Como organizar uma despedida de solteira em cinco passos

Antes de enfrentar este jogo complicado, é necessário lembrar que este texto é destinado exclusivamente para si, que é amiga da noiva. Leia-o até ao fim, porque vai sentir-se muito mais descansada. Porquê? Porque você acaba de receber a notícia que a Joana, sua alma gémea (no plano da amizade) vai casar, portanto é melhor começar já a pensar na melhor forma da sua BFF (best friend forever) se despedir à grande da (boa) vida (livre) de solteira.

IVASHstudio
Foto: IVASHstudio

Como o peso da responsabilidade acaba de cair nos seus ombros, continue connosco e descubra como organizar uma festa de despedida de solteira original em cinco passos.

Passo 1. Definir a(s) Organizadora(s) da festa

Organizar uma festa de despedida de solteira não é uma brincadeira, nem um jogo de meninas, especialmente hoje que os estereótipos foram arquivados, ao ponto de as mulheres já organizarem planos muito semelhantes aos que só eram “permitidos” aos homens. Agora, até já se pondera uma despedida conjunta entre os géneros. Como vê, o assunto começou a ficar sério!

Foto: Shutterstock

Portanto, apesar do ímpeto inicial que se apodera das possíveis organizadoras da festa, aos poucos, estas apercebem-se da importância real da sua tarefa. E é nesse ponto que se vê quem são as amigas mais próximas da Joana. É possível que muitas “roam a corda” e arranjem maneira de se imiscuírem desta organização. Por sua vez, hão de aparecer algumas que fazem questão de se envolver, sem sequer conhecerem bem a futura esposa. Mas para facilitar a “coisa”, até pode ser que a noiva decida quem vai tomar as rédeas da situação. Aí, ninguém terá coragem de se meter, dizendo “não” ou impondo a sua presença. A partir do momento que se definir a ou as organizadoras da festa, começam a queimar-se etapas.

Aguiam Wedding Photography
Foto: Gloria Aguiam

As responsáveis eleitas deverão pensar de antemão no local (ou lugares) para celebrar a despedida, fazer uma lista de todos os contactos que se vão envolver no plano, como fornecedores – onde se pode incluir um wedding planner –, familiares e amigos, que devem ajudar e participar da festa. Mas até pode ser a noiva quem decide logo quem convidar para a sua despedida de solteira. Isso é positivo, porque as amigas podiam esquecer-se de algumas pessoas dos muitos círculos sociais que a noiva frequenta. Como tal, é essencial que lhe peça alguns desses nomes, ou que ela mesma os contacte. Depois, a Joana tem de “desaparecer” e não se meter em mais nada.

Foto: Shutterstock

Passo 2. Respeitar a opinião da noiva

Esta questão é muito mais importante do que você pensa. Não estamos a quer dizer que seja a noiva a tomar as decisões. Você tem é de a conhecer o suficiente para saber o que ela gosta, o que ela ama e o que ela odeia. Embora sejam as organizadoras quem digam o quê, onde e como fazer, não significa que ignorem a noiva, sua personalidade e opiniões.

Seja como for, a decisão final depende de si!

Photo by Katarzyna Grabowska on Unsplash

Passo 3. Fazer um brainstorming

Há imensa coisa que se pode fazer numa despedida de solteira. Só que a escolha depende muito do orçamento e do bom senso das participantes. Então, comece por juntar um grupo e faça um brainstorming que acabe por incidir na melhor opção em termos das preferências da noiva, do orçamento e da aceitação do grupo.

Aproveite estas (nossas) ideias, que já deve ter visto em muitos filmes, e adicione-lhes alguns ingredientes picantes. Vai ver que de uma destas formas a despedida de solteira da sua amiga vai ser um espetáculo!

Photo by Ben White on Unsplash

1. Viajar. Uma viagem é uma excelente opção. Há para todos os bolsos, dentro e fora do país. O importante é que seja longe de casa e num local que você saiba de antemão que a noiva gostava de ir, para se divertir ou relaxar! Pode ser um destino, propício à festa, com uma noite muito animada, ou mais calma, onde os passeios turísticos são o ponto forte. Sem falar nas belas e maravilhosas praias que deixam qualquer um zen. Você só tem de se pôr nos pés da Joana e imaginar o que ela gostaria.

2. Aventura. Esta opção é cada vez mais comum e pode ser complementada por um jantar e festa. Existem alguns desportos que são uma verdadeira aventura. É o caso do rafting, canoagem ou trekking, que podem ser feitos por toda agente. Já para as fãs da adrenalina dos desportos radicais, sugerimos paraquedismo, parapente ou bungee jumping. Você também pode organizar uma atividade poderosa e dispendiosa apenas para a noiva, mas sem forçá-la a fazer algo que ela odeia.

Photo by Artem Bali on Unsplash

3. Jogos. Para este tipo de comemoração, sugerimos os famosos Go-karts, paintball, laser tag e realidade virtual. Cabe a si decifrar o mais indicado.

4. Comida e bebida. Há também planos que envolvem comer e beber, mas não necessariamente no reino do hedonismo puro e simples. Jantares com um espetáculo, cursos de pastelaria ou degustações de vinho (ou cervejas artesanais) também tendem a triunfar.

5. Festa e espetáculos. Ir a uma discoteca (como é hábito) é sempre uma boa opção de divertimento. Não há nada como um local escuro, com bebidas à disposição e música alta, para despertar a exaltação da amizade entre todo o grupo. As limousines para as dirigir à disco também são uma boa ideia, cada vez mais adotada pelas mulheres, porque ajudam a aumentar a diversão. Por outro lado, sugerimos que você tente a sua sorte com mais eventos culturais, como monólogos, concertos, festivais de música, musicais ou jantares com espetáculos. O importante é que marque um plano original que possa arrebatar a sua amiga.

It's all about
Foto: It’s all about

6. Relaxamento e beleza. Um dos planos favoritos é “afinar a máquina” (corpo) em diferentes spas ou centros de beleza. Nestes lugares, você pode deixar a noiva bem relaxada antes de sua corrida nupcial final, e você também terá tempo para acompanhá-la nesta jornada “dura” em direção ao mais absoluto deleite. Sugerimos banhos de diferentes temperaturas, massagens, sessões de maquilhagem, cabeleireiro, manicura, pedicura, etc. Tudo o que for necessário para deixar a noiva como nova. Além disso, você pode completar esta “aventura” com sessões de meditação, yoga, pilates e outras modalidades mais vibrantes, mas igualmente relaxantes.

7. Andar de barco. Estão cada vez mais na moda as despedidas de solteira em alto mar. Imagine uma festa de arromba num iate. Claro que para isso tem de haver orçamento. Se houver, é de considerar esta opção com muito carinho. Neste caso, a celebração é viável em qualquer costa, tanto num país distante, como no da própria noiva. Seja onde for, o resultado é geralmente espetacular.

Tour & Boats
Tour & Boats

8. Festa nupcial ou chá de panela. Esta opção foge ao tradicional conceito de despedida (e isso às vezes funciona). Embora não seja uma escolha óbvia em todos os países, é um conceito de festa moderno que está a começar aos poucos a ser mais aceite. Com origem nos EUA, consiste numa reunião num lugar charmoso e bucólico, com decoração vintage, com todo o tipo de iguaria à disposição, música ambiente suave ou blues, jogos, histórias, risos…

9. Festa do pijama. Semelhante à nupcial, mas mais informal. É uma festa do pijama típica, com bebida, jogos de festa de despedida (ou não), segredos, fast food, num ambiente descontraído, de intimidade e confiança. O importante é que no fim acabem por adormecer todas juntas, de preferência na mesma sala e em colchões diferentes.

Aguiam Wedding Photography
Aguiam Wedding Photography

Passo 4. Definir um timming

Uma vez que o “onde” foi decidido, é necessário determinar quando. E aí a coordenação é fundamental, porque tudo deve ser estudado ao milímetro para que o Dia D seja perfeito.

Foto: Shutterstock

Primeiro, é importante lembrar que a Joana não sabe de nada. Ou melhor, sabe o dia da Grande festa (para que ela não faça outros planos). Depois, é importante determinar a hora em que tudo vai acontecer. O tempo para as partidas também deve ser determinado. Se você decidir algo, como “esquecer-se” dela num posto de gasolina, ou colocá-la num comboio para um local remoto, pense bem na hora e na estação, para que corra tudo como esquematizado, incluindo o posterior salvamento da “desgraçada”.

Quando terminarem com as partidas, é importante saber os horários de tudo que faz parte do dia: meios de transporte necessários (autocarros, comboios, aviões), atividades, pequeno-almoço, almoço, lanche ou jantar, acomodações, entretenimento, surpresas (limousines, fogos de artifício …) e, por fim, da festa propriamente dita.

Foto: Shutterstock

Passo 5. Lembre-se: conselho Zankyou

Há festas de despedida que acabam pior do que melhor. Para evitar isso, organize uma celebração para todos os gostos, que não deixe de lado as preferências da noiva, que não gere desconforto a nenhuma das presentes e que seja variada em termos de planos.

Outra dica importante refere-se à comunicação entre as participantes. Hoje, com os chats esta é muito simples, mas às vezes essa facilidade torna-se num verdadeiro pesadelo. Tente respeitar as organizadoras e seja prudente ao compartilhar informações. Não precisa conversar a qualquer hora! A responsável ou responsáveis pela festa devem apontar tudo. Para isso, seria útil colocarem numa folha de Excel os pagamentos que vão sendo feitos aos fornecedores, por exemplo.

Helder Couto Photo
Helder Couto Photo

E, não se esqueça: a noiva não paga!

Claro que no fim, quando já tiver tudo esquematizado, vai sentir um grande alívio e, ao mesmo tempo, ficar numa grande expetativa. Será que o dia será mesmo como você programou? E a noiva, vai gostar? Pois, esses são alguns dos pensamentos que lhe vão ocorrer, quando estiver tudo pronto. E durante a organização? Pois, saiba que há 10 emoções que viverá ao organizar uma despedida de solteira.

Veja ainda algumas sugestões de jogos para a despedida de solteira, com muita diversão, muita animação!

Se, por outro lado, você for a noiva, aceite estes dez conselhos para não dar cabo da sua despedida de solteira.

E para a ajudar na organização do casamento, 

descarregue também o nosso ebook

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Foto Shutterstock
10 conselhos para não dar cabo da sua despedida de solteira
Acima de tudo, divirta-se na sua despedida de solteira. Imponha as suas normas e depois deixe o resto nas mãos da sua amiga mais foliã... Mas responsável também!
Foto Luminous Photography
30 coisas às quais deverá dizer que SIM para ter uma despedida de solteira inesquecível!
Sim, a uma festa grande. E em grande! Pense como uma megalómana!
A despedida de solteira de Carmen Rodrigues de Almeida: um piquenique girly em tons de rosa num cenário idílico
A despedida de solteira de Carmen Rodrigues de Almeida: um piquenique girly em tons de rosa num cenário idílico
Carmen Rodrigues de Almeida concretizou o seu sonho de despedida de solteira e festejou o dia num piquenique com as suas amigas num cenário romântico.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação