Portugal É um paraíso… ainda tem dúvidas?

Todos sonhamos com destinos paradisíacos e ficamos extasiados com as fotografias que vemos de países como Zanzibar, Tailândia ou Seychelles. Mas não é preciso ir tão longe para encontrar o paraíso, pois Portugal tem uma das mais bonitas faixas costeiras do mundo e ilhas que são verdadeiras jóias do Oceano Atlântico. Rendam-se à beleza natural das praias marítimas e fluviais portuguesas.

Porto Santo (Madeira)

Vila Baleira
Vila Baleira

Porto Santo é a ilha habitada mais pequena do arquipélago da Madeira, com apenas 11 quilómetros de comprimento para seis de largura, ocupados por cinco mil habitantes. Há apenas duas formas de lá chegar: numa viagem de duas horas e meia de ferry a partir da ilha da Madeira ou de avião, primeiro de Lisboa até ao Funchal (hora e meia) e depois de avioneta (20 minutos).

Na chegada à ilha, onde reza a história viveu Cristóvão Colombo com a sua mulher, filha do primeiro capitão donatário da ilha, Bartolomeu Perestrelo, os turistas deparam-se com um clima ameno durante todo o ano e paisagens fabulosas, a par de uma grande riqueza e variedade de recursos naturais, históricos e culturais e uma praia de areia fina e dourada, banhada por águas turquesas e translúcidas. A areia, que se estende por nove quilómetros, é conhecida por possuir propriedades terapêuticas, pois é muito suave, leve e pouco abrasiva, carbonata e biogénica, apresentando propriedades físicas, químicas e térmicas muito particulares que permitem a realização de processos de naturoterapia, que na ilha são aplicados no maior centro de talassoterapia português, instalado no Vila Baleira Resort – Porto Santo Thalassa & Spa.

Guincho (Cascais, Lisboa)

Arriba by the Sea
Arriba by the Sea

Situada na estrada que parte de Cascais em direcção ao Cabo da Roca, a Praia do Guincho é uma das maiores do concelho de Cascais, oferecendo uma das mais espectaculares paisagens da Costa Ocidental da Europa. Situada numa zona de dunas, entre o Parque Natural de Sintra e o oceano, é uma praia genuína, onde o sol, a serra e o mar se mesclam num cenário único e ainda selvagem. O mar é um pouco temperamental e muitas vezes ocorrem ventos fortes, o que permite a prática de windsurf e kytesurf – pela qual a praia é mundialmente conhecida – entre outros desportos náuticos, tais como o surf. Perto do Guincho encontra-se a bela vila de Cascais, que tem muito para visitar, bem como Estoril e Sintra, que para além do rico património que oferecem têm ainda outras belíssimas praias cuja visita é praticamente obrigatória.

Zambujeira do Mar (Odemira, Beja)

Zmar - Eco Campo Resort
Zmar – Eco Campo Resort

Uma das relíquias do Litoral Alentejano, integrada no Parque Natural da Costa Vicentina e Sudoeste Alentejano, a praia da Zambujeira do Mar é uma das praias mais emblemáticas da região. Situada junto à povoação, que é um miradouro natural para o Oceano, a praia tem acessos directos ao areal, rodeado por altas e bonitas falésias que o protegem de ventos fortes. Ideal para quem opta pelo sossego de uma pacata aldeia alentejana, aqui poderá também encontrar a perfeita harmonia entre o campo e o mar, sendo que em termos de gastronomia o peixe fresco e o marisco têm uma presença constante à mesa.

Vila Nova de Mil Fontes, Furnas (Odemira, Beja)

Herdade do Freixial

Localizada na margem esquerda do rio Mira, a Praia das Furnas é uma praia fluvial com fortes influências marítimas, pois tem uma frente de mar e outra de rio, junto à foz, onde o areal é mais largo e as águas translúcidas e tranquilas. Inserida no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, envolvida por uma paisagem de cortar a respiração, esta praia tão especial encontra-se sinalizada junto à estrada principal, cerca de 2 quilómetros depois de se passar a ponte de Vila Nova, no sentido sul, sendo que o acesso é feito primeiro por uma estrada de alcatrão que termina em terra batida junto à praia, onde está o estacionamento.

Lagoa do Fogo (Ribeira Grande, São Miguel, Açores)

Lagoa do Fogo (Ribeira Grande, São Miguel, Açores)

Uma das maiores lagoas dos Açores e a segunda maior da maravilhosa Ilha de São Miguel, a Lagoa do Fogo está inserida numa reserva natural, ocupando 1360 hectares na caldeira do adormecido Vulcão do Fogo, formado há cerca de 15 milhões de anos. Com uma incontestável beleza, que ainda mantém o carácter selvagem e primitivo, as suas águas reflectem um invejável azul, que contrasta com os tons da vegetação circundante. Na zona circundante, que emana um ambiente de uma tranquilidade quase mística, fazem-se muitos passeios pedestres e caminhadas. Desfruta de umas férias ou lua-de-mel agradável em alguns dos melhores hotéis da ilha, como o Royal Garden Hotel.

Cinco destinos em Portugal, entre tantos outros. Já se convenceu que é bom «ir para fora cá dentro»?

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação