Globos de Ouro 2018: o blackout, os protagonistas, os discursos, os looks & os prémios

“Com um simples vestido preto eu nunca me comprometo” poderia ser a frase dos Globos de Ouro deste ano, se não fosse o fato de o preto, neste caso, ser efetivamente um comprometimento de quem o usou com uma causa: o protesto contra os assédios sexuais na indústria do cinema e a desigualdade de género.

Big Little Lies – Prémio de Melhor Série. Foto via Instagram

Nomeados e convidados usaram crachás a dizerem “Time’s Up [o tempo acabou]” e vestiram-se de preto em homenagem a todas as mulheres que, nos últimos meses do ano, decidiram quebrar o silêncio e partilhar as suas histórias de assédio e abuso sexual em Hollywood. Por seu turno, ao longo da cerimónia, foram vários os vencedores que chamaram a atenção para a importância de dar voz a quem geralmente não a tem, tendo-se destacado o poderoso discurso de Oprah, a primeira negra a receber o prémio carreira Cecil B. DeMille, fato e importância que ela fez também questão de salientar.

Oprah – Foto via Instagram

Oprah emocionou a plateia, que a aplaudiu de pé, com o seu apelo à verdade, à liberdade e, acima de tudo, à esperança de um mundo melhor, um novo “amanhecer”, sem “homens brutalmente poderosos” e “onde nenhuma mulher terá de dizer novamente ‘eu também’ (#metoo). 

Num intenso discurso marcado também por recordações de infância, a famosa apresentadora demonstrou gratidão perante todas as mulheres que “tiveram força suficiente para contar as suas histórias” e que “aguentaram anos de abusos e maus tratos porque, tal como a minha mãe, tinham filhos para alimentar, contas para pagar e sonhos para realizar”.

Cada uma de vocês estão aqui a celebrar por causa das histórias que contamos e este ano nós tornámo-nos a história”, disse, continuando:“Durante demasiado tempo, as mulheres não foram ouvidas e eram desacreditadas se ousassem dizer a verdade contra o poder desses homens. Mas o tempo deles acabou.”

Oprah sublinhou ainda que “dizer a verdade é a ferramenta mais poderosa que todos temos, agradecendo a todos os homens presentes que se juntaram a este protesto.

Blackout cheio de estilo

O preto foi uma das vozes do protesto, mas não impediu que as estrelas brilhassem na passadeira vermelha, destacando-se algumas tendências como os decotes off the shoulders e ilusão (transparências de renda ou tule fino), a manga comprida, os brilhos, modelos assimétricos, capas e até smokings ao estilo masculino. Na nossa galeria com os visuais dos Globos de Ouro 2018 poderá ver os diferentes modelos escolhidos por elas & por eles para para o grande evento e decidir qual o grande vencedor. Nós já decidimos quais foram os nossos favoritos, as escolhas “assim, assim” e as piores.

Os melhores

Penelope Cruz fez uma escolha segura mas certeira, assinada por Ralph & Russo, optando por um vestido off the shoulders com rendas e transparências, dupla saia com uma cauda.

Penelope Cruz. Créditos: Cordon Press

Adorámos também a escolha de Nicole Kidman, que brilhou num vestido com rendas, brilhos e transparências e uma saia com corte sereia com cauda.

Nicole Kidman. Créditos: Cordon Press

Também gostámos do vestido de Reese Witherspoon de decote assimétrico e corte de sereia, com uma pequena cauda. Clássico, simples, mas muito bonito.

Reese Witherspoon | Foto Twitter Golden Globes
Reese Witherspoon. Créditos: Cordon Press

Também elegantes estavam Diane Kruger (Prada),  Emma Stone, Alison Brie, Kristin Cavallari, Alison Janney, Christina Hendricks, Meryl Streep, Claire Foy, Katherine Langford, Yvonne Strahovski, Greta Gerwig, Giuliana Rancic Jennifer Aniston que, contudo, não passou pela red carpet, tendo surgido apenas em palco para apresentar um prémio.

Sem grande tcham, estavam também muito bem vestidas Alison Brie, Jessica Chastain, Dove Cameron, Kristin Cavallari, Emilia Clarke (Miu Miu), Zoe Kravitz, Naomi Campbell, Rachel Brosnahan, Kerry Washington, Dakota Johnson, Roseanne Barr, 

Emma Stone | Foto via Instagram Golden Globes
Christina Hendricks | Foto via Instagram Golden Globes
Rachel Brosnahan | Foto via Instagram Golden Globes

Não consensuais

Entre os modelos não consensuais gostámos do de Angelina Jolie, que optou por um look glamouroso de plumas e transparência do Atelier Versage.

Angelina Jolie. Créditos: Cordon Press

A nossa primeira dúvida recai sobre a escolha de Catherine Zeta-Jones, que usou um longo vestido com bordados e transparências de Zuhair Murad Alta Costura. Um modelo que lhe assentava bem e que revelava a boa forma física da atriz, mas que talvez tenha deixado demasiada pele à mostra.

Catherine Zeta-Jones. Créditos: Cordon Press

Já em relação a Kendall Jenner, que curiosamente foi considerada uma das mais bem vestidas da noite – com um mullet dress da coleção de alta-costura do estilista Giambattista – não nos convenceu….

Kendall Jenner. Créditos: Cordon Press

Na dúvida deixaram-nos ainda os modelos escolhidos por Alexis Bledel, Alicia Vikander, Gal Gadot, Mandy Moore, Margot Robbie, Michelle Pfeiffer, Elisabeth Moss, Natalie Portman (Christian Dior), Saoirse Ronan, Laura Dern, Michelle Williams, Tracee Ellis Ross, Mariah Carey, Mary J. Blige, Ashley Judd, Geena Davis, Lily James (demasiados folhos), Millie Bobby Brown, Alessandra Mastronardi, Alice Englert, Kelly Clarkson, Samira Wiley, Sarah Paulson, Abbie Cornish.

Elisabeth Moss | Foto via Instagram Golden Globes

Os piores

Nos piores incluimos Heidi Klum, que para o evento escolheu um vestido assimétrico e plumas de Ashi Studio. Sinceramente, não percebemos muito bem este vestido…

Heidi Klum. Créditos: Cordon Press

Kate Hudson, com o corte de cabelo da moda, não poupou no decote e nas transparências, optando por uma peça de Valentino. Que, para nós, não é muito bonito.

Kate Hudson. Créditos: Cordon Press

Com 51 anos Halle Berry quis mostrar que está em excelente forma física, pelo que escolheu um modelo bastante decotado, transparente e com minissaia. Na nossa opinião, uma escolha infeliz.

#TIMESUP #GoldenGlobes

A post shared by Halle Berry (@halleberry) on

Por fim, apesar de ser a “cara” de Sarah Jessica Parker (só ela mesmo para o usar), este vestido não convence – de todo!

Outros visuais que também não nos convenceram foram os de Allison Sudol (o que é isto?), Simone G. Johnson, Jamie Chung, Debra Messing, Emma Watson, Shailene Woodley, Susan SarandonCaitriona Balfe (Chanel), Salma Hayek, Sadie Sink, Amanda Peet e Issa Rae.

Debra Messing | Foto via Instagram Golden Globes

Quem não foi de preto

Três mulheres quebraram o dress code dos Globos de Ouro.  A primeira a dar nas vistas foi Blanca Blanco, que surgiu com um vestido vermelho muito revelador, com uma racha enorme. A atriz é conhecida pelos seus modelos extravagantes, mas desta vez a sua extravagância sobressaiu ainda mais. Criticada pelo silêncio relativamente ao fato de ter fugido do tom dominante, a atriz já veio às redes sociais manifestar-se. “O problema é maior do que a cor do meu vestido”, escreveu, acompanhando a frase com a hashtag #TIMESUP, o nome do movimento contra o assédio sexual e pela igualdade de género em Hollywood.

Blanca Blanco | Foto Instagram
Blanca Blanco | Foto Instagram

Quem também surgiu com um modelo colorido foi a modelo alemã Barbara Meier, que foi de cor-de-rosa e lilás à gala onde todos vestiram de preto. Um modelo com muitas flores, tecido transparente e farripas, que tornavam o look demasiado confuso. Nem solidária, nem com bom gosto (e o mesmo se pode dizer da anterior).

Barbara Meier | Foto Gtres via Diez Minutos

De qualquer forma, na sua conta de Instagram, Barbara antecipou os comentários e justificou a opção através de uma longa publicação. “Se queremos que esta cerimónia seja das mulheres fortes que defendem os seus direitos, então eu acho que é o caminho errado não vestirmos roupa sexy ou deixar que as pessoas levem o nosso prazer de mostrar a nossa personalidade através da moda”, justifica, mostrando-se solidária com a causa mas não com a forma encontrada para apoiá-la. “Não devemos ter de usar preto para sermos levadas a sério. As americanas devem brilhar e ter cor. Tal como faz parte da nossa natureza. Na minha opinião, isso simboliza a nossa liberdade e a nossa nova força”, acrescenta ainda.

Viele Frauen werden heute im Zuge der Time‘s Up Bewegung auf dem Roten Teppich schwarz tragen. Ich finde diese Initiative im Allgemeinen super und extrem wichtig. Trotzdem habe ich mich entscheiden, heute ein buntes Kleid zu tragen. Wenn wir wollen, dass heute die Golden Globes der starken Frauen sind, die für ihre Rechte kämpfen, ist es in meinen Augen der falsche Weg, sich nicht mehr körperbetont anzuziehen und uns die Freude am Ausdruck unserer Persönlichkeit durch Mode zu nehmen. Wir haben uns diese Freiheit lange erkämpft, dass wir tragen können, was wir möchten und es auch in Ordnung ist, sich sexy zu kleiden. Wenn wir das einschränken, weil sich einige Männer nicht unter Kontrolle haben, ist das in meinen Augen ein Rückschritt. Wir sollten nicht schwarz tragen müssen, um ernstgenommen zu werden. Wir Frauen sollten strahlen, farbenfroh sein und funkeln. So wie es in unserer Natur liegt! Das symbolisiert in meinen Augen unsere Freiheit und neue Stärke. Um das aber dennoch nochmal klar zu sagen: Viele schreckliche Dinge sind passiert und dürfen sich nie wieder wiederholen! Und wir sollten das immer wieder und direkt ansprechen und aufklären! Ich freue mich auf starke und inspirierende Reden heute Abend! (c) @gettyentertainment — A lot of women will wear black tonight to support the time‘s up movement! I think this is a great and extremely important initiative! Nevertheless I decided to wear a colorful dress tonight. If we want this to be the Golden globes of the strong women who stand up for their rights, I think, it’s the wrong way not to wear any sexy clothes anymore or let people take away our joy of showing our personality through fashion. We were fighting a long time for the freedom to wear what we want to and that it is also ok, to dress up a little more sexy. If we now restrict this, because some men can’t control themselves, this is a huge step back in my opinion. We should not have to wear black to be taken serious. US women should shine, be colorful and sparkle. Just like it is our nature. In my opinion this symbolizes our freedom and our new strength. But to make clear: A lot of bad things happened and should never happen again!!!

A post shared by Barbara Meier (@barbarameier) on

Entretanto, o trio das “ovelhas fora do rebanho” (que, ironicamente, aqui não são “ovelhas negras”) fica completo com Meher Tetna, atriz, produtora e presidente da The Hollywood Foreign Press Association, a entidade que organiza os Globos de Ouro. Meher usou um vestido e um casaco vermelhos, com motivos florais, mas explicou ali mesmo, na passadeira vermelha, o motivo da sua escolha: “É uma questão cultural, quando estás numa celebração não usas preto”. 

A jornalista indiana mostrou o seu apoio à causa usando o crachá do movimento Time’s Up e, quando subiu ao palco, durante a cerimónia.

Meher Tatna | Foto via Sic Notícias

De salientar um dos poucos toques de cor do evento, mas desta feita com muito bom gosto (e o preto estava l!): nós gostámos da originalidade de Allison Williams, que optou por um desenho strapless  de Giorgio Armani Privé, com saia preta e print geométrio em laranja e cinzento.

Allison Williams | Foto via revista Hola

Os casais

Viola Davis & Julius TennonSteve & Nancy Carell, Kevin Bacon & Kyra Sedgwick foram alguns dos casais que deram brilho à gala dos Globos de Ouro, mas nós adorámos o casal Justin Timberlake & Jessica Biel. Com um olhar nitidamente apaixonado na passadeira vermelha, o cantor chegou mesmo a fazer um elogio à mulher no Instagram, antes de  a pisarem juntos.

Here we come!! And DAMN, my wife is hot! #TIMESUP #whywewearblack

A post shared by Justin Timberlake (@justintimberlake) on

Através de uma selfie, o cantor escreve: “Aqui estamos! E, caramba, a minha mulher está fantástica (hot)!” E nós concordamos! Jessica, que brilhou num vestido com jogo de transparências e decote coração de Christian Dior Alta Costura, está na nossa lista das mais bonitas.

Jessica Biel e Justin Timberlake | Foto via revista Hola

As grávidas

Ainda não sabemos muito bem se a escolha de Eva Longoria foi a ideal para os seus cinco meses de gravidez. A atriz de ‘Donas de Casa Desesperadas’ pisou a red carpet com um vestido preto decotado, que mostrava bem a barriguinha. Uma coisa é certa: estava radiante e visivelmente feliz!

Também grávida está a atriz America Ferrera, que não fez a melhor escolha quando optou por vestir aquele casaco para os Globos de Ouro.

Os prémios

A noite negra dos Globos de Ouro foi mesmo das mulheres. Quando olhamos para os números da 75ª edição vemos que as produções mais premiadas – tanto do cinema, como da televisão – são protagonizadas por mulheres, nomeadamente Three Billboards Outside Ebbing, Missouri – por Frances McDormand que levou para casa o prémio de Melhor Atriz e Big Little Lies, mini série que conta com Reese Witherspoon como uma das produtoras executivas e que ganhou os galardões de Melhor Mini-Série, Melhor Atriz numa mini-série (Nicole Kidman), Melhor Ator Secundário (Alexander Skarsgar) e Melhor Atriz Secundária (Laura Dern). Também The Handmaid’s Tale e The Marvelous Mrs. Maisel têm mulheres nos papéis principais e receberam dois galardões cada uma.

Veja quem foram todos os vencedores no site oficial dos Golden Globes.

E talvez também lhe interesse:

Mais informação sobre

Dê-nos a sua opinião

Real Madrid's James Rodriguez of Colombia (R) arrives with wife Daniela Ospina for the FIFA Ballon d'Or 2014 soccer awards ceremony at the Kongresshaus in Zurich January 12, 2015. REUTERS/Ruben Sprich (SWITZERLAND  - Tags: SPORT SOCCER)  CODE: X00265

Famosos asistiendo a la Ceremonia del Balon de Oro en Zurich
50/cordon press
James Rodríguez, ex-jogador do Real Madrid, está separado! Conheça todos os detalhes!
O casamento mais querido de Colômbia chega ao fim, após a definição do futuro profissional do jogador no Bayern de Munique.
Carlos Gil. Fotografia: Gonçalo Claro.
Os 4 estilistas nomeados para os Globos de Ouro: brilhe com uma das suas peças no seu próximo evento!
Faltam poucos dias para a tão esperada gala dos Globos de Ouro. Por isso, venha conhecer os 4 estilistas portugueses nomeados para um Globo de Ouro na categoria da Moda!
Diana Nobre Fotografia
20 prendas que as mulheres desejam uma vez na vida
O artigo para ser o marido ideal! Se quer ser super romântico descubra os 20 presentes que qualquer mulher deseja receber uma vez na vida. Inspire-se nas nossas ideias. ¿A qué mujer no le gusta recibir un regalo inesperado? Descubre los 20 regalos que tu novia está deseando recibir y acierta de pleno.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação