Pais divorciados: que a convivência deles não seja um pesadelo no seu casamento

Se os seus pais estiverem divorciados e o dia do seu casamento estiver perto, não tenha receio que as coisas deem para o torto. O Grande Dia é exclusivo para si e para o seu noivo. Lembre-se que a felicidade daquele momento é para ser partilhada com todos os que ama. Mas lembre-se que ninguém é indispensável, se for para trazer mau ambiente. Sim, isso inclui a família mais próxima também.

Foto: Profoto Studios

Há casais divorciados que mantêm um bom relacionamento, o que facilita a convivência na altura de ajudarem os filhos com a organização do seu casamento. Mas se os seus pais não se derem bem, você não precisa de pensar em medidas extremas para evitar o contacto entre eles. Nesses casos, o melhor é não forçar as coisas, deixá-las fluir e simplesmente não fingir que eles (ainda) são um casal.

Foto: Profoto Studios
Foto: Profoto Studios

Por outro lado, há pais que têm dificuldade em estar no mesmo quilómetro quadrado que o outro. Para estes casos, deve ter em conta cinco momentos elementares no casamento:

1. O Planeamento

É natural que os pais se queiram envolver no planeamento do casamento dos filhos (especialmente se tiverem contribuído financeiramente), mas você tem de ser inteligente e definir as áreas onde a família pode opinar, onde a sua mãe se pode meter, onde os pais do seu noivo podem decidir, e especialmente, nos assuntos em que apenas você e o seu parceiro queiram decidir exclusivamente.

No caso de pais divorciados, o ideal é envolvê-los em áreas completamente diferentes da organização da boda. Um pode ajudar com o banquete e a animação, outro com a decoração e a escolha da quinta de casamento, por exemplo. Quanto à atribuição de lugares pode consultar ambos, só para ouvir as suas propostas.

Foto: Luís Efigénio Photography
Foto: Luís Efigénio Photography

A cerimónia religiosa

A entrada do cortejo nupcial pode ser comprometedora e ferir os sentimentos dos novos cônjuges de seus pais. Para uma entrada livre de drama, você pode optar por caminhar sozinha até o altar, uma tradição que é muito comum noutros países do mundo. Você também pode optar por uma entrada temática, onde a ordem dos padrinhos, madrinhas e noivos é alterada… Tudo deve ser baseado na imaginação. É importante que converse com o padre (ou celebrante) para que este, sem querer, não crie situações confrangedoras, como assumir e agir como se os seus pais ou do seu noivo ainda estejam casados. Os lugares predefinidos (como a tradição manda) são proibidos, pois complicam mais as coisas e forçam os pais a fingirem um relacionamento feliz.

Foto: Aguiam Wedding Photography
Foto: Aguiam Wedding Photography

As fotografias

As sessões fotográficas são cada vez mais criativas. Agora já nem há poses de família obrigatórias. Como tal, pesquise várias ideias na internet, para conseguir imagens originais, sem ter que haver uma separação física entre os seus pais. Você pode chamar amigos ou outros familiares para se juntarem a si e aos seus progenitores nas fotos, de modo a que o ambiente não fique tão pesado. Assim, será mais fácil obter belas lembranças do seu casamento, com os seus pais em conjunto. Se o ambiente estiver mesmo de “cortar à faca”, satisfaça-se apenas com uma foto dos dois juntos… Consigo e o seu (já) marido.

Foto: It’s all about…
Foto: It’s all about…

O banquete

O banquete, e especialmente os lugares devem ser cuidadosamente planeados. Muitas vezes é melhor sentar os seus pais longe um do outro, mas não de modo a que seja percetível pelos outros convidados. Colocá-los em cantos opostos pode dar muito nas vistas. Tenha atenção e certifique-se se dentro da sua família há pessoas que também não se dão com um dos seus pais, por se darem melhor com o outro. Evitar tensões é a palavra de ordem.

Foto: It’s all about…
Foto: Aguiam Wedding Photographers

O brinde e o baile

Deve haver um acordo prévio na altura de fazer o brinde aos noivos. A ideia arcaica de que o pai da noiva tem de agradecer aos convidados está a ficar cada vez mais em desuso. Mas claro que ainda pode ser ele a fazer o brinde, desde que não o obriguem a agradecer ou mencionar a mãe da sua filha. Tome também especial atenção para que no baile, depois da primeira dança do casal, não chamem os pais divorciados do/s noivo/s para dançarem um com o outro.

Foto: It’s all about…
Foto: It’s all about…

Todos estes momentos precisam de estar alinhados para que esse assunto (pais divorciados) não seja um fator de stress no seu Dia D. O ideal é sentar-se a conversar com cada um dos seus progenitores, para perceber como se sentem com o facto de terem de partilhar o espaço e conviver naquele evento tão importante, que é o casamento da/o filha/o. Eles já são adultos, por isso terão de aprender a deixar as suas diferenças de lado, pelo menos por um dia. Se os seus pais (ou os do seu noivo) tiverem casado novamente, você e o seu futuro marido devem ser peremptórios e explicar-lhes que não quererem nenhum problema naquele dia. Uma conversa honesta pode ser, na maioria dos casos, suficiente para evitar o caos.

André Roque
Foto: André Roque

Ter pais divorciados não é fácil, mas há muitos casais que conseguem superar as suas diferenças pelo bem dos seus filhos. Vê-los felizes no dia mais importante das suas vidas é certamente para os progenitores divorciados motivo de muita alegria. Por isso, não se preocupe. Os seus pais já são maduros e por si fazem tudo… Até se darem bem!

E como os pais só querem o bem dos filhos, tome nota destes 33 conselhos de mãe que toda filha deve ouvir antes de casar: não falham!

Já agora, fique com os 6 papéis que só os pais podem ter no seu casamento.

Nota: As imagens deste artigo são meramente ilustrativas

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Mais informação sobre

Dê-nos a sua opinião

José Luis Arras - Fotografia & Vídeo
Quando descobre que a sua família é grande demais para o seu casamento
Logo após ter anunciado o seu noivado, começaram a aparecer familiares que já não vê há anos. Acredite que não estão sozinhos!
Namorada de Cristiano Ronaldo partilha foto de família
Namorada de Cristiano Ronaldo partilha foto de família
Georgina Rodríguez partilhou este Sábado uma foto de família, reunida para assistir ao jogo do Real Madrid.
Renato Ribeiro Photography
5 conselhos para que as fotos de grupo num casamento não sejam um fracasso
O dia de casamento tem de ser perfeito, devendo ficar eternizado nas nossas memórias. Para isso, nada como as fotografias. Sabia que há truques para conseguir as melhores de todos os tempos?

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação