Devo ou não optar por um tema para o casamento?

O planeamento de um casamento começa quase sempre pela escolha de um tema. Será esta questão realmente essencial para começar a planear um casamento lindo de morrer?

Por detrás de uma história de amor, existe sempre uma música, um momento, um local ou um pormenor especial com verdadeiro significado para os noivos. Este pode ser o ponto de partida para começar a planear todo o casamento e desenvolver algo único.

Solicite informação sobre “Ahha Photos”
Ahha Photos

Mas, na verdade, não vale a pena desesperar em busca de um tema de casamento e inventar qualquer coisa de um momento para o outro, só porque alguém vos perguntou qual era o vosso tema, ou vos disse peremptoriamente (e erradamente) que o tinham que ter.

Para algumas pessoas, falar neste assunto é como voltar à escola primária e serem obrigados a fazer um trabalho em que vão ser avaliados, sentindo-se completamente perdidos… Não se preocupem, porque este tema é cada vez menos valorizado, em contraposição a outros mais pertinentes, como por exemplo: o bolo estar em consonância com a decoração, ou a flor da lapela do noivo combinar com o bouquet da noiva!

Efeito Espontâneo
Efeito Espontâneo

 

Solicite informação sobre “Bolinhos à medida”
Bolinhos à medida

Muito mais importante do que ter um “tema” de casamento, é criar um conceito de casamentoComo se cria este conceito? Começando por decidir um estilo, escolher uma determinada paleta de cores e alguns materiais, que depois servem de base para a escolha do local, vestido, acessórios, música, tipo de fotografia… E, acima de tudo, que transmita a personalidade e o gosto dos noivos.

É essencial que o casamento seja à imagem dos noivos, que as cores sejam as suas preferidas, que a música seja a gosto de ambos, que o penteado da noiva seja fiel à sua imagem… no fundo, que os convidados reconheçam os noivos em cada detalhe.

Solicite informação sobre “Ilustre Fotografia ”
Ilustre Fotografia

Obviamente que “todas as peças deverão encaixar umas nas outras”, funcionando como um todo e contando uma só história. Porque assim como a própria relação, também o dia de casamento deverá traduzir união, coerência e simbiose.

Guest Blogger: Vera Costa 
Ideias de Veludo

É entendido no mundo dos casamentos e quer escrever para a Zankyou? Entre em contacto

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

 AhHA!Photos
Quanto devo gastar numa prenda de casamento?
Apesar de os casamentos serem motivo de festa, os convidados ficam sempre com um "problema" em mãos. O que dar e quanto gastar no presente dos noivos? A resposta não é taxativa, mas há factores a ter em consideração na hora de decidir.
Atelier Gio Rodrigues | Foto Rui Teixeira
Quem casa e o que devo vestir? Descubra quais são os looks adequados para cada casamento
Descubra qual o look ideal para si segundo o grau de parentesco que tem com os noivos e arrase no próximo casamento!
Foto: João de Medeiros
Devo adotar o apelido do meu marido quando casar?
Apesar de antigamente a tradição mandar as mulheres adotarem o nome do marido, esta prática tem vindo a mudar. A tendência actual é para que ambos os noivos mantenham os seus nomes de solteiros.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação