. No fundo marinho, o espectáculo é uma magnífica obra impressionista com uma grande biodiversidade, pelo que os mergulhadores e praticantes de snorkle podem levar consigo uma memória indelével ao avistarem as tartarugas e raias entre um sem fim de coloridas extensões de corais. Neste sentido, o arquipélago de Semporna é a principal referência, com mais de 3000 espécies nas suas profundidades.

Banhadas por dois oceanos e três mares, as praias da Malásia cumprem as expectativas de aventura e relaxamento que todo o viajante necessita. Os surfistas podem desfrutar da prática em Cherating e os mergulhadores na paradisíaca Perhentians; os mais humildes podem optar Pulau Kapas e os amantes de festas e exploradores por Langkawi. Já os mais aventureiros têm sempre o Parque Nacional de Bako, uma reserva natural de outro mundo onde é possível viver a natureza, a vida selvagem e toda a magia de Bornéu. A lista é longa… isto é só um aperitivo!

Foto vía Shutterstock: Ijam Hairi

No ambiente costeiro, recomendamos-lhe os hotéis The Datai Malaysia em Langkawi, com uma praia privada e campo de golfe; o Meritus Pelangi Beach Resort & Spa, também em Langkawi, impressionante pelas suas vistas e serviços; e o Avani Sepang Goldcoast Resort, em Selangor, outro paraíso perfeito para os recém-casados.

Foto: The Datai Malaysia

Ilhas e Parques Nacionais

O parque Nacional de Bako, mencionado anteriormente, é famoso pela faustosa manifestação que a natureza faz nos seus domínios, onde é possível observar os famosos macacos narigudos, que ali vivem em completa liberdade. Também em liberdade, apesar de dependentes dos cuidados dos humanos, os orangotangos de Sepilok convivem no estado de Sabah, um dos poucos lugares onde sobrevive este tipo de símio. Por seu turno, o Parque Nacional Kinabalu é um dos grandes centros de diversidade de flora para o Sudoeste Asiático do país, sendo expcecionalmente rico em espécies, com o Monte Kinabalu como totem e rodeado pela cidade de Kota Kinabalu, que presenteia os visitantes com a encantadora agitação do mercado diário.

Entretanto, qualquer das ilhas do território é uma verdadeira dádiva da Natureza!

As Ilhas da Tartaruga, formadas pelas ilhas Selingan, Bakkungan Kechil e Gulisan, são um autêntico presente da natureza para os seres humanos, que ali podem testemunhar o maravilhoso e indescritível desovar das tartarugas marinhas. Labuan, muito perto de Brunei, é outra ilha com um encanto especial, tendo com principal cidade Victoria. Tioman, por seu turno, mantém o seu encanto em mistério, ainda por descobrir por muitos viajantes, sendo o surf e o mergulho as suas actividades principais. Já a Ilha Langkawi é um verdadeiro retiro amoroso tropical, onde se podem encontrar florestas equatoriais, fazendas de crocodilos, ilhas desertas, templos, um teleférico e uma ponte extraordinária.

Foto vía Shutterstock: donsimon

Gastronomia

Em termos de gastronomia, Malaca destaca-se das restantes regiões, sendo muito conhecida pela sua excelência gastronómica

A comida malaia é uma das melhores do subcontinente asiático. Ao longo de todo o seu território, as diferentes influências moldaram um tipo de gastronomia único com uma base inconfundível: o exotismo. A cozinha cantonesa, malaia, nonya, indiana, indonésia e tailandesa revestem a culinária do país com uma personalidade única, em que o chili e o leite de coco são dois dos ingredientes mais utilizados, fazendo frequentemente parte de diversas elaborações servidas em taças com um prato de arroz.

Além disso, o carácter tropical da região faz sobressair a importância da fruta, um alimento que se presenteia na Malásia quase como um deleite, graças à sua frescura, maciez e doçura. Alguns dos seus tesouros são o durio, mangostão, rambutão, papaia, manga da malásia, carambola, sapota, jaca e a mata kuching. Uma sintonia de sabores que conquista os sentidos do olfacto, da vista e do gosto!

Foto vía Shutterstock: szefei

Disfrute de uma lua-de-mel com ingredientes originais e atrevidos e deixe que o multiculturalismo, a tolerância e o esplendor natural da Malásia para roubem o seu coração!

Fotos via Shutterstock: plantação de chá, vista de Penang, vista de campo de arroz lanternas vermelhas, bosque místico e tropical, Kuala Lumpur, orangotangos na selva de Bornéu, Sabah (Bornéu), tartaruga verde num recife de coral, Nasi Lemak.

Gostou deste artigo? Partilhe

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação