PT Login
PT

O que fazer diante das câmaras?

Assim, à primeira vista, pode parecer uma pergunta que deveria ser respondida por actores ou profissionais do mundo do cinema e/ou da televisão, mas não! Trata-se de uma questão que, ainda que pareça absurda, pode passar pela sua cabeça em algum momento prévio ao casamento.

Pois bem, como não queremos que fique com dúvidas, colocámos algumas perguntas aos profissionais do mundo da fotografia de casamentos para que tenha todas as respostas sobre o tema. Então, ainda que pareça algo óbvio, o que se deve fazer diante das câmaras?

Lugares e MomentosSolicite informação sobre “Lugares e Momentos”
Lugares e Momentos

Quando se deve colocar diante das câmaras?

Num casamento, os noivos estão o tempo todo diante das câmaras, mas eles não se dão conta. Podemos dizer que estão conscientes disso quando se realiza a reportagem apenas dos dois, quando se dedica um pouco mais de tempo aos noivos, o suficiente para que se sintam relaxados e tudo flua naturalmente.

“Os noivos devem estar perfeitamente descontraídos. Caso seja necessário, um bom fotógrafo vai dar sempre algumas dicas, de acordo com o perfil dos noivos”, salienta Alexandre Barbosa de Lugares e Momentos.

Lugares e MomentosSolicite informação sobre “Lugares e Momentos”
Lugares e Momentos

Na opinião de Hélder Costa Real, da FarAwayquando colocada esta questão refere que “se for uma sessão controlada, com tempo e com poses combinadas (sessão namorados ou noivos, pré ou pós casamento) apenas as pessoas que estão a ser fotografadas poderão estar diante a câmara, salvo alguns momentos inesperados que podem ser bem aproveitados pelo fotógrafo para criar um momento único mais humorístico ou caricato”. Por outro lado, “se for numa foto-reportagem duma cerimónia as coisas tendencialmente serão mais formais e uma abordagem mais de foto-reportagem onde é normal alguns elementos e pessoas se colocarem diante as câmaras. Sendo que alguns podem ser aproveitados para fazer enquadramentos interessantes e originais, dando perspectivas diferentes daquela situação”.

FarAwaySolicite informação sobre “FarAway”
FarAway

O nosso conselho é simples, confie nos profissionais, deixem-se levar pelo momento e, claro está, desfrutem ao máximo!

Quais os conselhos para perder os nervos?

Na opinião dos profissionais de Lugares e Momentos “os noivos devem escolher com muita calma os fotógrafos para o seu grande dia” e, claro está, depois da escolha feita devem “confiar neles a 100%“.

Lugares e MomentosSolicite informação sobre “Lugares e Momentos”
Lugares e Momentos

O fotógrafo Hélder Costa Realbaseando-se na sua experiência, afirma que “o fotógrafo tem um papel fundamental, temos que estar confiantes e sorridentes, afinal é um dia feliz onde as pessoas se querem divertir e nós temos que sentir essa responsabilidade e proporcionar um dia agradável, tendo confiança no nosso trabalho enquanto profissionais e passando essa energia positiva para as pessoas”, acrescentando ainda que “temos que ser intuitivos e saber “ler” as pessoas, se são pessoas mais formais ou mais descontraídas. Uma ou mais reuniões com os clientes é sempre aconselhável, para perceber precisamente o que acima foi descrito. Piadas de bom gosto, discretas, simples podem soltar sorrisos e baixar os níveis de stress, nervos, ansiedade. Mostrar algumas fotografias à medida que se vai fotografando para verem como está a correr”.

FarAwaySolicite informação sobre “FarAway”
FarAway

É aconselhável realizar uma sessão pré-casamento? Porquê?

Colocada esta questão aos profissionais de Lugares e Momentos a resposta foi instantânea: “sim, são nessas sessões que todos se conhecem, os noivos habituam-se às câmaras, e os fotógrafos ficam a saber quais os melhores ângulos, e a química que existe entre o casal“, refere Alexandre Barbosa.

Lugares e MomentosSolicite informação sobre “Lugares e Momentos”
Lugares e Momentos

Hélder Costa Real da FarAway partilha da mesma opinião referindo que “sim, é aconselhável, para se criar uma relação com os clientes e também aumentar os níveis de confiança de ambos, pois quer o fotógrafo quer os clientes precisam de se conhecer e encontrar uma energia positiva para estarem em sintonia. Também serve de teste para o fotógrafo entender o que pode fazer em termos de abordagem fotográfica com os clientes. Também é altamente positivo e aconselhável pois a expressão pré-casamento será totalmente diferente da do pós-casamento, o que será algo bonito e engraçado de ver e se recordar mais tarde. Daí a importância de ser eternizado”, detalha.

FarAwaySolicite informação sobre “FarAway”
FarAway

E uma sessão pós-casamento?

“A sessão pós-casamento vai eternizar a felicidade dos noivos já casados, com as roupas do casamento, elegantes e bonitos mas com uma expressão mais feliz, leve, mais descontraídos e confiantes. Enquanto fotógrafo acredito que essas energias das diferentes alturas são fundamentais para a expressão e resultado final da fotografia. Daí acreditar que no fim dum trabalho com pré-casamento, reportagem do dia do casamento e pós-casamento, levarão a uma linguagem fotográfica final completa onde ficará eternizado as diferentes fases do casal e dessa fase tão feliz e especial duma vida a dois” refere o profissional Helder Costa Real de FarAway.

FarAwaySolicite informação sobre “FarAway”
FarAway

 Alexandre Barbosa refere que praticamente não realizam este tipo de trabalho e opina dizendo que “não nos parece algo que faça sentido. Só se houver algum impedimento no próprio dia”

Lugares e MomentosSolicite informação sobre “Lugares e Momentos”
Lugares e Momentos

O que acontece quando os noivos não se sentem confortáveis? O que fazem como profissionais para resolver esta situação?

Esta é sem dúvida uma situação que acontece, sobretudo, por falta de confiança no fotógrafo e, como refere Alexandre Barbosa de Lugares e Momentos, “a sessão de solteiros é um factor crucial para se limarem essas arestas e criar um elo de ligação entre o fotógrafo e os noivos”, salientando ainda que “é uma questão que depende mais dos profissionais do que dos noivos. Os noivos ficam, ou não, nervosos. Cabe às equipa saber ou não lidar com isso, e conseguir acalmá-los. Nós temos, felizmente, uma taxa de sucesso muito alta, quando isto acontece”.

Lugares e MomentosSolicite informação sobre “Lugares e Momentos”
Lugares e Momentos

Também Hélder Costa Real diz que “a confiança do fotógrafo no seu próprio trabalho é fundamental para passar confiança para os clientes e o bom humor, bem como a sensibilidade para perceber os clientes, pois todos nós temos diferentes formas de estar e de viver as coisas. Sorrisos, o soltar uma gargalhada pode resultar, mas sempre mantendo um perfil profissional, ainda que descontraído, nunca desvalorizando a técnica, pois temos um trabalho para fazer, já que falhar não é opção, já que são momentos únicos irrepetíveis na vida” remata.

FarAwaySolicite informação sobre “FarAway”
FarAway

Agora que já tem alguns apontamentos do que pode acontecer e como solucionar esses problemas, só tem de aproveitar! Saiba também quais são os 8 erros que todas as noivas cometem quando tiram fotos de casamento. E os conselhos para os solucionar ou veja a sessão de fotos pré-casamento da Ana e Vítor. Lembre-se que é um momento vosso, único e que não se voltará a repetir!

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação