Fábio & Ingride: Um casamento inspirado num conto de fadas

  • 1love4everPhotography
  • 1love4everPhotography
  • 1love4everPhotography
  • 1love4everPhotography
  • 1love4everPhotography
  • 1love4everPhotography
  • 1love4everPhotography
  • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
    • 1love4everPhotography
  • [ALT] 19+

A Zankyou entrevistou a Lili Cherry que foi a responsável pela organização e de todos os preparativos do casamento da Ingride e do Fábio na Leziria do Tejo. O que mais surpreendeu Dalila? Foi a plena felicidade e alegria contagiante da noiva apesar de chover a “potes”.

Zankyou: Como conheceu a noiva e o planeamento do casamento?

Lili Cherry: O Casamento começou a ser planeado a sério no dia 20 de dezembro, foi o dia do pedido oficial de casamento. Recebi uma mensagem pelo Facebook da Ingride a mostrar-me o anel de noivado e com um sorriso de orelha a orelha, tenho essa foto guardada até hoje!

Zankyou: Quando é que acordaram que iria organizar o casamento destes noivos?

Lili Cherry: Trocámos mensagens até tarde nessa noite, agendámos uma reunião e alguns dias depois recebi os noivos no nosso escritório na Avenida da Liberdade, não hesitaram um segundo! Ela enfermeira e ele engenheiro informático reconheceram que tinham muitas questões sobre todo o processo do casamento, por isso escolheram-me para os ajudar.

Zankyou: Ficou satisfeita com a organização da cerimónia?

Lili Cherry: Feliz! Toda a organização decorreu sem grandes percalços, uma boa seleção de fornecedores adaptada às expectativas devidamente mensuradas em reuniões de wedding-coach faz toda diferença.

Existiram algumas dificuldades no dia do casamento? E alguns momentos marcantes?

Lili Cherry: O Casamento estava marcado para as 11h30m, às 9h00 chovia em Almeirim e às 10h00 quando a nossa equipa de assessoria chegou a casa dos pais da Ingride chovia muito. Os convidados já haviam começado a chegar e o tema de conversa era a chuva e o céu cinzento. Entrei no quarto e a Ingride já estava penteada, mas ainda a ser maquilhada pela minha sempre recomendada Sara Kruss. Mostrei-lhe o ramo de noiva e a Ingride até deu saltinhos de alegria, depois pergutou-me:
Já viu como chove lá fora?” – mas continuava a sorrir, indiferente a esse detalhe que ninguém podia alterar. Surpresa…entreguei o ramo que o Fábio pediu-me juntamente com uma carta, ela olhou-me e perguntou-me:
O Fábio escreveu uma carta para mim? A sério?” Começou a ler e desatou a chorar. Não é por acaso que quando há estas surpresas eu preparo tudo de forma a que a maquilhadora ainda esteja presente!

Zankyou: Pode contar-nos como foi a hora de vestir a noiva e os últimos momentos antes de seguir para a igreja?

Lili Cherry: Seguimos o timeline à risca, começamos a vestir a preceito a noiva, a mãe e a irmã já estavam prontas e 2 das 3 damas já haviam chegado.  Corta etiquetas puxa roda, ajeita, estica e quando falta só apertar os botões chamámos a mãe, a irmã e depois as madrinhas para a foto como se tivessem sido elas a fazer aquela tarefa nada simples vos garanto que nenhuma das assistentes pode estar maquilhada.
Eram 11h00 e agora chovia mesmo muito lá fora, fizemos algum registo ainda em casa com os avós, os pais e os convidados. Estes começaram a ser encaminhados para a Igreja, deixei a noiva linda e sorridente. Estava feliz  como assistente e segui para a Igreja. Cheguei à porta da igreja e a chuva já era torrencial.

Zankyou: Qual a decoração escolhida para a cerimónia na igreja?

Lili Cherry: A decoração foi idealizada e projectada de forma a valorizar a Igreja de estilo moderno, as cores escolhidas com aquele chão castanho em tons de terra, a acompanhar com os girassóis da noiva, as lanternas a ladear o corredor e os decorativos nos bancos. No ambão um Mega Linear na igreja moderna com decorativos modernos como manda as regras da Arte Floral.

Zankyou: O casamento decorreu nos horários previstos?

Lili Cherry:Tudo correu dentro dos horários e a cerimónia decorreu com mesmo muita chuva lá fora e algumas lágrimas lá dentro. Do noivo, pois a noiva continuava a sorrir feliz como eu nunca vi nenhuma noiva.

Zankyou: Inspirou-se em algum estilo para a decoração na Casa do Cadaval? E quais foram?

Lili Cherry: Na Casa do Cadaval a decoração foi o  mais  Nature possível, utilizámos troncos eucalipto vermelho cortados, velas de tom bege e nas abóboras, da produção regional, acoplei lateralmente um decorativo   com Rosas do Equador e outras flores de aspecto rústico mas inusitadas como as scabiosas e os algodoeiros. Na realidade para mim como flower designer o laranja das abóboras é um dos tons de castanho que usei nesta composição Nature brancos/verdes e castanhos, como manda a regra, eu gosto de seguir as regras, e é assim que fazemos Arte Floral.

Zankyou: O catering esteve à altura da organização e dentro do tempo previsto?

Lili Cherry: O casamento contou com 320 convidados um grupo grande, mas tudo estava preparado para decorrer com fluidez. E assim foi, o Catering Casca D’Óvo serviu a refeição em 2 horas, timing perfeito sem falhas e a comida estava como na degustação, os buffets eram fastos e bem apresentados.
O bolo chegou a horas, estive a decorar com uma foto dos noivos que tiramos com a Polaroid a fazer de topo de bolo, orquídeas oncidium e flores de algodoeiro.

Zankyou: Como foi a saída dos noivos?

Lili Cherry: Fizemos corredor de sparkling os noivos passaram por baixo, foi um momento mágico.

 Zankyou: Considera que a parceria com o Catering foi de sucesso?

Lili Cherry: O corte do bolo, o brinde, o discurso do noivo tudo decorreu como planeado, com o apoio do Catering e da eficaz chefe de Sala, Anabela, que nada fazia sem me consultar antes.

Zankyou: O que mais a marcou neste casamento?

Lili Cherry: Para mim deste casamento vou sempre recordar o Sorriso da Noiva durante todo dia, a felicidade a alegria dela era contagiante.

Fornecedores de Casamento:

Wedding Planner: Lili Cherry | Fotógrafo: 1Love4Ever Photography | Espaço: Casa Cadaval | Catering: Casca d’Ovo | Make-up: Sara Kruss

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação