Something Borrowed: há nove anos a transformar casamentos fantásticos em realidade

Um casamento é motivo de festa. Tem de ser celebrado, tal como os noivos o imaginaram, no matter what! E isso é possível! Por mais rocambolesca que seja a forma como o casal idealizou casar, há sempre profissionais aptos a darem tudo para concretizar esse dia. É o caso da Something Borrowed, uma empresa de wedding planner por excelência, já que se mune de todas as suas “armas” para dar vida à celebração mais importante na vida de uma pessoa.

Em conversa com Teresa Perdigão, a fundadora da Something Borrowed, percebemos claramente a paixão na sua voz. Afinal, são nove anos à frente de um projeto, cujo objetivo é precisamente tirar sorrisos da cara dos noivos, surpreendendo-os com soluções realistas, mesmo em cenários ou circunstâncias só vistas em contos de fadas ou em histórias de ficção.

Fique para ler esta nossa conversa e renda-se às evidências

Quando e como surgiu o vosso projeto?

A Something Borrowed nasceu há quase 9 anos da vontade de fazer coisas novas. Eu tinha uma imensa paixão por eventos. Então, a possibilidade de poder trabalhar perto com cada casal e ajudar a escrever um pouco da sua história, num momento tão especial como o do casamento, foi o que me levou a atirar-me de cabeça neste projeto. Começámos devagarinho, como penso que faz sentido, e aos poucos foram os nossos casais que nos foram ajudando a definir o que queríamos mesmo fazer. Temo-nos cruzado com noivos verdadeiramente especiais e isso ajudou-nos a crescer e a procurar cada vez mais os pequenos detalhes que fazem as grandes diferenças.

Quais os serviços que oferecem?

Temos quatro serviços diferentes que basicamente variam consoante o grau de envolvimento que os noivos esperam de nós. Podemos ajudar apenas a delinear um plano e a sugerir equipas que os podem apoiar a tornar esse plano realidade ou podemos acompanhá-los de perto, desde o primeiro dia e, no fundo, assumir um planeamento e coordenação completos do casamento. Cada casal tem uma ideia do que quer para o seu dia e de de toda a preparação necessária desse dia. Da nossa parte, a flexibilidade é quase total e o que procuramos é encaixar-nos no plano dos noivos, de modo a que se sintam confortáveis connosco.

Something Borrowed. Foto: Piteira Photography
Something Borrowed. Foto: Piteira Photography

Qual é a vossa forma de trabalho?

Optámos desde o início por não ter propostas já prontas ou mesmo packs de casamentos. Sabemos que isso nos faz demorar um pouco mais a preparar uma primeira proposta, mas sabemos também que essa proposta inicial será já sempre um plano mais realista e aproximado do que os noivos nos pedem. Normalmente, começamos por agendar uma reunião – presencial, por Skype, Facetime ou através de qualquer outra plataforma tecnológica que nos ajude a estar um pouco mais próximos dos noivos com quem vamos reunir. Abordamos nessa primeira reunião um pouco da história do casal, as suas expectativas, as ideias e, claro, os detalhes mais práticos do evento. Depois disso, temos normalmente o que precisamos para desenhar um plano e esboçar uma primeira proposta de valores. Esta primeira proposta é enviada sob a forma de um simulador para que os noivos possam perceber um pouco até onde podem ir com o orçamento que definiram e funciona também para os ajudar a começar a estabelecer prioridades e a definir aquilo que para os dois será realmente importante daí para a frente.

Quais são os vossos principais objetivos na organização de um casamento?

Bom, a resposta parece simples, mas na verdade, estamos focadas em vários objetivos diferentes e todos eles fundamentais para que o casamento seja um sucesso:

  • Queremos que os noivos se sintam bem connosco, que confiem no nosso trabalho e que aproveitem ao máximo todos os meses que antecedem o casamento…
  • Queremos encontrar soluções para tornar cada ideia dos noivos realidade, por mais simples ou mais impossível que possa parecer…
  • Queremos tentar fazer tudo isto sem derrapagens orçamentais
  • E, claro, queremos que, no final, corra tudo como planeámos!

O que vos distingue da concorrência?

Costumamos dizer que acreditamos na concorrência saudável e não é da boca para fora. Acreditamos mesmo que somos bons profissionais e que nos obrigam a sermos cada vez melhores para não ficarmos para trás. Cada casal é diferente, portanto sabemos a escolha do wedding planner terá, em parte, a ver com motivos pessoais e com a empatia que os noivos tiverem (ou não) com este profissional. Penso que uma parte do sucesso se deve ao não tentarmos forçar a empatia… E quando esta acontece, sabemos que faremos uma excelente equipa com os nossos noivos. A outra parte vem provavelmente da transparência com que trabalhamos, não só a nível de orçamentos e valores, mas um pouco na forma como discutimos alternativas, apresentamos soluções e damos sugestões. Esta transparência reflete-se na confiança que os noivos acabam por depositar em nós e isso facilita e muito um bom trabalho. Finalmente, e fazendo justiça à expressão “last but not least”, não teríamos o sucesso que temos tido sem os noivos que corajosamente colocam nas nossas mãos um dia tão especial, sem as equipas que há anos ouvem as nossas ideias malucas e nunca nos dizem que não, e sem os excelentes profissionais sem os quais não conseguiríamos tirar nenhum casamento do papel.

Têm alguma parceria?

Temos parceiros, equipas em quem confiamos e cuja qualidade reconhecemos, porque já contamos vários anos de trabalhos em comum. Como a ideia foi desde sempre adaptarmo-nos aos que cada um dos nossos noivos procura, esta rede de parceiros tem vindo a crescer connosco e a solidificar-se.

Com que antecedência é que devem ser contactados?

A verdade é que se os noivos tiverem um espaço, uma equipa ou uma data específica em mente, o ideal é começarem a planear tudo com tempo, porque estaremos limitados pela disponibilidade dessas equipas. Da nossa parte, tentamos não nos agarrar muito a prazos. Já organizámos casamentos em três semanas e outros em quase dois anos. Não há uma regra. Vai do conforto dos noivos e do quanto eles estão abertos a sugestões.

Que conselhos podem dar aos noivos que começaram agora a organização do seu casamento?

Que se divirtam! Que aproveitem estes meses dos preparativos, porque também fazem parte da viagem! Que pensem na festa para eles – os vossos convidados vão adorar conhecer-vos um pouco melhor depois deste dia!

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Rui Teixeira Wedding Photography
O que há por detrás destas 13 superstições, relacionadas com o casamento? Nós contamos-vos tudo!
Hoje, aqui, na Zankyou Magazine, conta-mo-vos tudo o que está por detrás das 13 mais conhecidas superstições, relacionadas com o casamento... Não se atrevem a perdê-las de vista, pois não?
Foto: Thrall Photography
Decisões das quais se pode vir a arrepender depois do casamento
A organização de um casamento pode chegar a ser bastante complicada, deixar-vos desgastados e fazer com que tomem decisões das quais se podem vir a arrepender. Tenha em atenção a estes pontos e sinta-se tranquila.
Foto: Feel Creations - Wedding Photo & Film
E quando é preciso cancelar o casamento? O que fazer?
Ter de cancelar um casamento… Os motivos podem ser vários e podem até não estar necessariamente relacionados com o fim do relacionamento. Mas se assim for… o que fazer? Como é que se cancela um casamento?

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação