Casamento da Princesa Eugenie & Jack Brooksbank: todos os detalhes!

E finalmente chegou o dia: perante os olhos da realeza e numerosos convidados famosos, a Princesa Eugenie de York Jack Brooksbank disseram o “Sim” em Windsor, no passado fim-de-semana.

Foto: twitter.com/royalfamily

Windsor celebrou, então, o segundo Casamento Real do ano, entre a princesa Eugenie de York, filha do príncipe André e Sarah Ferguson, e o empresário Jack Brooksbank. A número nove da sucessão ao trono britânico e o socialite  e embaixador da Casamigos – marca de tequila fundada pelo ator George Clooney, Rande Gerber (marido da modelo Cindy Crawford) e Mike Meldman – trocaram alianças na Capela de São Jorge, no recinto do Castelo de Windsor, tal como Harry e Meghan fizeram em maio passado.

Ao contrário do que aconteceu em Maio, a cerimónia — que começou às 11h — não foi emitida na televisão, mas o Palácio de Buckingham partilhou alguns momentos nas redes sociais.

Foto Instagram @theroyalfamily

Sendo inevitável a comparação, pelo menos num aspeto o casamento de Eugenie superou o do primo: no número de convidados. Ao todo foram 800, mais 200 do que o anterior, sendo que, tal como Harry, a princesa convidou ainda 1200 pessoas, crianças e adultos, provenientes de organizações e associações de todo o país, que se juntaram ao casamento nos jardins de Windsor.

Por seu turno, Eugenie foi levada ao altar pelo pai, o príncipe André, ao contrário de Meghan Markle, que foi conduzida até meio do caminho pelo atual sogro, o Príncipe Carlos, encaminhando-se depois sozinha até junto do noivo.

Foto: twitter.com/royalfamily

Um dos momentos mais inesperados da cerimónia do casamento entre Eugenie e Jack Brooksbank foi a leitura de uma passagem do The Great Gatsby, de F. Scott Fitzgerald, que foi feita pela irmã (e madrinha) da noiva, a princesa Beatriz. Segundo a Vanity Fair, o excerto descreve o sorriso do protagonista, Jay Gatbsy, que fez lembrar o sorriso do namorado a Eugenie, quando esta leu o livro, pouco depois dos dois se conhecerem. Este simbolismo foi explicada aos convidados no programa da cerimónia.

No geral, a celebração da prima de Harry foi mais tradicional do que a cerimónia de Harry e Meghan, em que o chefe da Igreja Episcopal norte-americana, Michael Bruce Curry, deu uma entusiasmada homilia e um coro gospel cantou o tema Stand by Me.

As adoráveis crianças

Entre as seis damas de honor estavam a princesa Charlotte, as netas da princesa Ana Savannah e Isla Phillips, Mia Tindall, Maud Windsor e a a filha de seis anos do cantor britânico Robbie Williams, Theodora Williams, O príncipe George foi um dos dois pajens, bem como Louis de Givenchy.

Foto Reprodução Instagram @theroyalfamily

Em dia de casamento, não poderiam faltar os adoráveis momentos protagonizados pelas crianças. À chegada da capela, Charlotte demonstrou ser um menina bastante independente, não dando a mãe a ninguém e acenando para a multidão, enquanto subia as escadas, indiferente ao vento forte que se fazia sentir. Já Louis acabou por tropeçar, e até mesmo cair, enquanto George se mostrou sempre bastante divertido.

Foto Reprodução Instagram @kensingtonroyal

Todas as meninas usavam flores brancas no cabelo e um vestido branco, com uma fita de padrão floral na cintura, que terminava com um laço na parte de trás. A combinar, os rapazes vestiam uma camisa branca, calças de veludo azuis e uma fita semelhante a servir de cinto.

Foto Reprodução Instagram @kensingtonroyal

O look mais esperado: a noiva

A neta da rainha surgiu deslumbrante no seu vestido de noiva estilo princesa e de linhas simples, desenhado pela dupla de designers Peter Pilotto e Christopher De Vos, que em 2007 fundaram a marca Peter Pilotto, “conhecida pelo seu design têxtil inovador, combinado com uma silhueta feminina moderna”, de acordo com um comunicado do Palácio de Buckingham.

Foto Reprodução Instagram
Foto Reprodução Instagram

De manga comprida, o vestido sem rendas tinha um metro de comprimento, ombros cobertos e um decote em V profundo nas costas, que se deveu à vontade da princesa Eugenie deixar exposta a cicatriz resultante da cirurgia que fez aos 12 anos, para corrigir a escoliose de que foi diagnosticada. “Acho que podemos mudar a forma como a beleza é considerada e podemos mostrar às pessoas as nossas cicatrizes. Acho que é muito importante dar a cara por isso”, afirmou a princesa numa entrevista à ITV, que foi para o ar na manhã do casamento, sexta-feira.

O vestido durou vários meses a ser confecionado e foi criado por camadas, desde o espartilho até ao complexo corpete e saia plissada. O padrão foi desenhado pela dupla de criadores e inclui vários símbolos importantes para a noiva: o cardo da Escócia, devido à paixão do casal por Balmoral; o trevo da Irlanda, devido ao lado materno da noiva; a rosa da casa York; e a hera, que representa o lar do casal. Peter Pilotto e Christopher De Vos reinterpretaram estes símbolos ao longo do tecido, composto por jacquard de seda, algodão e mistura de viscose, através de um técnica de tecelagem altamente intricada.

Foto: twitter.com/royalfamily

Para complementar o look, a princesa Eugenie usou a tiara Greville Emerald Kokoshnik, que foi emprestada pela rainha Isabel II e foi desenhada em 1919, por Boucheron, especialmente para Margaret Greville, num estilo que se popularizou na corte imperial russa e foi inspirado pelo tradicional chapéu feminino russo, kokoshnik.

Majestosa e elegante, a tiara de platina destaca-se pela grande quantidade de diamantes brilhantes, com seis esmeraldas de cada lado. Isabell II terá herdado a peça em 1942 e, agora, foi eleita o complemento ideal para o elegante vestido de noiva da neta, que usou também uns brincos de diamantes e esmeraldas, que foram um presente de casamento do noivo.

Foto: twitter.com/royalfamily

Ainda no campo dos acessórios, destaca-se o bouquet da noiva, uma criação da irmã do designer Rob Van Helden, Patricia Van Helden Oakes, composta por lírios do vale, rosas brancas, pequenos cardos azuis, rosas brancas e stephanotis pips.  Seguindo a tradição iniciada pela rainha Victoria, o bouquet também tinha raminhos de murta, provenientes da Casa Osbourne.

Foto: twitter.com/royalfamily

No que diz respeito aos sapatos, Eugenie escolheu um par de peep-toe em cetim de Charlotte Olympia. Já o cabelo icou a cargo do estilista Sonny-Jo MacFarlane, enquanto a maquilhagem foi feita por Hannah Martin.

Foto Instagram @theroyalfamily

Após a cerimónia

Seguindo a tradição, depois da cerimónia de casamento Eugenie e Jack Brooksbank trocaram o primeiro beijo como marido e mulher na escadaria da capela de St. George, para felicidade dos presentes, que os aplaudiu.

Foto: twitter.com/royalfamily

De seguida, o casal fez um percurso de carruagem pelas ruas de Windsor – mais  curto do que o de Harry e Meghan – para cumprimentar as pessoas que se juntaram para os saudar. E apesar do entusiasmo ser menor do que há alguns meses atrás, ainda assim o casamento da prima de Harry atraiu centenas de pessoas, algumas vindas do estrangeiro.

Após o passeio de carruagem, o Castelo de Windsor recebeu uma receção oferecida pela rainha, da qual os noivos saíram durante a tarde para se encaminharem para o local onde iria continuar a festa.

Para os transportar de um lugar para o outro, o casal escolheu um automóvel especial, um Ashton Martin DB10, carro que foi usado num filme do famoso espião James Bong, Spectre. A noiva contou com a ajuda da irmã, a princesa Beatriz, e do marido para entrar no automóvel de luxo, que Jack conduziu.

O bolo de casamento

Apesar tradição ditar um bolo gelado de frutas, a princesa Eugenie e o noivo decidiram que um bolo Red Velvet com creme de chocolate – descrito pelo Kensington Palace como “um bolo tradicional, com um toque moderno” – seria a melhor opção. O bolo foi meticulosamente preparado pela cake desginer Sophie Cabot – que já tinha sido contratada pelo pai de Eugenie, o príncipe André, para os eventos que organiza – com uma decoração em cores de outono, incluindo detalhes de hera, folhas coloridas e pequenas flores.

Foto: twitter.com/royalfamily

As fotos

A foto oficial do casamento mostra todo o romantismo do casal apaixonado e reflete a felicidade da família real. Do lado do noivo estão os seus pais Nicola e George Brooksbank e seu irmão e padrinho, Tom. Ao lado de Eugenie estão a sua irmã, a princesa Beatriz, a sua mãe, Sarah Ferguson, e o seu pai, o príncipe André. A rainha Isabel II e o príncipe Philip estão sentados nas cadeiras, em frente aos noivos, entre as crianças.

Foto: twitter.com/royalfamily

Na segunda foto divulgada, Eugenie de York está literalmente radiante no seu bonito vestido de noiva, ao lado do marido e rodeada pelos pequenos royals mini, naquela que é uma lembrança perfeita de um casamento conto de fadas.

Foto: twitter.com/royalfamily

O segundo vestido

À noite, os noivos receberam os convidados num jantar privado e, para a ocasião, a princesa optou por um segundo vestido de mangas compridas, desta feita assinado por Zac Posen e “inspirado na beleza de Windsor e da área circundante”, de acordo com um comunicado emitido pela família real. Já a cor do tecido foi definida pelo estilista como “rubor de uma rosa inglesa”.

Feito de seda produzida num moinho britânico, o vestido contava ainda com bordados e drapeados inspirados no desenho da Rosa Branca de York, símbolo da casa do novo casal.

Foto: twitter.com/royalfamily

O presente de Sarah Feguson ao genro

O dia do casamento foi recheado de presentes especiais. O noivo ofereceu à agora esposa um par de brincos de esmeraldas, que Eugenie complementou com a deslumbrante tiara Greville Emerald Kokoshnik que falámos acima, mas também estreou um presente bastante especial, oferecido pela atual sogra, Sarah Ferguson. Com efeito, na gravata de Jack podia ver-se um pin representativo da rosa branca de York, como uma homenagem à família da companheira, que incluía também uma safira rosa, tal como o anel de noivado da princesa. Thomas Brooksbank, o irmão e padrinho do noivo, terá usado o mesmo acessório.

Foto Reprodução Instagram

Desejamos ao casal um belíssimo futuro!

Talvez também lhe interesse:

Dê-nos a sua opinião

Kit Harington & Rose Leslie já casaram!
Kit Harington & Rose Leslie já casaram!
Os atores que dão vida a Jon Snow e Ygritte em "A Guerra dos Tronos" disseram o "Sim" num castelo na Escócia.
Foto Reprodução Instagram Ivar Mountbatten
O primeiro casamento gay da família real britânica aconteceu este fim-de-semana
Lord Ivar Mountbatten, primo da rainha Isabel II, fez história ao casar-se com o seu companheiro de longa data, James Coyle, tornando-se assim o primeiro membro a casar-se com uma pessoa do mesmo sexo.
Foto Reprodução Instagram
Meghan Markle: vestido intensifica os rumores de gravidez
A culpa dos novos rumores sobre uma eventual gravidez é de um vestido que Meghan usou na gala 100 Days... será que pretende dissimular a boa notícia?

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação