Não sabe o que escrever para os votos de casamento? Peça as palavras emprestadas

Para as noivas que não vão casar pela igreja e querem uma cerimónia de casamento especial, o momento de troca de votos é particularmente especial. Tradição em vários países europeus e sobretudo nos EUA, por cá nem sempre as juras de amor são personalizadas. Mas a tendência está a chegar…

Solicite informação sobre “Escreva o que lhe vai no coração. Foto Costureira de palavras”
Escreva o que lhe vai no coração. Foto: Costureira de palavras

Nem sempre é fácil encontrar as palavras certas para explicar à sua cara-metade a real importância que ela tem na sua vida. Mas não tema! Há uma solução tão simples. Peça emprestadas as palavras de outros apaixonados que, antes de si, deslumbraram com as suas declarações de amor. Ou confie na sabedoria da Costureira de Palavras. Quer saber quem é? Continue a ler.

Solicite informação sobre “Não sabe o que escrever? Não desespere. Foto Branco Prata”
Não sabe o que escrever? Não desespere. Foto: Branco Prata

Comece por pedir emprestadas as palavras à personagem de Billy Cristal no filme Um Amor Inevitável: Adoro que tenhas frio quando estão 30 graus lá for a. Adoro que leves uma hora a pedir uma sandes. Adoro a pequena ruga debaixo do teu nariz quando olhas para mim a pensar que estou doido. Adoro que, depois de passar o dia contigo, ainda consiga sentir o teu perfume na minha roupa. Adoro que seja a primeira pessoa com quem eu quero falar antes de dormir. E não é porque me sinto sozinho ou porque é a noite da passagem de ano, eu vim aqui hoje porque quando nos apercebemos que queremos passar o resto da vida com alguém, queremos que o resto da nossa vida comece o mais rápido possível.

Solicite informação sobre “Diga-o. Foto Branco Prata”
Diga-o. Foto: Branco Prata

Retire inspiração do poster que, no filme O Amor Acontece: “Com sorte, para o ano, vou estar a namorar com qualquer uma destas raparigas (aparece uma imagem de várias top models). Mas por agora, deixa-me dizer-te (sem esperança ou motivos alternativos – só porque é Natal e no Natal dizem-se as verdades) para mim, tu és perfeita. E o meu coração vai amar-te até teres este aspecto (imagem de uma múmia).

Solicite informação sobre “Recorde para sempre o seu dia. Foto Branco Prata”
Recorde para sempre o seu dia. Foto: Branco Prata

Tem ainda uma terceira (e muito rica) fonte de inspiração, as cartas de Beethoven à sua amada imortal: Permanece calma – ama-me – hoje – ontem. Quanto desespero por ti – tu – a minha vida – o meu tudo – despeço-me. Oh, continua a amar-me – nunca duvides de um coração que te é fiel. Do teu amado, L. Sempre teu. Sempre meu. Sempre nosso.

Solicite informação sobre “Entre na sua vida a dois com o pé direito. Foto Branco Prata”
Entre na sua vida a dois com o pé direito. Foto: Branco Prata

Confie também nas declarações de amor do mestre, Barry White:

Don’t go changing, trying to please me / Não mudes a tentar agradar-me
You never let me down before / Nunca me desiludiste
I don’t imagine you’re too familiar / Não te imagino demasiado familiar
And I don’t see you anymore / Nem a não te ver
I would not leave you in times of trouble / Nunca te deixaria em tempos difíceis
We never could have come this far / Nunca teríamos chegado aqui
I took the good times, I’ll take the bad times / Aceito os bons tempos, aceito os maus
I’ll take you just the way you are /Aceito-te exactamente como tu és
Don’t go trying some new fashion / Não experimentes modas novas
Don’t change the color of your hair / Não mudes a cor do teu cabelo
You always have my unspoken passion / Terás sempre o meu amor incondicional
Although I might not seem to care / Mesmo quando parece que não quero saber

Solicite informação sobre “Segrede-lhe ao ouvido o quanto o ama. Foto Lounge Fotografia”
Segrede-lhe ao ouvido o quanto o ama. Foto: Lounge Fotografia

Ou de Chris Martin:

Honey you are a rock / Tu és a pedra
Upon which I stand / Na qual eu me apoio
And I came here to talk / Vim aqui dizer-te
I hope you understand / Espero que compreendas
The green eyes, yeah the spotlight, shines upon you / Olhos verdes, és o centro de tudo
And how could, anybody, deny you / Como poderia alguém recusar-te?
I came here with a load / Cheguei aqui com um peso
And it feels so much lighter now I met you / E sinto-me tão mais leve agora que te conheci
And honey you should know / Tens de saber
That I could never go on without you / Que nunca continuaria sem ti
Green eyes / Olhos verdes
Honey you are the sea / Tu és o mar
Upon which I float / Onde eu flutuo
And I came here to talk / Vim aqui dizer-te
I think you should know / Acho que devias saber
The green eyes, you’re the one that I wanted to find / Olhos Verdes, és aquela que eu queria encontrar

Solicite informação sobre “Partilhe com os seus familiares e amigos as suas palavras. Foto Lounge Fotografia”
Partilhe com os seus familiares e amigos as suas palavras. Foto: Lounge Fotografia

Ou de Florbela Espanca:
Falo de ti às pedras das estradas,
E ao sol que e louro como o teu olhar,
Falo ao rio, que desdobra a faiscar,
Vestidos de princesas e de fadas;
Falo às gaivotas de asas desdobradas,
Lembrando lenços brancos a acenar,
E aos mastros que apunhalam o luar
Na solidão das noites consteladas;
Digo os anseios, os sonhos, os desejos
Donde a tua alma, tonta de vitória,
Levanta ao céu a torre dos meus beijos!
E os meus gritos de amor, cruzando o espaço,
Sobre os brocados fúlgidos da glória,
São astros que me tombam do regaço!

Escreva. Foto: Costureira de Palavras

Mas não se decida já. Não sem antes ler o que Miguel Esteves Cardoso tem a dizer sobre o amor e sobre a ideia de pertencer a alguém e ser completo:

Quando eu pensava que não podia ser mais feliz, manhã após manhã era mais, mas só um bocadinho mais do que o máximo humanamente possível; pensava eu ser absolutamente impossível que eu fosse, de repente, muito mais feliz, do que a própria felicidade até. Mas, de repente, fui. Muito mais. Casei com o meu amor e o meu amor tornou-se a minha mulher, minha em tudo, para tudo, para sempre. E eu, finalmente, consegui divorciar-me de mim e deixar de ser tão triste e aborrecidamente meu, trocando-me, no melhor negócio do século, por ela. Ela ficou minha. Eu fiquei dela. É ou não é estranho e lindo e bem pensado por Deus Nosso Senhor que ambos pensemos que nos livrámos de boa e ficámos a ganhar? É.

É sim. A minha mulher é mais minha do que eu alguma vez fui meu — e eu antes não podia ter sido mais para mim, felizmente. Por ter tudo agora para lhe dar. Que alívio. Nunca mais me quero ver na vida.

A não ser aos olhos dela, onde sou muito bem visto — talvez o maior homem que já viveu, logo a seguir ao pai dela, claro. É um milagre como melhorei tanto. E paradoxalmente sem deixar de ser eu por causa disso. Ou mesmo que deixasse, com tal amor não tinha saudades nenhumas.

Solicite informação sobre “Personalize a sua troca de votos. Foto Branco Prata”
Personalize a sua troca de votos. Foto: Branco Prata

Se quiser uma mensagem bem mais personalizada mas as palavras não são o seu ofício, tem um (muito) bom remédio: a Costureira de Palavras. Conte-lhe a sua história e a Marta Ramos costura-lhe o texto com uma perícia única e uma sensibilidade sem igual.

Marta Ramos, a Costureira de Palavras. Foto: Orsi Lazar

Um Cyrano dos tempos modernos, a Costureira de Palavra, troca-lhe por miúdos o que lhe vai no coração. Foi isso que fez, por exemplo, pela Marta e pelo Luís:

Inspire-se:

Viver contigo é rir todos os dias, é saber que ao meu lado tenho alguém que mão precisa de muito mais do que eu estar bem para estar bem também”

Hoje é “um pretexto para, diante dos nossos familiares e amigos, dizermos que estamos felizes juntos e assim continuaremos para sempre”.

Solicite informação sobre “Seja feliz. Foto Adriana Morais”
Seja feliz. Foto: Adriana Morais

Sucumba ao poder das palavras e não deixe nada por dizer.

Créditos de casamento Marta e Luís: Hotel da Montanha | Pedro Vilela | Wedding Stories | Emotions Media | Lounge Fotografia

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Mais informação sobre

Dê-nos a sua opinião

Não: 5 desculpas não tão credíveis assim que se usam para recusar um convite de casamento!
Não: 5 desculpas não tão credíveis assim que se usam para recusar um convite de casamento!
Estamos em Março. A Primavera está apenas ao virar da esquina. Começamos as primeiras dietas, as primeiras horas de treino no ginásio. Entregamos os primeiros convites e apaixona-mo-nos por aquele vestido de noiva... Infelizmente, às vezes, o processo da entrega dos convites, acaba por ser moroso e triste. Enquanto, espera-se, a grande maioria manifesta entusiasmo, outros focam-se mentalmente no catálogo de desculpas - que pensam ser bonitas, elegantes e credíveis - para evitar estarem presentes no casamento. No vosso casamento. Para vocês, deixa-mo-vos as 5 desculpas não tão credíveis assim e que se usam para recusar um convite de casamento!
Casar de havaianas! Para quem sonha trocar os votos à beira mar.
Casar de havaianas! Para quem sonha trocar os votos à beira mar.
Casar de havaianas! Para quem sonha trocar os votos à beira mar.
Silêncio que se vai falar de fado… E de votos matrimoniais!
Silêncio que se vai falar de fado… E de votos matrimoniais!
Julho celebra o nascimento de um dos maiores ícones portugueses – Amália Rodrigues. Não quisemos deixar passar a data em branco e fomos procurar nas palavras da diva inspiração para escrever os seus votos.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Quer divulgar a sua empresa na Zankyou?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação