Rebeca & Filipe: uma história destinada a um final feliz. «Podemos casar outra vez?»

Rebeca & Filipe: uma história destinada a um final feliz. «Podemos casar outra vez?»

"Este dia foi magnífico, memorável, único e… tão NOSSO! Tudo estava perfeito, nada falhou. E tudo teve um toque nosso e isso era o mais importante!"

Rebeca & Filipe: uma história destinada a um final feliz. «Podemos casar outra vez?»
Foto: Estúdios Santa Cruz
  • Real Weddings
  • Msn
  • 2019
  • Braga

Filipe veio do Brasil para Portugal para encontrar o amor da sua vida, Rebeca. Não um amor cinematográfico, onde os protagonistas caem nos braços um do outro quase à primeira vista, pois foram muitos os olhares fugazes que os dois trocaram, quase que involuntariamente, nas vezes que se cruzaram na cidade onde viviam, através dos amigos que tinham em comum. Foi apenas seis anos depois de Filipe ter chegado ao nosso país que surgiu o “olá” determinante, que cresceu em cumplicidade e fez nascer um sentimento que nunca mais abandonou os seus corações. Pelas mãos do destino. Até hoje. Para sempre.

E é hoje que partilhamos consigo o dia em que os dois celebraram o seu amor, um dia que consideraram perfeitoipsis verbis, planeado com a maior da dedicação, para que cada detalhe tivesse um significado especial. E tudo, tudo, teve um toque deles, como eles queriam, nada falhou e os dois conseguiram viver um “verdadeiro conto de fadas”. 

Entre connosco neste dia de sonho de Filipe e Rebeca, eternizado pela arte dos Estúdios Santa Cruz, e conheça um pouco mais este casal cuja história de amor estava destinada e que se identifica por este excerto: “…me hace MUCHA gracia la pregunta de si quiero casarme contigo. Porque el amor NUNCA pregunta. El amor llega y te responde lo que ni te habrías atrevido a plantear.”

guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz

Como se conheceram?

Conhecíamo-nos de vista, por termos colegas em comum. O Filipe veio do Brasil para Portugal em meados de 2010 e, por coincidência ou não, tornou-se amigo de vários colegas que estudaram na mesma escola que eu. Apenas após 6 anos dele estar em Portugal, começamos a falar e desde aí, o amor foi crescendo e a cumplicidade aumentando.

Quanto tempo depois surgiu o pedido de casamento? Como foi?

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

O pedido de casamento surgiu após um ano e meio de namoro. Num fim-de-semana foram para o Gerês, um local adorado pelos dois e onde tinham passado as primeiras mini férias juntos. Ele programou tudo ao pormenor, sem a Rebeca se aperceber de NADA! Foram deixar as malas na casa que tinham reservado e de seguida pegaram no carro e foram conhecer ainda mais a Vila. Entre estradas íngremes e montes, a Rebeca nunca desconfiou de nada… afinal, estavam apenas a passear. Até que chegaram a um local com dois rapazes muito simpáticos e que perguntaram se queriam andar a cavalo. Os olhos da Rebeca até se riram de tanta felicidade… (Tudo preparado pelo Filipe). Ela adorava cavalos e nunca tinha andado. Aceitaram e ao longo da tarde, entre as estradas de Vieira do Minho, as florestas e montes, chegaram a um local onde a vista era única! Sem palavras e de cortar a respiração! Preparavam-se os dois para tirar uma fotografia, até que… o Filipe tira a caixa do anel do bolso e pede a Rebeca em casamento. Um momento único! Ela ficou sem reação e não queria acreditar. O primeiro e grande “Sim” foi dito!

guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz

Como descrevem a vossa história de amor?

A nossa história de amor estava destinada! Cruzávamo-nos várias vezes pelas ruas da cidade, mas só ao final de 6 anos é que tudo aconteceu! Entre trocas de olhares, o nosso primeiro “olá” surge de surpresa.

De que forma correu a organização do casamento?

A ansiedade foi sentida mais próximo da data. Mas, no geral, fomos uns noivos calmos, nomeadamente porque tudo foi pensado antecipadamente, para que nada falhasse. Foi um dia único, um dia de felicidade pura! O dia em que o sonho se torna real, para quem tanto anseia pelo seu conto de fadas. Dissemos “Sim” e continuaremos a dizer “Sim” para Sempre!

Qual a escolha mais difícil na organização? E a mais fácil?

Tínhamos definido que casaríamos em setembro/outubro e, por isso, começamos por escolher a Quinta. A escolha da Quinta foi mais fácil do que pensávamos… Visitamos apenas duas e a Quinta Lago dos Cisnes foi, sem sombra de dúvida, a escolhida, pela sua paisagem idílica e pelo seu ambiente tropical e encantador (relembrando um bocadinho o Brasil) – dissemos logo “Sim”! Por sorte, tínhamos vaga para o mês que queríamos.

Após escolhermos a Quinta, surge a escolha do vestido! Por vezes o vestido de noiva ou o fato do noivo é o mais difícil de escolher, mas para nós não! Lembro-me do dia em que eu, a minha mãe e irmã fomos à Rosa Clará e eu vesti pela primeira vez um vestido de noiva (de realçar que eu sempre sonhei por este dia). Em casa já tinha selecionado alguns que tinha visto no site, mas quando lá cheguei, a Ana Paixão, pessoa encantadora que me acompanhou até à entrega final do vestido, trouxe-me um e só me disse: “Este vestido é para si, foi feito para si! Experimente e depois vemos os que escolheu!” Que sensação… e elas, boquiabertas e sem palavras… Seria amor à primeira vista? Não sei… vesti, olhei e senti-me única, porque à minha frente tinha o vestido com que sempre sonhei. Claro que, depois, experimentei mais alguns, mas aquele já não me saía da cabeça… era aquele vestido que ia ser o escolhido! E foi! O primeiro que vesti.

guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz

Escolhido o vestido e o fato de noivo, que também foi uma escolha bastante fácil para ele, passamos à escolha da equipa de fotografia e vídeo. Na realidade já estava praticamente escolhida – Estúdios Santa Cruz – tinham feito a reportagem de casamento da minha irmã e, dado o trabalho fantástico, queríamos que fosse esta equipa a acompanhar-nos no nosso dia! Esta equipa esteve connosco, desde a sessão de solteiros, até ao Trash the Dress. A dedicação e gosto pelo que fazem é enorme e isso transparece no trabalho final.

Entre muitas outras tarefas que tivemos que organizar, talvez o mais difícil tenha sido a distribuição dos convidados pelas mesas. Não foi uma tarefa fácil, mas lá conseguimos.

guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz

Organizaram tudo sozinhos ou tiveram ajuda?

Tudo foi organizado com antecedência e tudo foi pensado ao pormenor, mas existem detalhes que só mais próximo da data é que é possível organizar e claro… o stress e a ansiedade surgiram! Mas é aqui que, com o apoio da minha irmã, familiares próximos e damas de honor tudo corre na perfeição! Foram, de facto, os verdadeiros pilares, que me aconselharam e ajudaram bastante, para que tudo fosse um verdadeiro sonho.

Optaram por algum tema no casamento? Qual?

Não optamos por nenhum tema específico.

Onde foram buscar a inspiração?

Muitas das ideias foram nossas, mas claro que, por vezes, nos inspiramos em imagens do Pinterest para criar ambientes de contos de fada, como a noiva sempre sonhou.

guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz

Como foi o grande dia?

O grande dia aconteceu na Quinta Lago dos Cisnes, a 4 de Outubro de 2018. Este dia foi magnífico, memorável, único e… tão NOSSO! Podemos casar outra vez? Tudo estava perfeito e quando dizemos tudo, é mesmo tudo! Nada falhou e muito dado às equipas envolvidas! A decoração estava linda (melhor do que alguma vez imaginávamos), a comida era ótima, os fotógrafos/videógrafos sempre animados… de facto a dedicação de todos foi tanta que tornou o espaço e o dia, como muitos dos convidados falavam “um verdadeiro conto de fadas”. Tudo tinha o seu significado, queríamos que fosse um dia inesquecível e que o nosso casamento fosse recordado por todos. Tudo foi pensado pormenorizadamente, desde as ementas para as mesas, pequenas lembranças no jardim da Quinta para que os convidados pudessem levar consigo (pulseiras do Senhor do Bonfim do Brasil), a decoração, a animação com bailarinas de Samba durante o jantar, as músicas da cerimónia, da festa e do corte do bolo, as flores e as compotas para oferecer aos convidados, deliciosas e feitas pelo noivo, não fosse ele um verdadeiro chefe de cozinha. Tudo, tudo teve um toque nosso e isso era o mais importante para nós! Que todos os detalhes tivessem um significado especial.

Se pudessem, mudavam alguma coisa?

Não mudávamos nada, mas…. Soube-nos a pouco é verdade… aquele dia, o nosso dia, devia durar mais horas!

guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz

Onde passaram a lua-de-mel? Recomendam? Que memórias criaram juntos?

A nossa lua-de-mel foi passada na Tailândia (Bangkok e Chiang Mai) e nas Maldivas! O nosso sonho sempre foi conhecer a Tailândia, por isso decidimos conhecer a parte mais cultural do país e relaxar nas praias paradisíacas das Maldivas! Voltávamos? Sim, sem dúvida! Queremos conhecer mais da Tailândia, não só pela sua cultura tão diferente e inspiradora, mas também pelo boa energia que existe. As Maldivas, pela água azul turquesa, pelo autêntico paraíso e pela simpática recepção. Recomendamos? Sim, principalmente as Maldivas. Qualquer pessoa merece uns dias nas Maldivas! Aquele azul do mar, aqueles peixes de tantas cores, os corais… e o nascer e o pôr do sol? Pelo menos, uma vez na vida, visitem e sintam-se num verdadeiro paraíso em que mais nada importa a não ser aquele momento.

guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz
guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz

Recomendam os fornecedores que contrataram?

Recomendamos todos os fornecedores, não só pela extrema qualidade, mas essencialmente pelo empenho e dedicação constante.

Fornecedores

Espaço/Decoração/Catering: Quinta Lago dos Cisnes | Vestido: Rosa Clará | Sapatos: Haity e Anna Campbell | Fato do noivo: Decenio | Alianças: Rosior Porto | Penteado: Lurdes Marques Cabeleireiros | Makeup: Lídia Mouta | Fotógrafos e Videógrafos: Estúdios Santa Cruz | Dj: Dj Mário Kitty

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Estúdios Santa Cruz Fotógrafos e vídeo
Mario Kitty Eventos DJs e música casamentos
Rosa Clará Porto Lojas de Vestidos de noiva
Rosa Clará Lisboa Lojas de Vestidos de noiva
Quinta Lago dos Cisnes Quintas casamentos

Dê-nos a sua opinião

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!