Como guardar o vestido de noiva depois do grande dia? Nós contamo-vos tudo o que sabemos!

O vestido de noiva é uma das jóias mais preciosas de qualquer mulher… É o vestido de uma vida, aquele com o qual sonhámos desde pequeninas, enquanto nos deliciávamos com a Cinderela, a Bela Adormecida, a Branca de Neve e os 7 Anões e com um sem número de outras histórias de amores para sempre, que nos alimentaram a vontade, durante anos e anos a fio, de encontrar um príncipe encantado e de por fim, subir ao altar…

Estúdios Santa CruzSolicite informação sobre “Estúdios Santa Cruz”
Estúdios Santa Cruz

No entanto, qualquer conto de fadas pode transformar-se rapidamente num verdadeiro pesadelo: ao acordar – depois da grande festa! – todo ele é nódoas, todo ele é um botão fora de sítio, todo ele é um rasgão no tule… E agora?.. Bem, antes de mais, inspirem, expirem, respirem!.. Divertiram-se como se não houvesse um dia seguinte, certo? É tudo o que importa… E depois? Só vos resta lembrarem-se de cada um dos nossos conselhos!..
Hoje, aqui, na Zankyou Magazine, contamo-vos todos os truques: guardem o vosso vestido de noiva com o amor e o cuidado que ele merece! (E quando forem matar saudades dele… Sintam o toque do primeiro dia!)

Rui Teixeira Wedding PhotographySolicite informação sobre “Rui Teixeira Wedding Photography”
Rui Teixeira Wedding Photography

Passo 1

O primeiro passo é – e deixem-se lá de coisas vá, porque um vestido sujo é que dá azar! – entregá-lo nas mãos de uma lavandaria… Uma qualquer? Não senhor! Uma da vossa confiança!.. E não conhecendo nenhuma, não se acanhem: de certeza que a designer que o concebeu ou que a equipa do pronto-a-vestir que vos recebeu, tem na manga, a cartada certa!..
Qualquer mancha, não sendo tratada e limpa, em tempo útil, permanecerá para sempre!.. Duas alternativas? Perder o tempo necessário para lavá-lo à mão ou confiá-lo ao programa para peças delicadas – tendo sempre em conta o tipo de tecido e o tipo de vestido, claro! – da máquina de lavar roupa lá de casa… E depois?.. Bem, basta deixá-lo secar liberto, lindo e ao sol, evitando pendurá-lo!..

Imastudio fotografiaSolicite informação sobre “Imastudio fotografia”
Imastudio fotografia

Passo 2

Na hora de o guardar – longe da vista mas nunca longe do coração! – façam-no sem o passar a ferro ou, caso não suportem cá amarratodices, engomem-no ao de leve, suavemente, e nunca com uma temperatura daquelas que só são possíveis de sentir, no centro da terra!..
Já só vos falta escolher o mais bonito dos cabides… Ou será que?..

Filipe Santos - FotografiaSolicite informação sobre “Filipe Santos - Fotografia”
Filipe Santos – Fotografia

Passo 3

Sim, um cabide serve perfeitamente!.. A ideia é evitar ao máximo dos máximos, dobras que, mais tarde, um dia, sejam impossíveis de domar!..
No entanto, aqui entre nós, esta não é a única opção… Se tiverem um coração mole – como eu, admito! – escolham uma bonita caixa, um bonito papel de seda e voilá!
Outra opção prática e rápida é guardá-lo no porta-fatos que, normalmente, antes do grande dia, o envolve, no trajecto até casa ou, então, se tiverem essa facilidade, numa bolsa/embalagem hermeticamente fechada… Reduzido o tamanho, está pronto a ocupar o seu cantinho!

Hélder Couto PhotoSolicite informação sobre “Hélder Couto Photo”
Hélder Couto Photo

Passo 4
(Sim, ainda temos mais coisas para vos contar!)

Certifiquem-se que, qualquer que seja a vossa escolha para acomodar o “eleito”, o local onde ele permanecerá, é seco, fresco, sem humidade e… Escuro! Nada de sótãos, nada de caves, nada de arrecadações – sendo, por norma, locais mais escuros, não cumprem, por norma também, todos os outros requisitos! – até porque, já que ninguém nos ouve, garantimo-vos, muitas vão ser as vezes em que quererão… Dar uma espreitadinha só!
Por último, embora não sejamos fãs das velhinhas bolas de naftalina, a verdade é que um qualquer produto do género, pode prevenir que pequenos insectos e demais bicharia vão meter os narizes onde não são chamados!
Ah! E escusado será dizer que, pelo menos, uma vez por ano, convém que o façam sair do armário!.. Assim, poderão, de facto, atestar que continua cheirosinho e em perfeito estado… Terão o vosso vestido de noiva, para toda a eternidade!

Momento CativoSolicite informação sobre “Momento Cativo”
Momento Cativo

E então? O que acham das nossas dicas? Têm mais algumas que queiram acrescentar? Como sempre, aqui, na Zankyou Magazine, queremos saber tudo logo… Contem-nos tudo!

Contacte as empresas mencionadas na reportagem:

Gostou deste artigo? Partilhe

Dê-nos a sua opinião

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional, Zankyou ofrece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em mais de 19 países. Mais informação