27

Descrição

Somos a Ana e o Rui, fotógrafos profissionais! A Ana há cerca de uma eternidade, ainda da era analógica, o Rui veio para a profissão já na era digital! Somos sempre os dois no vosso casamento, desde o Making-of, com a Ana na casa da noiva e o Rui na casa do noivo, até nos mandarem embora. Gostamos da dinâmica dois fotógrafos, duas visões, dois olhares, duas técnicas, não nos sobrepomos, completamo-nos. Enriquece o resultado final e facilita o trabalho no local. Damo-nos bem, somos bem dispostos, gostamos de bons amigos, boas gargalhadas e de aproveitar a vida!

Gostamos de fotografar casamentos! Gostamos muito! Não é apenas um trabalho, é fazer parte de um dia repleto de emoções.

A nossa missão?
Retratar todas as emoções. Levar a quem não esteve presente a sensação de ter estado.

O nosso estilo?

Fotoreportagem. Gostamos de pormenores, lágrimas e risos, sapatos, relógios, o cão e o gato, a mãe apressada, o pai nervoso a fingir que não está, as amigas lindas e mais nervosas do que a noiva, os amigos a gargalhar... Gostamos mesmo do que fazemos!

Detalhes

  • Preço médio
  • Gama de preços do serviço

    Preço médio
  • A partir de que preço pode contratar-se a cobertura fotográfica?

    1000€
  • Que serviços oferece?

    Fotografia
  • Qual o estilo de fotografia que faz?

    Fotojornalismo
  • Quais são as condições de pagamento?

    30% com a adjudicação 35% até 1 mês antes do casamento 35% com a entrega do trabalho
  • É necessário marcação prévia?

    Necessita de marcação prévia
  • Cobram deslocações?

    Possíveis gastos de deslocação
  • O que distingue o seu serviço da concorrência?

    Somos sempre os dois em todos os eventos. E isso tem sido a nossa maior vantagem. Não somos um fotógrafo e um assistente. Somos sempre dois fotógrafos, com dois olhares diferentes sobre o mesmo assunto. Ficamos maravilhados com a diferença de olhares que existe entre nós os dois, percebemos o quanto redutor pode ser um de nós não estar presente. Conhecemo-nos bem! Sabemos sempre com o que podemos contar. Conseguimos ter o mesmo momento de duas perspectivas diferentes. Apanhamos mais momentos. O profissionalismo. Sem falsas modéstias, somos profissionais! E somo-lo desde o primeiro contacto. Ajustamo-nos, damos respostas, somos céleres, correctos, sabemos muito bem do que falamos, não nos comprometemos com o que não conhecemos ou não sabemos fazer. O que fazemos, fazemos bem. O que não sabemos ou não queremos fazer, não fazemos e dizêmo-lo. Não queremos gorar expectativas, preferimos perder o cliente a comprometermo-nos com o que não fazemos. O nosso passado profissional. Contactámos com muitas pessoas, conhecemos muitas realidades. Trabalhámos sempre em “contra-relógio”. Em consultoria é tudo para ontem. Estamos habituados à pressão.

Comentários (14)

Já utililizou? Deixe a sua opinião

5.0 14 opiniões
Utilizei este serviço no meu casamento

Ótimos profissionais, ficamos muito felizes com o atendimento e profissionalismo, excelente escolha para o nosso casamento, recomendo! 

Notificar abuso
Utilizei este serviço no meu casamento

O Rui e a Ana são fotografos únicos e o que os distingue dos restantes fotografos é sem dúvida a sensibilidade. Não estão ali para captar o momento mas para eternizar momentos únicos, detalhes que a outros passam despercebidos ... um sorriso, um abraço, um olhar. Não são intrusivos muito pelo contrario, passam praticamente despercebidos, quase que camuflados =) mas estão sempre no sitio certo à hora certa. 

Recomendo sem qualquer hesitação, pois para além de profissionais exemplares, são pessoas encantadoras e maravilhosas.

Notificar abuso
Utilizei este serviço no meu casamento

A Ana e o Rui foram uma aposta ganha na escolha para registar o nosso dia de casamento. Estão sempre disponíveis e respondem de forma rápida e pronta a todos os e-mails. São profissionais de excelência e o resultado é exatamente aquilo que procurávamos: fotos bonitas, naturais e que captaram na perfeição a essência do nosso dia. A Ana e o Rui são mais do que simples fotógrafos de casamento, são amigos que levamos connosco, porque a empatia deles tornou tudo mais fácil.

Notificar abuso
Utilizei este serviço no meu casamento

Recomendamos sem hesitar! Desde a primeira reunião, profissionais, simpáticos e acessíveis. Foi facil ficar à vontade com eles e partilhar as nossas preocupações e dúvidas no que diz respeito à reportagem fotografica do casamento. O trabalho deles superou as nossas expectativas. Ainda bem que os escolhemos para eternizarem um dos dias mais felizes das nossas vidas. Ana Rita e Filipe

Notificar abuso
Utilizei este serviço no meu casamento

Conseguiram captar na perfeição todos os momentos do nosso dia, sem nós e os convidados darmos por eles! Muito acessiveis e flexiveis em adaptar-se a todos os nossos pedidos! Profissionalismo e simpatia do inicio ao fim do dia! E o resultado das fotografias excedeu as nossas expectativas! Recomendamos! 

Notificar abuso

Conteúdos editoriais

Alguns dos melhores Fotógrafos de Casamento em Lisboa
Alguns dos melhores Fotógrafos de Casamento em Lisboa
As melhores fotografias espontâneas. Quando eles são apanhados desprevenidos.
As melhores fotografias espontâneas. Quando eles são apanhados desprevenidos.
AhHA! Photos
AhHa! Photos: Ana & Rui uma dupla de fotógrafos de casamento com uma essência única!
ahHa! Photos!
Ana & Celso: Um pedido invulgar mas muito romântico!
Photo by rawpixel.com on Unsplash
Carta ao Pai Natal: 5 Presentes que todos os casais merecem receber
Truques para a fotografia de casamento perfeita: pose, postura e dicas
Truques para a fotografia de casamento perfeita: pose, postura e dicas
Foto: AhHA! Photos
Razões pelas quais deveria casar-se a uma sexta-feira: os 10 conselhos!
TFY Weddings
8 superstições de casamento que pode ignorar
Como combinar o vestido de noiva com o fato do noivo em 5 passos
Como combinar o vestido de noiva com o fato do noivo em 5 passos
Foto: Mitt
Estes são os 5 grandes erros no pedido de casamento. Evite todos eles!

Moradas de AhHA! Photos em Lisboa:

Lisboa +351 968069035
  • #Preço médio
  • #Fotografia
  • #Fotojornalismo