Mónica e Timóteo: um amor abençoado por Deus e pela natureza

Mónica e Timóteo: um amor abençoado por Deus e pela natureza

Tal como as ondas, apresentadas neste filme de Timoteo Mendes Fotografia, o amor de Mónica e Timóteo flui de forma natural e tranquila...

  • Real Weddings
  • Aveiro
  • Videos

Tal como as ondas, apresentadas neste filme de Timoteo Mendes Fotografia, o amor de Mónica e Timóteo flui de forma natural e tranquila. Conheceram-se ainda ela era uma criança, mas o destino quis juntá-los anos mais tarde, para nunca mais se largarem. As imagens (no vídeo) deste casal de Albergaria-a-velha são a analogia perfeita do processo que os tornou num só. Como a natureza, o azul do céu e do mar representam a calma e a energia positiva que circula na sua essência de eternos enamorados.

guardar
Foto: Timóteo Mendes Fotografia

O casamento não tardaria a acontecer! Foi em setembro de 2017, dois anos depois do reencontro. E assim, no tempo perfeito para Deus, Mónica e Timóteo formalizaram o seu amor, aos olhos dos que lhes querem bem. Resta desejar que, tal como as árvores abanam, neste filme, ao tom do acaso, num silêncio acolhedor, Mónica e Timóteo mantenham a chama acesa do sentimento puro que os une. A fé que ambos partilham, de certeza que tudo fará para que continuem de mãos dadas, em direção a um futuro auspicioso. E, como qualquer história de amor tem um percurso feliz, o deles será ainda melhor. Afinal, foi escrita por Deus!

Se ficou curioso, entre connosco nesta conversa e saiba um pouco mais de Mónica e Timóteo e a forma hilariante com ele lhe fez o “pedido”…

guardar
Foto: Timóteo Mendes Fotografia

Como se conheceram?

Em 2003, num acampamento bíblico que acontece no Palhal. Conhecemo-nos numa semana infantil. Eu tinha dez e ele tinha 11 anos a mais que eu. Ele era monitor das crianças. Só nos começámos a relacionar 12 anos depois, no mesmo acampamento, só que desta vez os dois como monitores.

Quanto tempo depois surgiu o pedido de casamento?

O pedido surgiu 12 anos depois de começamos a namorar, já com a decisão de nos casarmos. Passado um ano e um mês, ele pediu-me, formalmente, em casamento.

Como foi o pedido?

Muito surpreendente e angustiante também! Era véspera de Natal. Já tinha jantado e estava à lareira. Ele envia-me um vídeo e eu não o quis ver. Insisti para ver no dia seguinte, pois já estava toldada pelo sono. Depois, a minha irmã aparece com o meu computador a dizer-me que eu tinha de ver o vídeo. Vi-o. Ele pedia-me em casamento de uma forma muito original, descrevendo com fotos o ano que tínhamos passado juntos. Envio-lhe uma mensagem a dizer que ele só podia receber uma resposta se tivesse comigo naquele momento. Ao que ele me responde: “Vem. Calça as tuas botas que estão na porta da cozinha.” No jardim tinha um círculo iluminado. Eu chego-me e não vejo ninguém. Passado pouco tempo ele aparece a perguntar porque ainda não tinha aberto o presente. Qual presente?! O “presente” tinha desaparecido do interior do círculo. Passámos mais de duas horas no breu da noite, com temperaturas negativas à procura do “presente”. Conclusão: o meu lindo cão tinha-me roubado o anel e fui dar com ele escondido perto de uma árvore. Junto ao anel tinha um lolipop de chocolate que eu nunca cheguei a ver a cor.

guardar
Foto: Timóteo Mendes Fotografia

Como descrevem a vossa história de amor?

Uma história de amor escrita por Deus. Ele nos deu um ao outro, e continua a dar-nos amor para nos amarmos e cuidarmos um do outro. Podem passar 12 anos ou mais, no tempo de Deus, as coisas acontecem.

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Timoteo Mendes Fotografia Fotógrafos e vídeo

Dê-nos a sua opinião

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!