Flores: “Earth laughs in flowers”… e o amor no bouquet da noiva!

Um casamento é feito de pormenores, pelo menos para mim é assim. Acredito que tudo tem um peso (ou a ausência deste) no que toca ao planeamento de um dia perfeito e o bouquet da noiva é um desses pequenos grandes pormenores.

Fotos: Alexandra Roberts

Quando escolhemos o nosso bouquet é sempre mais simples optarmos por flores da época, pois sendo mais fáceis de encontrar também serão certamente mais económicas e logo aqui temos mais dois assuntos resolvidos!

Foto: Alexandra Roberts

Pensamos geralmente em branco ou se essa não for a nossa cor de eleição, tendemos a pensar na cor que decidimos para o casamento.

Apesar destes serem todos factores de escolha que devemos considerar, creio que o mais importante é atribuir ao bouquet um significado, é importante que as flores que vão ser o nosso acessório tenham um valor sentimental para nós. Ou porque são as nossas predilectas, ou porque foram as primeiras flores que o vosso futuro marido vos ofereceu quando namoravam e, acima de tudo que tenham personalidade, a vossa personalidade.

Fotos: Allie Lindsey Photography (esq.) e Raquel Correia Macias (dir)

Eu, por exemplo, optei por um ramo de jarros brancos e orquídeas bordeaux que de bouquet tinha muito pouco. Era grande, pouco ornamentado, atado com corda branca. Não serviria para atirar no final da boda, já que ainda aleijava alguém, além de que era demasiado bonito para o fazer voar pelo salão. Mas não me importei.

Mandei fazer um bouquet mais pequeno para cumprir a tradição e deixar as solteiras contentes (ou não!) e ostentei, orgulhosa, o meu bouquet que traduzia tudo aquilo que eu queria e tinha tanto significado. Era diferente, pouco convencional e as orquídeas eram as flores que o meu então namorado me costumava mandar entregar no trabalho e com que tantas vezes me surpreendia e alegrava o dia mais cinzento.

Foto: Alexandra Roberts
Fotos: Alexandra Roberts

Um casamento é isso mesmo, é sentimento, é significado, é magia feita realidade e isso vê-se nos detalhes, vê-se no sorriso dos noivos.

Divirtam-se a planear porque o casamento é alegria.

(“Earth laughs in flowers” é uma citação de Ralph Waldo Emerson)

Até breve,

Raquel.


Guest blogger: Raquel Correia Macias

Escritora e Stylist. Autora dos blogues RCM, Stylist e Bom Dia Alegria. Siga-a também no facebook e no twitter.

 

 

É especialista numa área associada à temática do casamento e gostava de escrever na Zankyou Magazine? Contacte-nos.

Gostou deste artigo? Partilhe

Mais informação

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação