Seis filmes sobre o Dia dos Namorados... De vários géneros e para todos os gostos

… E como hoje é o Dia dos Namorados, sugerimos que agarre o seu mais que tudo e que se aconchegue a ele, enquanto veem seis filmes sobre o dia dos namorados. Não, não são só comédias românticas. Pelo meio, há alguns dramas, e até animações. O melhor, é tirar a prova dos nove…

D.R.

On Valentine’s Day (1986), de Ken Harrison

Nem de propósito, o primeiro filme sugerido é um drama. Conta como o jovem casal, Horace e Elizabeth Robedeaux, fugiram no Dia dos Namorados, para se casarem, contra a vontade do pai dela. A história é passada nos Estados Unidos da América (EUA), e fala dos dramas dos amores não aceites, no início do século XX. O filme consiste numa adaptação ao cinema de uma peça, incluída num ciclo de nove, do dramaturgo e argumentista Horton Foote. Todas as peças são passadas no Texas, mais precisamente em Harrison, e falam de várias gerações da mesma família.

D.R.

A Charlie Brown Valentine (2002), de Bill Melendez

Mais uma exceção aos típicos filmes românticos de que estava à espera. Trata-se da primeira animação dos Peanuts, produzida após a morte do seu criador, Charles M. Schulz. Neste filme, Charlie Brown está com um dilema: como confessar o seu amor a uma menina ruiva e convidá-la para passar o Dia dos Namorados com ele? Por outro lado, Snoopy também tem um problemazinho, devido à sua condição de cão. É que vai haver uma festa dedicada a este dia, na escola, mas só deixam entrar crianças. E agora, será que arranja maneira de entrar?

Funny Valentine (2005), de Jeff Oppenheim

Queria uma comédia romântica? Então, sugerimos esta história divertida sobre Josh (Anthony Michael Hall), um argumentista que vai viver para Nova Iorque, em busca de sucesso e de amor. Só que ele tem consciência que precisa de ajuda para atingir esse objetivo. Surgem assim dois amigos, teoricamente especialistas em relações sentimentais. O pior é que quanto mais conselhos estes lhe dão, mais as coisas fogem de controlo, até que, no Dia dos Namorados, ele conhece uma bela mãe solteira. Será que ela vai dar-lhe esperanças ou já não quer mais nada a ver com o amor?

I Hate Valentine’s Day (2009), de Nia Vardalos

Neste filme, a florista Genevieve Gernier (Nia Vardalos) vê-se numa situação difícil de resolver internamente. É que tem uma regra de ouro, que vai começar a ter dificuldade de cumprir: ela não sai com um homem mais do que cinco vezes, para evitar envolver-se numa relação séria. Só que quando conhece o novo dono do restaurante vizinho da sua loja, a sua cabeça dá um nó e começa a por tudo em causa, até se deverá continuar a detestar o Dia dos Namorados. Nia Vardalos não só desempenha o papel principal, como realiza esta obra, cuja história se passa em Manhattan.

Valentine’s Day (2010), de Garry Marshall

Este filme é sobre as problemáticas amorosas das pessoas dos dias de hoje. É que o Dia dos Namorados está mesmo a chegar e isso obriga a uma série de coisas que nem todos estão preparados para enfrentar. Garry Marshall, o realizador de Pretty Woman, assina também esta trama passada, em Los Angeles, sobre vários homens e mulheres de diversas idades, proveniências sociais e profissões. Neste filme, há, por isso estrelas para todos os gostos e idades. Para começar, Julia Roberts, Bradley Cooper, Jessica BielJennifer Garner e Shirley MacLaine estão bem para si?

Obvious Child (2014), de Gillian Robespierre

Este filme indie é um misto de comédia com drama, que foge aos clichés típicos da data e do tema dos namorados. Conta a história de Donna (Jenny Slate), uma comediante de stand-up, que entra num turbilhão de situações inesperadas. O Dia dos Namorados é o que ela escolhe para fazer uma das coisas mais difíceis da sua vida. Tudo começa quando o seu namorado a troca por uma das suas amigas. Nessa mesma noite, Donna vai para a cama com Max, mas deixa-o na manhã seguinte sem se despedir ou deixar um contacto. Semanas depois, descobre que está grávida… O resto pode imaginar…

 

O Dia dos Namorados existe precisamente para as pessoas se libertarem da rotina e tomarem consciência que aqueles que mais importam podem estar a ser postos em segundo plano, sem querer, por motivos profissionais, egoístas ou apenas por distração. Evite que a sua vida amorosa perca o fulgor. Surpreenda o seu namorado no dia 14 de fevereiro e dê um boost à sua relação. Já agora, tome nota destas 8 dicas para que a rotina não durma com o vosso casamento: venham conhecê-las! Depois de se regalar com estes seis filmes, pense numa data para assistir a mais estes 10, da Netflix.

Dê-nos a sua opinião

Férias em casal + festival? Viva o amor... e a música!
Férias em casal + festival? Viva o amor... e a música!
Desfrute de umas férias ou lua-de-mel diferente com o seu parceiro, com amigos e uma boa dose de loucura. Há festivais para todos os gostos, onde se pode deixar levar...!
Não perca este "drama" tão divertido: seis mulheres levam o mesmo vestido ao mesmo casamento!
Não perca este "drama" tão divertido: seis mulheres levam o mesmo vestido ao mesmo casamento!
Um dos piores pesadelos de um casamento acabou por ser uma situação muito engraçada devido à "boa onda" das protagonistas
6 filmes de terror e românticos para ver com o seu amor
6 filmes de terror e românticos para ver com o seu amor
Esta noite é perfeita, tal como qualquer outra, para passar por momentos assustadores. Agarre-se à sua cara-metade e desfrute das mais variadas emoções, sempre com a adrenalina à flor da pele e muito, muito medo

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação