Como escolher o bolo do meu casamento em 5 passos

Preparar um casamento tem muito que se lhe diga! E a verdade é que muitos noivos acabam por deixar que determinadas etapas da organização absorvam todo o protagonismo – quer pela sua difícil gestão, quer pela antecedência com que necessitam de ser tratadas ou pelo seu volume – negligenciando os elementos mais pequenos. E esse erro pode custar-lhes caro! Porque é certo que os detalhes, apesar de serem efectivamente “menores”, podem fazer toda a diferença!

O bolo de casamento é um desses “detalhes” que não pode deixar para trás, pois é, cada vez mais, um elemento crucial de qualquer celebração. Para além disso, a sua escolha poderá ser a vossa primeira prova de fogo enquanto casal, que apesar de simbólica deverá cumprir ambas as vossas expectativas, quer em termos de sabor como no aspecto visual. A boa notícia é que só precisa de seguir estes nossos 5 passos e tudo correrá bem!

Passo 1. Tenha em conta o orçamento e o espaço

Já sabemos que o orçamento irá determinar um grande número de detalhes do casamento. E o bolo de casamento não é exceção, já que são muitas as opções existentes no mercado, quer no que diz respeito ao tipo de bolo como aos profissionais implicados.

Migalha Doce. Foto: Adriana Morais Fotografia

Em primeiro lugar, deve procurar saber se o serviço de catering ou o espaço que contratou já incluí o bolo de casamento para, a partir dai, lançar-se ou não na procura dos fornecedores externos. Também pode tomar logo esta decisão de escolher você mesma os pasteleiros e profissionais para desenharem e confecionarem o melhor bolo dos noivos para o seu grande dia. Mas atenção: nem todos os espaços de celebração que oferecem o serviço do bolo de casamento permitem que opte por sobremesas de outros fornecedores. Um dos motivos, e o mais importante, está relacionado com o apuramento de responsabilidades em caso de intoxicações alimentares ou de outros problemas alimentares derivados do bolo. Por isso, é melhor informar-se previamente sobre as regras do espaço contratado.

Migalha Doce

Já o orçamento é, claramente, essencial, pois a qualidade paga-se. Por isso, é muito importante começar por verificar quais os honorários dos diferentes mestres pasteleiros e cake designers especializados na arte de inovar, pois os preços diferem em termos de estilo e até mediante a própria experiência e renome de cada um deles. De qualquer forma, se quisermos estabelecer um preço geral, pense em 5 ou 7 euros por convidado e considere o número total dos mesmos para chegar a um valor aproximado. Neste caso, o bolo inteiro ficaria entre os 500 ou 1000 euros, se tivermos em conta uma média de 100-200 pessoas por casamento. 

Evidentemente que o preço varia em função dos detalhes que decida incluir no desenho final, nomeadamente as flores, os desenhos personalizados, o número de andares, etc. Tudo requer mais ou menos trabalho e pode elevar consideravelmente o preço.

Migalha Doce

Passo 2. Conhecer e avaliar todas as alternativas

Entre os bolos com maior sucesso nos dias de hoje encontramos também os clássicos, que continuam a confortar os estômagos dos convidados em casamentos mais tradicionais. De qualquer forma, nos últimos tempos têm surgido variantes vanguardistas ou vintage (os clássicos que já não são clássicos…) que conquistaram boa parte dos casais actuais. Abaixo vamos, então, enumerar os bolos mais utilizados.

Fotografia: 135 milímetros / Styling: Por Magia / Bolos Miss Pavlova com flores comestíveis Ervas Finas – Segredos que se comem

O bolo de casamento clássico, que é elaborado com uma pasta (fondant) de cor branca, utilizada para muitos bolos e doces. É o bolo de noiva por excelência, que irá sempre ver nos filmes e que continua a fazer grande sucesso. Aliás, muitas pessoas preferem este tipo de bolo por respeitar a tradição.

Bolinhos à Medida

naked cake é uma das grandes tendências em bolos de casamento nos últimos tempos. O seu estilo vintage, que nos remete aos bolos caseiros, modificou o conceito de bolo de noiva, pois revela o seu interior, deixando de lado as coberturas e as cores. Daí o seu nome: “bolo nú”. É também um grande sucesso devido às diferentes decorações que geralmente inspira: flores, frutas, etc.

Migalha Doce

O bolo aguarela (ou tela) tem vindo também a ganhar vários adeptos pela sua bela e plácida aparência, já que utilizando cores suaves mistura tons e envolve qualquer bolo (o interior é variável) de uma pureza e mística especial. As aguarelas são um tipo de pintura em água, que dão a sensação de ligeireza e evocam a natureza mais silvestre. Este tipo de bolo de noiva cumpre essa maravilhosa função.

We Love Bake – Castelo Branco

Ruffle cake também ocupa as posições mais elevadas entre as preferências dos noivos, culpa integral da sua aparência obtida através de uma técnica elaborada que dispõe o merengue em formas onduladas, baseadas nos bordados, rendas e movimento dos tecidos do vestido de noiva, que proporcionam um resultado único e uma elegância especial ao bolo. 

Mandala Cake Studio
Bolos da Mafalda | Fotografia: piteira.photography

A opção do bolo falso ou cenográfico é também cada vez mais recorrente. Objetivo? Manter o compromisso com a tradição de cortar o bolo. Mas a verdade é que não há bolo, é falso, não tem nada no interior. Esta opção acontece quando  os noivos preferem servir outro tipo de sobremesas, que vá mais ao encontro dos seus gostos, entre os quais bolos diferentes, biscoitos, muffinsmacarons, gelados e muitas outras alternativas (por vezes mais económicas). Ou então, para ambientes de casamento ao ar livre, mais quentes, pois assim não corre o risco de se estragar

Charlotte – sweet treats

Passo 3. Adaptar o bolo ao tipo de casamento e menu

Apesar de se poder gozar de liberdade plena nas escolhas de cada um dos detalhes do casamento – se assim os noivos o pretenderem – a verdade é que quase todos seguem uma linha, até mesmo sem intenção, pois todas essas diferentes escolhas que são necessárias fazer tendem a refletir as suas personalidades. Todos os casamentos, então, seguem geralmente uma direcção, e se um casamento obedece a um estilo previamente escolhido, tudo deverá estar de acordo com o mesmo: a roupa dos protagonistas, o espaço escolhido, o catering e, claramente, o bolo de casamento.

Miss pavlova. Foto: 135 milímetros

Neste sentido, o bolo, que hoje em dia está sujeito à imaginação dos noivos e pasteleiros, geralmente reflete na perfeição a personalidade de cada casal. Por isso, nos casamentos clássicos, a tendência é a de encontrar um bolo de fondant ou de merengue, e não tanto um naked cake, que se adequa mais a ambientes vintage ou boho chic.

Na mesma linha de pensamento, também o menu de casamento segue geralmente as diretrizes estabelecidas pelos gostos dos noivos em todas as suas características, tanto na forma como na substância. Por isso, o bolo dos noivos, que é a “cereja” do banquete, deve ser similar ao estilo do menu escolhido. A sua decoração, o jogo de sabores, o tamanho e a sua aparência final não devem diferir demasiado do conjunto.

Aguiam Wedding Photography | Local: Forte da Cruz

Passo 4. Procurar o profissional adequado

O profissional escolhido é muito importante, sobretudo com a quantidade de novos pasteleiros e cake designers que surgem diariamente no mercado. Desde que a cozinha se tornou numa arte, multiplicou-se a variedade de produtos e artistas, assim como as exigências. Perante isto, o que fazer?

Foto João Almeida

Em primeiro lugar, defina quais são as suas (vossas) expectativas. Se o bolo dos noivos é apenas um procedimento para vocês, não compliquem a vida e escolham um desenho vistoso q.b., mas feito “em série”, que não implique trabalho extra da vossa parte. Assim poupam tempo e dinheiro, pois o trabalho do profissional não será tão avultado como noutros casos.

Ao contrário, se forem exigentes neste aspeto, lembre-se que muitos chefs de pastelaria estão recetivos à ambição dos noivos, tanto na forma do bolo – seja ela simples ou complicada – como no seu interior, indo ao encontro do jogo de sabores que vocês procuram. Assim, no grande dia, o bolo estará delicioso e poderá brilhar de acordo com a vossa personalidade, não esquecendo de ouvir os conselhos do profissional e, antes de o contratar, conhecerem os seus trabalhos anteriores. É claro que esta personalização implica um preço mais elevado, mas se o bolo do casamento é tão importante para vocês, seguramente não terão qualquer problema em investir um pouco mais para conseguirem um resultado perfeito.

Foto João Almeida

Passo 5. Conselhos

Analise as diferentes opções para o seu bolo de casamento. E não se foque apenas no exterior, apesar dele roubar frequentemente todo o protagonismo. Lembre-se do interior e de todas as alternativas de sabores que o profissional lhe poderá oferecer. Tal como acontece com os pratos que irá incluir no seu menu – e caso o bolo não esteja incluído no mesmo – deverá também marcar uma degustação para definir as suas escolhas. No caso de estar incluído (o que é bastante comum em muitos serviços de catering) este deverá ser o último prato da degustação inicial.

Foto 135 milímetros

Tenha cuidado com as intolerâncias e alergias. Poderá ter entre os seus convidados pessoas que necessitem de um menu especial, por isso procure ter alternativas para os mesmos. Por seu turno, descrimine os ingredientes do bolo no menu, para alertar os convidados e evitar problemas. A verdade é que muitos dos ingredientes utilizados são propensos a conter substancias especialmente perigosas para estas pessoas, nomeadamente a lactose, o glúten, os frutos secos ou as frutas.

Foto 135 milímetros

Finalmente, tenha o transporte em conta, caso o bolo tenha de vir de fora. A verdade é que nem os pasteleiros nem os seus ajudantes são obrigados a levá-lo ao local onde se encontra, seja o espaço da celebração ou outro sítio qualquer. Informe-se previamente e, se não puder contar com a sua colaboração (ou não oferecerem serviço de entrega) procure ir buscar o bolo horas antes do casamento. Neste caso, verifique também quais são as melhor formas de conservação durante e após a viagem. Pode ser que tenha a sorte do catering ou espaço aceitar o bolo de outros fornecedores, pois eles saberão gerir melhor a situação. Mas assegure-se de que tem tudo controlado!

Faça este teste e descubra que tipo de bolo é o certo para si!

E para ajudá-la na organização

Descarregue também o ebook Como organizar o seu casamento“!

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Como escolher as joias para o meu casamento em 5 passos
Como escolher as joias para o meu casamento em 5 passos
Saiba como escolher as joias para o seu casamento em 5 passos para conseguir o resultado perfeito e brilhar como nunca no seu grande dia!
Como escolher as lembranças do meu casamento em 5 passos
Como escolher as lembranças do meu casamento em 5 passos
É importante agradecer a presença das pessoas especiais que escolheu para partilhar consigo o seu grande dia
Como escolher os atoalhados para o meu casamento em 5 passos
Como escolher os atoalhados para o meu casamento em 5 passos
Siga estes 5 passos para escolher os atoalhados perfeitos para o seu grande dia. Não deixe este detalhe para a última hora!

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação