Publicidade
Congelar o bolo de casamento para o primeiro aniversário: sim ou não?

Congelar o bolo de casamento para o primeiro aniversário: sim ou não?

O amor pode durar para sempre. O bolo de casamento não. Por isso, se quiser congelá-lo vamos dar-lhe alguns conselhos. O quê? Não sabia desta tradição? Então continue a ler que nós contamos-lhe tudo!

  • Copo d'água
  • Conselhos
  • Recomendações
  • Bolo de noivos

O amor pode durar para sempre. O bolo de casamento não. Por isso, se quiser seguir a tradição de congelar o bolo de casamento para o comer um ano depois, vamos dar-lhe alguns conselhos para o fazer da melhor forma. O quê? Não sabia desta tradição? Então continue a ler que nós contamos-lhe tudo!

guardar
Foto: Aguiam Wedding Photography
guardar
Foto: Aguiam Wedding Photography
guardar
Foto: Aguiam Wedding Photography

A tradição de congelar o bolo de casamento

Publicidade

O bolo de casamento em si (ou bolo dos noivos, como também é chamado) representa prosperidade, abundância e fertilidade. Para além disso, existe uma tradição em que os noivos guardam a parte de cima do bolo – no caso dos bolos com andares – ou uma fatia (até mais, isso irá depender da gulodice de cada um…) para celebrar o primeiro ano de união. Porquê?

guardarEfeito Espontâneo
Foto: Efeito Espontâneo

O ato de guardar a camada superior do bolo de casamento tornou-se comum no século XIX, quando surgiu a moda dos bolos com vários andares. O porquê desta prática de congelar o bolo de casamento estava diretamente relacionada com o grande propósito do casamento da época: a procriação! Sim, porque era hábito o casal realizar o batizado do seu primogénito sensivelmente um ano após o casamento. E o que isto tem a ver com o bolo? Os noivos guardavam a camada superior do bolo – que teria sempre de ser deixada intacta – tendo como finalidade servi-la no batizado. Desta forma, economizavam.

guardar
Foto: Aguiam Wedding Photography
guardar
Foto: Aguiam Wedding Photography

Hoje em dia, este propósito tornou-se obsoleto, pois muitos casais esperam bem mais do que um ano para ter o primeiro filho. Por isso, e porque congelar o bolo de casamento até ao primeiro aniversário acabou por se tornar uma tradição, o ato tem um novo significado. Com efeito, acredita-se que o partilhar o bolo com a nossa cara-metade nas bodas de papel traz mais sorte para a vida do casal, como símbolo do amor e da felicidade. Para além disso, acaba por ser mais uma celebração da união, em que os dois poderão reviver a felicidade e a alegria do grande dia, dando aso a momentos de descontração, gargalhadas e o regresso da sensação mágica sentida um ano antes.

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

Dicas de conservação

Apesar de congelar o bolo de casamento ser muito comum entre inúmeros casais, há quem tenha receio de seguir esta tradição, com medo do bolo se estragar. No entanto, se seguir alguns cuidados certamente não terá problemas.

Aqui ficam algumas considerações e fatores que influenciam a boa ou má conservação do bolo de casamento.

guardar
Foto: Profoto
guardarProfoto
Foto: Profoto

1. A forma como o bolo é elaborado

Sob que condições foi o bolo de casamento confecionado originalmente? Esta deverá ser a pergunta número 1 a fazer quando se está a pensar congelar o bolo de casamento, seja uma fatia ou mais. Aliás, o melhor será sempre decidir se vai seguir ou não a tradição antes da confeção, para que o responsável pela preparação posso escolher os melhores ingredientes e tomar as devidas precauções.

A verdade é que no dia do casamento o bolo vai ficar exposto diante de dezenas ou centenas de convidados, decorará a pista de dança ou brilhará ao ar livre, antes de ser transportado até casa para finalmente ser seguramente encarcerado no congelador por um ano. Por isso, se o bolo for confecionado em condições pouco higiénicas, por exemplo, a proliferação de bactérias só vai piorar durante o casamento. No entanto, se escolher um fornecedor certificado que cumpra todas as regras de higiene e confeção segura, será meio caminho andado para preservar o seu bolo de ataques bacteriológicos.

guardarMakemyday Portugal Weddings
Makemyday Portugal Weddings

A composição do bolo também fará toda a diferença. Por exemplo, os bolos de frutas embebidos em álcool e misturados com açúcar aguentam melhor sem refrigeração, pois a mistura acaba por constituir um conservante natural. No entanto, a maioria dos bolos de hoje em dia – devido à utilização dos lacticínios e ovos – têm mesmo de ser congelados mais rapidamente para poderem durar.

guardarBakewell Cakes
Bakewell
guardar
Baronesa

Uma dica: os bolos com fondant ou confecionados com coalhadas de citrinos preservam-se melhor do que os outros.

2. A forma como o bolo é servido

O maior perigo de contaminação é no transporte do bolo para o local do evento, bem como a exposição a que ele será sujeito durante o dia do evento. Esteve mais de oito horas ao sol antes de ser embrulhado para ser congelado? Se sim, então está a arriscar a contaminação. E nenhuma congelação será fria o suficiente para matar todas essas bactérias que o invadiram. Por outro lado, se o casamento decorrer num local com catering próprio, em que o bolo sai diretamente da cozinha para a sala, a contaminação extra durante a cerimónia e a festa será menos provável e congelar o bolo de casamento durante um ano será, certamente, mais seguro.

guardarBolinhos à medida
Bolinhos à medida

3. A forma como o bolo é embalado e armazenado

Os bolos são bons candidatos ao congelamento se controlar a contaminação antes do procedimento. Por isso, se o seu bolo de casamento for bem embrulhado vai ficar completamente protegido.

Instruções para congelar o bolo de casamento:

  1. Remova a parte que quer guardar do bolo e coloque-o dentro de um recipiente. Coloque-o diretamente no congelador durante 1 ou 2 horas.
  2. Retire o bolo do recipiente e envolva-o com película aderente, assegurando-se de que não ficam áreas expostas.
  3. De seguida, envolva-o com duas camadas de folha de alumínio. Cubra todos os lados para não deixar que o bolo queime com o frio.
  4. Coloque-o numa caixa adequada, para impedir que se danifique. Embrulhe-a também com película aderente, para selá-la completamente.
  5. Coloque o bolo numa área segura do congelador, onde os outros itens não poderão danificar a caixa.

Pode comer o bolo após um ano, mas não vá além disso. As memórias duram para sempre, o bolo não!

guardar
Bolos por Gosto
guardarPims Cake Design
Pims Cake Design

4. Como o bolo é servido no primeiro aniversário

Quando passar um ano, e um ou dois dias antes do aniversário, coloque o bolo no frigorífico, ainda embrulhado. Depois de descongelado, tire-o do congelador e deixe-o à temperatura ambiente (ainda embrulhado) até descongelar totalmente e poder, finalmente, saboreá-lo com o amor da sua vida. Assim não vai ter problemas!

guardarN'cakes
N’cakes
guardar
Best Cake in Town

Alternativas

Se mesmo com todos estes cuidados não estiver muito segura deste procedimento de congelar o bolo de casamento durante o ano, mas até lhe agradar a ideia desta tradição, peça à pessoa que preparou o seu bolo para fazer uma pequena réplica. Assim reviverá certamente todas as emoções do grande dia!

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Profoto Studios Fotógrafos e vídeo
Bakewell Bolos de noiva
Baronesa às Claras Bolos de noiva
Aguiam Wedding Photography Fotógrafos e vídeo
Estúdios Santa Cruz Fotógrafos e vídeo
Diana Nobre Fotografia Fotógrafos e vídeo
Makemyday * Films & Styling Decoradores casamentos
Bolinhos à Medida Bolos de noiva
N'cakes Bolos de noiva
Bolos por Gosto Bolos de noiva
Pims Cake Design Bolos de noiva
Efeito Espontâneo Fotógrafos e vídeo
Best Cake in Town Bolos de noiva
Publicidade

Dê-nos a sua opinião