Como escolher o local de casamento em cinco passos

Um ingrediente de sucesso para um casamento perfeito? Um local de cortar a respiração! É, por isso, um dos pontos fulcrais no planeamento de uma boda, senão o mais importante. Para além disso, e tendo em conta a magnitude de tudo o que traz consigo (cocktail, banquete, festa…), será também o elemento do casamento que supõe um maior desembolso por parte dos noivos. Já para não falar da dificuldade em garantir a disponibilidade de datas, face à intensa procura por parte de todos os casais casadoiros. Com tudo isto, uma coisa é certa: a reserva do local do casamento deverá ser a sua primeira preocupação.

Mas, e se não encontrar o local perfeito? Que será do seu grande dia se não souber exactamente o que procurar? Tenha calma, estamos cá para isso. Através destes 5 passos vamos guiá-la nesta aventura, porque não queremos que a escolha do local do casamento se transforme numa odisseia!

Passo 1. Localização

Na hora de decidir que espaço irá receber a celebração do seu amor, a localização e tudo o que a ela concerne é um dos factores que deve ter em conta antes de ecoar o “Sim, aceito”!.. Considere opções estratégicas para o conforto dos convidados, analise as diferentes opções e circunstâncias.

Quinta D’Azenha | Foto: Helder Couto Photo

Considere a situação geográfica e acessibilidade

Apesar de muitos casais escolherem o local de celebração tendo como critério o facto de ser perto da sua residência, outros optam por fazer as malas e tentar a sua sorte em distintas paragens da geografia nacional e internacional (os Destination Weddings estão cada vez mais na moda!). Até porque nem sempre os noivos são originários do local onde vivem ou, pelo menos, um dos elementos do casal, nomeadamente a noiva, que – por tradição – deverá casar no local onde nasceu e/ou viveu.

Em qualquer dos casos, a situação geográfica deve ter de fácil acesso, para que os vossos convidados possam lá chegar sem quaisquer problemas. Considerem caminhos, os meios de transportes disponíveis, as distintas formas de aceder ao local. Para grandes deslocações, ponderem disponibilizar veículos.

Cuidado com a distância do local da cerimónia

Procure sempre que a distância entre o local da cerimónia (seja igreja ou não) e o local de festa não seja demasiado grande. Até pode tentar encontrar um local com capela – no caso de ir celebrar um casamento religioso – ou um que permita celebrar casamentos civis. Mas se preferir locais distintos, convém que o caminho entre os dois não seja demasiado confuso e que esclareça muito bem os seus convidados, dando-lhes indicações claras por onde devem seguir. Não os obrigue a andar às voltas até encontrarem o local da vossa celebração!

Opte por locais perto de alojamento

Haverá sempre algum convidado que necessite de um local para dormir, quer seja porque vem de fora ou porque vai querer desfrutar da sua festa, sem ter de pensar na responsabilidade de ter de conduzir a seguir. Por isso, quando escolher o local do casamento procure saber se existem hotéis e outros tipos de alojamento nas redondezas. Aliás, contacte-os, porque, quem sabe, até lhe fazem preços especiais. Se for passar a sua noite de núpcias num local perto, poderá também ser uma boa opção para alojar alguns dos seus convidados a um preço simpático.

Quinta D’Azenha | Foto: Helder Couto Photo

Passo 2. Infraestruturas

Não basta parecer, tem de ser! As infraestruturas devem ser bem pensada para receber os convidados da melhor maneira possível. Por mais que imagine um casamento perfeito em todos os detalhesse o local não reunir as condições ideais, o insucesso será garantido.

Quinta da Bichinha

Considere a superfície total

Como é o lugar? Quantos metros tem? Quantas salas dispõe? Tem jardim? Analise bem o espaço e faça todas as perguntas que necessitar para descobrir o que realmente quer. Não pague a mais senão estiver à procura de uma parafernália de detalhes diferenciadores, mas caso a sua ideia seja aproveitar ao máximo o que o local disponibiliza, informe-se bem acerca de todas as possibilidades. O espaço é fundamental para saber com o que é que podem contar e como podem organizar o  vosso casamento.

Analise as áreas exteriores e interiores

As diferentes salas podem ajudar a definir ambientes distintos para cada momento do casamento, desde os aperitivos & cocktail ao banquete ou ao grande baile. Eventualmente até pode achar que um dos locais é suficiente para as várias fases do dia, embora tenha sempre a opção de seguir o caminho da originalidade. Na realidade, são vocês que decidem. Em relação aos jardins, sabemos que há casamentos que gritam por um sopro da natureza, sobretudo se são celebrados na Primavera ou no Verão. Mas independentemente da estação, dê uma vista de olhos aos espaços abertos e descubra se estará interessada em aproveitá-los.

Confirme a facilidade de acesso

Tendo em conta a quantidade de convidados que geralmente estão presentes num casamento, informe-se bem sobre os acessos aos diferentes espaços do local escolhido. Lembre-se que as pessoas mais velhas, os convidados com mobilidade reduzida, as crianças e os carrinhos de bebé terão mais dificuldade em aceder a determinados locais. Confirme se existem rampas para entrar nas salas e confirme detalhes importante para o conforto dos seus convidados: se para chegar a determinado sítio é necessário passar por um relvado (o pior inimigo dos saltos altos, sobretudo stilettos!), ou por locais cheios de pedras ou que possam ficar lamacentos, etc. As indicações também são fundamentais para que ninguém se perca ou se confunda ao longo do dia.

Tem espaço para a cerimónia?

Se decidiu casar pela Igreja, há espaços com capelas e lugares sagrados que pode utilizar. Para os casamentos civis, normalmente os espaços disponibilizam salas, jardins e outros lugares destinados à cerimónia. Verifique se o local que escolher contempla todas essas possibilidades.

Alternativas para o mau tempo: o seu Plano B

O clima pode arruinar um dia estupendo se não tiver o cuidado de prever alternativas. Não confie na previsão metereológica, nem sequer na estação do ano que escolheram para trocar alianças. Só porque o seu casamento está marcado para o pico de Agosto, não quer dizer que São Pedro não possa acordar mal disposto! Procure um espaço que tenha alternativas em caso de qualquer ocorrência menos feliz. Com duas opções disponíveis, o medo será algo que pode afugentar do seu pensamento e, assim, vai poder relaxar.

Quinta da Bichinha

Passo 3. Exclusividade

Nem sempre os noivos se lembram de averiguar esta questão, muitas vezes porque pressupõem que a exclusividade é garantida. Mas não é! Há espaços que celebram vários casamentos no mesmo dia. Não quer dizer que não possam garantir um evento fabuloso, mas convém esclarecer todas as dúvidas e acertar detalhes para perceber se é isso que quer para o seu grande dia.

Quinta do Hespanhol | Foto: Maria Rao Photography

Celebração de outros casamentos em simultâneo

Descubra quantos casamentos/eventos vão ser realizados no espaço que escolheu. É de vital importância sabê-lo para a organização dos lugares, a disposição dos salões e jardins, que terá de estar muito clara para evitar distracções.

A privacidade está garantida?

No caso de ter de partilhar o espaço com outras celebrações, assegure-se de que conhece os limites disponíveis e se estes proporcionam a privacidade adequada. Escolha o seu local do casamento tendo em conta este aspecto, pois um casamento deve ser privado e tranquilo.

Exclusividade: quantas horas disponíveis?

Todos os espaços de celebração têm os seus horários (sobretudo se organizarem vários casamentos ao mesmo tempo). Neste caso, tem de saber quanto tempo dispõe, porque muitos lugares colocam limites de espaço e horas.

Quinta do Hespanhol | Foto: Maria Rao Photography

Passo 4. Número de convidados

É legítimo apaixonarem-se à primeira vista por um determinado local. Mas do que não se podem esquecer é do número de familiares e amigos que não vão querer perder o vosso casamento por nada deste Mundo!.. Por isso, o espaço tem de ter uma capacidade adequada para receber confortavelmente todos os vossos convivas e a grande festa com que tanto sonham!

Casa dos Arcos

Existe um mínimo de convidados?

Há muitos espaços que permitem a celebração de todos tipos de casamentos, independentemente da sua dimensão. No entanto, há muitos outros que não aceitam casamentos excessivamente pequenos, pois preferem reunir grandes quantidades de pessoas, muito provavelmente por uma questão de rentabilidade (ou mera opção!). Dado que cada casamento depende muito da quantidade de convidados, informe-se sobre o número mínimo permitido e avalie se vale mesmo a pena apostar no local que está a considerar. Não caia no erro de convidar mais pessoas apenas para preencher o espaço! Para além de aumentar os custos, descaracteriza a celebração do seu amor.

Qual a capacidade máxima?

Da mesma forma que é essencial saber qual a capacidade mínima do local, também será extremamente importante ter conhecimento da capacidade máxima, pois os casamentos excessivamente grandes nem sempre podem acontecer em qualquer lugar. Se está a contar com um grande número de pessoas para partilhar consigo o seu dia especial, ou se tiver uma série de convidados em dúvida, é melhor confirmar a capacidade. E atenção: não retire pessoas da sua lista de convidados apenas para caberem todos no local. Este é que deve estar adequado ao seu casamento, e não o contrário.

Se faltarem convidados, o que acontece?

Esta é uma pergunta importante para fazer aos responsáveis do espaço que vai querer contratar. E se alguns dos convidados não aparecem no dia? Esclareça o que acontece: não paga o valor estipulado correspondente a cada faltoso, fazem-lhe um desconto ou tem de pagar o mesmo? A muitos espaços interessa-lhes não serem muito rigorosos em relação a este aspecto, mas não hesite em perguntar antes que tenha de enfrentar o problema de imprevisto.

Com quanto tempo de antecedência é preciso confirmar o número de convidados?

Esta informação irá, inclusivamente, ajudá-la a elaborar a lista de convidados. Quando chegar à data limite, deverá estar preparada para apresentar um número. Se o local é muito restrito neste quesito, quem sabe não seja motivo suficiente para considerar um serviço mais flexível, que facilite o processo de incluir ou eliminar convidados?

Casa dos Arcos

Passo 5. Os extras

Iluminação, segurança, estacionamento, decoração… São algumas das coisas que não devem esquecer, na escolha do local perfeito!.. Até porque tudo isso tem, necessariamente, influência no valor final, que deve, claro, encaixar no vosso orçamento disponível!.. Não temam perguntar – perguntem tudo, sempre que tiverem dúvidas! – e analisem cada um dos mais pequeninos detalhes!.. Porque afinal, são sempre os mais pequeninos detalhes que fazem a diferença!

Kailua

Preços de Bar Aberto

Muitas vezes o Bar Aberto está incluído no preço final ou constitui uma oferta, no caso de contratar um serviço mais completo. Mas não se fie nisso! Pergunte em que condições poderá contar com este elemento tão importante para festa, se não quiser ter uma surpresa com um extra imprevisto após fechar o preço fixo. Muitas vezes, é preferível incluir tudo no mesmo orçamento, para evitar extras desnecessários.

Decoração do espaço, som, iluminação…

Muito importante! O espaço conta com seus próprios profissionais? Ou será necessário contratá-los separadamente? Tenha em conta que muitos lugares oferecem este tipo de serviço como um extra e talvez o preço varie em relação ao que lhe é indicado inicialmente. Pergunte também se pode ter o seu próprio Wedding Planner, mesmo que o local já ofereça serviços de decoração e iluminação. No caso do espaço os oferecer e estiver satisfeita com isso, procure saber se há alguma flexibilidade, isto é, se pode intervir no processo com ideias e sugestões ou se está obrigada a aceitar as directrizes previamente definidas.

Serviços de montagem

Quando chegar o momento em que tem de decidir a disposição das mesas e os diferentes espaços para a festa, certifique-se de que pode ter alguma flexibilidade e uma ampla gama de possibilidades, para que tudo esteja ao seu gosto. Cada casal é um mundo, com suas respectivas famílias, e deverá poder distribuir toda a gente como melhor achar, apesar de existir sempre alguma limitação.

Kailua

Segurança, estacionamento

Se quiser evitar intromissão alheia, verifique que serviços de segurança oferece o espaço, desde pessoal especializado até elementos que limitem a passagem. Comprove também os serviços de primeiros socorros disponíveis no recinto ou a possibilidade de os adquirir de uma forma rápida, assim como o acesso a centros que proporcionem segurança em todos os aspectos (hospitais, polícia, bombeiros…).

Além disso, assegure-se também que há espaço para estacionar quer os carros como eventuais autocarros que se encarreguem de transportar convidados. No caso de faltar espaço, deverá pensar num Plano B para que os convidados possam chegar e estacionar os seus veículos, sem caos.

Seguro de cancelamento

Em um casamento, é sempre necessário ser pró-activo, uma vez que as despesas são muito elevadas e não se pode brincar com elas. E, embora o normal é que tudo corra bem, pode haver sempre imprevistos que forcem o cancelamento da celebração. Por isso, verifique se o espaço possui um serviço de cancelamento que assegura uma recuperação mínima perante qualquer imprevisto. Como já dissemos, muitos lugares não são muito rigorosos com esses aspectos, por isso informe-se de tudo e, assim, não perderá muito dinheiro.

Descubra que espaço é o ideal para si

com este teste muito simples!

E para facilitar a sua escolha, veja o nosso vídeo:

E para ajudá-la na organização

Descarregue o ebook Como organizar o seu casamento“!

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Como escolher o bolo do meu casamento em 5 passos
Como escolher o bolo do meu casamento em 5 passos
O bolo de casamento é um daqueles "detalhes" que não pode deixar para trás, pois é, cada vez mais, um elemento crucial de qualquer celebração.
Como escolher os acessórios para o noivo em 5 passos
Como escolher os acessórios para o noivo em 5 passos
A 'vaidade' não é uma exclusividade da noiva. Siga estes 5 passos e aprenderá a vestir-se como um autêntico dandy!
135 milímetros
As Cinco Linguagens do Amor
Existem cinco linguagens universais que as pessoas utilizam para expressar e interpretar o amor: a nossa guest blogger, Joana Moreira, explica cada uma delas e a forma como pode conhecer melhor a linguagem do seu parceiro ou parceira.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação