Noivo de calções: quando ele não se deixa levar pelo fato e pela gravata!

Noivos de Portugal, hoje as minhas palavras são para vocês! Nada temam!

Solicite informação sobre “Momento Cativo”
Momento Cativo
Solicite informação sobre “Momento Cativo”
Momento Cativo

“A felicidade encontra-se em momentos como este” – e o noivo, o Cristiano, é o protagonista da história de hoje. Eu e a noiva, a Andreia, conhece-mo-nos pelas andanças do Universo dos casamentos – um Universo em constante movimento, eu garanto. Sempre soube que ela estaria lindíssima, o respectivo marido, claramente, também e depois bum! Além do casal lindíssimo, a deliciosa surpresa! Um noivo de calções, M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O! (Cristiano, perdoa-me mas apesar de tudo, o meu marido continua a ser o noivo mais bonito e o marido mais bonito!..)

Voltando aos calções, a verdade é que eu não resisti! Eu tive de perceber o que levara o Cristiano a tomar uma posição deste género e principalmente o tipo de peripécias que certamente encontrou pelo caminho. Uma experiência relatada pela Andreia, que fará as vossas delícias!

Solicite informação sobre “Momento Cativo”
Foto: Momento Cativo
Solicite informação sobre “Momento Cativo”
Foto: Momento Cativo

“Um mês e meio antes do casamento, o noivo tinha já escolhido um fato – o tradicional fato preto, camisa branca e papillon. Nunca tive intenção de ver o fato do Cristiano. Queria sentir a emoção de o ver pela primeira vez, assim como ele por certo sentiria, quando me visse. Sempre que lhe perguntava qualquer coisa sobre o fato… Bem, quando fomos à procura do sapato perfeito, fui com ele e com a minha sogra. Ele experimentou-o mas era apenas um fato… Aquele fato que supostamente qualquer noivo veste quando casa. Ele sempre disse que um dia, quando casasse, casaria de calções e havaianas! Recordei-o disso – não das havaianas – e aí, aí sim, começou a nossa saga!.. O tipo de sapatos que queríamos não combinavam naquele tecido e aquelas calças pretas… Mesmo que mandássemos cortar, iriam ser sempre uns calções demasiado clássicos.

Encontrados os sapatos, a demanda tornou-se na verdadeira caça ao tesouro: um novo fato. E nunca, nunca pensamos que seria tão difícil! Na loja, onde inicialmente o Cristiano comprou o fato, quando dissemos que queríamos trocar para um fato de calção, perguntaram-nos se estávamos a gozar!.. Dirigi-mo-nos a mais lojas, e quando falávamos em fato de noivo de calção, sentia-mo-nos E.T.’s. Em todas, existiam calções sim. Diferentes dos casacos!

Numa das últimas lojas que visitamos, disseram-nos que isso era demasiado para Portugal. Coisa de desfile. Cá não havia. Só se fosse na Zara, já que afinal modas e modernices são com eles. E assim, acabamos nós na Zara. E mais uma vez fomos confrontados com um calção e um blazer diferente – disseram que nunca tiveram lá algo que fosse igual, dentro do género!

Então, o Cristiano, viu um fato no manequim, gostou dele. Vestimos, calçamos os sapatos… Subimos uma das pernas da calça e estava top! Nessa altura percebemos que era das poucas alternativas que tínhamos e principalmente a mais rápida – estávamos a um mês e pouco do casamento! Chamamos uma das funcionárias e pedimos para cortar a calça em calção. Dois colegas, medidas, ajustes. De cada vez que voltávamos, levantava-se um sururu! O noivo de calções!..

Tivemos que ir lá três vezes – o arranjo não estava feito, outro arranjo, a procura das calças (sim, as calças!)… Falamos com o padre que iria celebrar o nosso casamento, e ele achou por bem, que o noivo deveria usar umas calças. A paróquia não era a dele, logo, terceiros poderiam entender tal como um desrespeito.

Solicite informação sobre “Momento Cativo”
Foto: Momento Cativo
Solicite informação sobre “Momento Cativo”
Foto: Momento Cativo

Do fato inicial, mantivemos a camisa. E agora sim, assim sim! O meu noivo estava pronto para casar!

No carro, estavam escondidos os calções e a caminho do copo-de-água, sob a protecção do tule do meu vestido, o Cristiano passou a ser o noivo que sempre sonhou ser. Foi super engraçada a reacção dos nossos convidados! Do género… Eu acho que vi o noivo de calças!.. Foi preciso chegar aos 60 anos para ver um noivo de calções!

Esta foi uma das melhores decisões que tomamos: não ceder a pressões e seguir o nosso estilo.”

Depois de lerem o testemunho do Cristiano e da Andreia – fez as vossas delícias ou não? Tudo está bem, quando acaba bem!.. – eu disse que as palavras eram para os meus noivos não disse? Bem, são mesmo!.. Vocês não são uma maioria. Vocês são vocês, na vossa individualidade, na vossa personalidade. O poder de decisão é vosso! O poder de serem quem são!

E não pensem que o Cristiano é um exemplo único! Porque não é! Querem ver?

Beck Rocchi Photography
Dan O’Day
Joielala Photographie
Solicite informação sobre “Matilde Berk”
Matilde Berk
Pete Cranston Photography

Depois destes claros exemplos de charme, minhas queridas noivas, mesmo que eles queiram casar de havaianas, dêem-lhes a mão e sigam-nos. Um noivo bonito é aquele que se sente feliz no seu próprio papel e não naquele que alguém desenhou para ele!..

E por último, apesar da, de certa forma, algo infeliz experiência do Cristiano e da Andreia, a Zankyou Magazine confia inteiramente nos seus recomendados, e de reconhecido valor, profissionais. Vivam os noivos de passerelle com a Prassa – Noivos, a Isabel Ribeiro Atelier – Noivos, a Byagio – Alfaiataria, a Noivos e Sportswear e a Antoniu’s!

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Mais informação sobre

Comentários (4)

Dê-nos a sua opinião

Atelier Maquilh’Arte: pela beleza real!
Atelier Maquilh’Arte: pela beleza real!
Uma mulher é sempre bonita. E uma mulher feliz é-o mais ainda. A makeup artist Leonor Silva sabe disso e sabe como sublinhar a beleza real em cada noiva. No
As 50 formas de ver o casamento pela mente de uma criança!
As 50 formas de ver o casamento pela mente de uma criança!
Enquanto adultos, o dia do casamento é um conto de fadas tornado realidade. A nós, enquanto crianças, nunca nos perguntaram o que pensamos do casamento. Mas em boa verdade, o que pensarão elas do casamento? Curiosos? Venham espreitar então!
A tradição já não é o que era... Mas há 8 coisas que não podem faltar ao seu casamento!
A tradição já não é o que era... Mas há 8 coisas que não podem faltar ao seu casamento!
Os casais começam a optar por festas simples e criativas, afastando-se um pouco da ideia de casamento tradicional. Isto é verdade para as reportagens fotográficas – mais artísticas e menos comerciais – , as decorações – mais minimalistas e menos ambiciosas – , os menus de casamento – mais descontraídos e menos formais. E ainda bem!

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Quer divulgar a sua empresa na Zankyou?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação