Seis filmes sobre o Dia dos Namorados... De vários géneros e para todos os gostos

Seis filmes sobre o Dia dos Namorados... De vários géneros e para todos os gostos

Após o Carnaval, o Dia dos Namorados. Duas datas que chamam ao divertimento e à comemoração. Agarre as serpentinas e aproveite para deitá-las ao seu amor, enquanto veem seis filmes sobre este dia. Que a chama da alegria esteja convosco...

  • Vida a Dois
  • Conselhos
  • Msn
  • Divertido
  • Romântico
  • Casal

… E como hoje é o Dia dos Namorados, sugerimos que agarre o seu mais que tudo e que se aconchegue a ele, enquanto veem seis filmes sobre o dia dos namorados. Não, não são só comédias românticas. Pelo meio, há alguns dramas e até animações. O melhor é tirar a prova dos nove…

guardar
D.R.

On Valentine’s Day (1986), de Ken Harrison

Nem de propósito, o primeiro filme sugerido é um drama. Conta como o jovem casal, Horace e Elizabeth Robedeaux, fugiram no Dia dos Namorados para se casarem, contra a vontade do pai dela. A história é passada nos Estados Unidos da América (EUA) e fala dos dramas dos amores não aceites, no início do século XX. O filme consiste numa adaptação ao cinema de uma peça, incluída num ciclo de nove, do dramaturgo e argumentista Horton Foote. Todas as peças são passadas no Texas, mais precisamente em Harrison, e falam de várias gerações da mesma família.

A Charlie Brown Valentine (2002), de Bill Melendez

Mais uma exceção aos típicos filmes românticos de que estava à espera. Trata-se da primeira animação dos Peanuts, produzida após a morte do seu criador, Charles M. Schulz. Neste filme, Charlie Brown está com um dilema: como confessar o seu amor a uma menina ruiva e convidá-la para passar o Dia dos Namorados com ele? Por outro lado, Snoopy também tem um problemazinho, devido à sua condição de cão. É que vai haver uma festa dedicada a este dia, na escola, mas só deixam entrar crianças. E agora, será que arranja maneira de entrar?

Funny Valentine (2005), de Jeff Oppenheim

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

Queria uma comédia romântica? Então, sugerimos esta história divertida sobre Josh (Anthony Michael Hall), um argumentista que vai viver para Nova Iorque, em busca de sucesso e de amor. Só que ele tem consciência que precisa de ajuda para atingir esse objetivo. Surgem assim dois amigos, teoricamente especialistas em relações sentimentais. O pior é que quanto mais conselhos estes lhe dão, mais as coisas fogem de controlo, até que, no Dia dos Namorados, ele conhece uma bela mãe solteira. Será que ela vai dar-lhe esperanças ou já não quer mais nada a ver com o amor?

I Hate Valentine’s Day (2009), de Nia Vardalos

Neste filme, a florista Genevieve Gernier (Nia Vardalos) vê-se numa situação difícil de resolver internamente. É que tem uma regra de ouro, que vai começar a ter dificuldade de cumprir: ela não sai com um homem mais do que cinco vezes, para evitar envolver-se numa relação séria. Só que quando conhece o novo dono do restaurante vizinho da sua loja, a sua cabeça dá um nó e começa a por tudo em causa, até se deverá continuar a detestar o Dia dos Namorados. Nia Vardalos não só desempenha o papel principal, como realiza esta obra, cuja história se passa em Manhattan.

Valentine’s Day (2010), de Garry Marshall

Este filme é sobre as problemáticas amorosas das pessoas dos dias de hoje. É que o Dia dos Namorados está mesmo a chegar e isso obriga a uma série de coisas que nem todos estão preparados para enfrentar. Garry Marshall, o realizador de Pretty Woman, assina também esta trama passada, em Los Angeles, sobre vários homens e mulheres de diversas idades, proveniências sociais e profissões. Neste filme, há, por isso estrelas para todos os gostos e idades. Para começar, Julia Roberts, Bradley Cooper, Jessica Biel, Jennifer Garner e Shirley MacLaine estão bem para si?

Obvious Child (2014), de Gillian Robespierre

Este filme indie é um misto de comédia com drama, que foge aos clichés típicos da data e do tema dos namorados. Conta a história de Donna (Jenny Slate), uma comediante de stand-up, que entra num turbilhão de situações inesperadas. O Dia dos Namorados é o que ela escolhe para fazer uma das coisas mais difíceis da sua vida. Tudo começa quando o seu namorado a troca por uma das suas amigas. Nessa mesma noite, Donna vai para a cama com Max, mas deixa-o na manhã seguinte sem se despedir ou deixar um contacto. Semanas depois, descobre que está grávida… O resto pode imaginar…

 

O Dia dos Namorados existe precisamente para as pessoas se libertarem da rotina e tomarem consciência que aqueles que mais importam podem estar a ser postos em segundo plano, sem querer, por motivos profissionais, egoístas ou apenas por distração. Evite que a sua vida amorosa perca o fulgor. Surpreenda o seu namorado no dia 14 de fevereiro e dê um boost à sua relação. Já agora, tome nota destas 8 dicas para que a rotina não durma com o vosso casamento: venham conhecê-las! Depois de se regalar com estes seis filmes, pense numa data para assistir a mais estes 10, da Netflix.

Dê-nos a sua opinião

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!