PT Login
PT

Noite de núpcias: expectativas vs. realidade!

Quando a cerimónia do casamento chega ao fim, o pensamento dos recém-casados passa de imediato em usufruir tempo a dois, em especial no seu ninho de amor, a cama. Antigamente, ainda era mais assim… já que era na noite de núpcias que, por norma, os noivos se conheciam “biblicamente” falando pela primeira vez. É nessa noite que começa a magia do viver em comum e de se pensar em constituir família.

A noite do casamento é cheia de mitos, tradições e expectativas, o que a coloca num nível superior, quase sagrado. Tudo gira em torno do templo da cama, depois de dar o “sim, eu aceito”. Mas como se desenrola na realidade a noite de núpcias? Existem muitos factores em jogo. Fique para ler as expectativas e a realidade à volta da noite de núpcias, segundo a opinião de alguns casais consultados pela Zankyou.

Foto: Momento cativoSolicite informação sobre “Foto: Momento cativo”
Foto: Momento Cativo

Expectativas

O primeiro encontro sexual entre marido e mulher é o único momento erótico socialmente aprovado em todo o mundo, até mesmo pelos avós. Em algumas culturas, os visitantes testemunham este momento mágico  e congratulam o casal quando atinge o orgasmo. Que o digam Luís XVI e Maria Antonieta, no século XVIII! A noite de núpcias representa o princípio de uma vida sexual activa, aceite pela sociedade, que dará lugar a um casamento saudável e feliz. Este momento ficará marcado na memória. Não que seja realmente a primeira vez que o casal tenha relações sexuais, mas porque é a primeira vez que o fazem enquanto marido e mulher.

Foto: João AlmeidaSolicite informação sobre “Foto: João Almeida”
Foto: João Almeida

Pressão

“Nem tudo que luz é ouro”! Todos os convencionalismos em redor da noite de núpcias acabam por colocar uma nuvem de pressão sobre os recém-casados. Tudo tem que ser tão perfeito, que a tentativa de atingir essa perfeição pode acabar em desastre. Não quer com isto dizer que o casal não esteja interessado em fazer amor na sua “primeira noite”. Mas só o facto de sentirem que tem de ser especial e memorável, pode levar a que se desiludam. Até porque, como também já é de conhecimento comum, o melhor sexo é aquele que acontece de forma espontânea, sem hora marcada. Por exemplo, já deve ter ouvido que os homens, quando pressionados pelas mulheres para fazerem o tão desejado bebé na altura da sua ovulação, muitas vezes não conseguem.

Foto: João AlmeidaSolicite informação sobre “Foto: João Almeida”
Foto: João Almeida

Dificuldades

O que geralmente acontece com a pressão? Resposta: as pessoas bloqueiam. Hoje, trabalhar sob pressão é “o pão nosso de cada dia”, mas não faz os colaboradores das empresas mais eficientes. Com o sexo acontece exactamente o mesmo. Devemos deixar fluir naturalmente. É natural que os recém-casados queiram estar um com o outro e que fazer amor esteja nos planos para a noite. Mas nada de os pressionar para que vivam um momento mágico. No dia de casamento do seu melhor amigo, evite comentários do género: “esta noite é que vai ser. Até vais chegar às nuvens”. Sem querer, em vez de lhe estar a dar ânimo, pode estar a pressioná-lo. Já pensou nisso? Já agora, conheça as 9 razões que fazem do vosso melhor amigo, o par perfeito para casar!

Foto: AhHA!PhotosSolicite informação sobre “Foto: AhHA!Photos”
Foto: AhHA!Photos

Toda a verdade

Na verdade, os casais de hoje já não sentem a mesma pressão que os de antigamente. Muitas vezes, o dia de casamento é tão cansativo, que os recém casados nem têm força anímica para uma maratona de sexo.  A preparação da cerimónia, as emoções do dia, a dança e o álcool  (por vezes em grande quantidade!) não abonam a favor de um bom resultado. A pressão existe, mas ninguém acaba paralisado por ela. Talvez não fosse má ideia ler as melhores bebidas sem álcool para o seu casamento.

Fotos: AhHA!PhotosSolicite informação sobre “Fotos: AhHA!Photos”
Fotos: AhHA!Photos

A ausência de sexo naquela noite pode ser um problema?

… Alguns casais têm medo de começar uma dinâmica sexual negativa se isso acontecer. “Será que já não o atraio?”, “O que se passa comigo?”. Certamente nada, mas esta noite os fantasmas que assombram o casal podem colocá-lo à beira do precipício. No entanto, há outros recém-casados que  estão cientes de que a rotina já começou, uma vez que já namoram há muito tempo. Não se sentem, por isso, pressionados nem culpados, para o caso de “a coisa não acontecer”. O casamento não é um problema, muito menos a noite de núpcias.

A rotina é uma realidade, mas isso não é motivo para preocupação. O casal pode usar a imaginação para rompê-la das mais variadas maneiras. Com o tempo, até vão aparecendo outras formas de cumplicidade tão gratificantes como o sexo. Só o facto de marido e mulher estarem disponíveis para se darem a conhecer melhor, já é uma forma de amor!

Se, mesmo assim, tiver medo de cair na rotina, saiba que existe um vocabulário do amor, que vai dar um boost à sua relação.

Foto: Momento CativoSolicite informação sobre “Foto: Momento Cativo”
Foto: Momento Cativo

Lua-de-mel

Os casais consultados também quiseram chamar a atenção para a pressão para uma lua-de-mel perfeita. Há muito a ideia de que passam dia e noite trancados no quarto de hotel a ter relações sexuais. Esse preconceito também não é positivo para que tudo fluía de forma natural. Até porque basta um dos cônjuges ficar convencido que o outro está à espera disso (desse amor todo), para se sentir pressionado e não usufruir nem da lua-de-mel nem da noite de núpcias como bem merece.

As luas-de-mel servem para que os recém casados usufruam tempo a dois, de forma relaxada, não só a fazer amor, mas a conhecer outros sítios… fora do hotel. Aliás, nem faz sentido gastar perto de quatro mil euros numa viagem com tudo incluído às Maldivas para passarem o tempo enfiados num só espaço!

A lua-de-mel envolve aventura e isso provoca cansaço, quer queira quer não. Você até pode terminar o dia a fazer amor, mas nem sempre é possível. Não se preocupe! Você tem uma vida inteira para isso. O mesmo não se pode dizer em relação à viagem.

Foto: João AlmeidaSolicite informação sobre “Foto: João Almeida”
Foto: João Almeida

Conclusão

O mundo rege-se por preconceitos, que em nada ajudam as pessoas. E em tudo há pressões e expectativas, incluindo num momento tão intimo como a noite de núpcias! O nosso conselho é que não oiça as más línguas nem se ofenda com os seus amigos, que o pressionam para ser um Dom Juan. O importante é que cada casal viva a sua primeira noite de casados como bem lhe apetecer, seja a ter relações sexuais ou não… Sim, isso mesmo, ou não! Até porque amanhã é outro dia.

Enquanto pensa nisto, porque não assistir 65 filmes românticos com a sua cara metade. Se ter filhos está nos seus planos, saiba que existem 20 experiências que não pode perder antes disso. Depois, crie um lar de sonho. Vai ver que vai correr tudo bem!

 

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação