19 dúvidas que todas as noivas têm quando escolhem um fotógrafo para o seu casamento

Quem é o melhor fotógrafo para si? Qual a melhor altura para reservar uma data? É mais importante a técnica que o fotógrafo usa ou a empatia que se cria entre ele e o casal? Estas e muitas outras perguntas ‘aterrorizam’ os casais na hora de selecionar a pessoa que irá ser responsável por imortalizar o dia mais feliz das suas vidas. Hoje, tratamos de lhes dar resposta para que se sinta mais confiante quando escolher o seu ‘fotógrafo-metade’. E há tanto talento em Portugal por onde escolher!

Foto: José D’Oliveira – Happiness Happens

Nomeadamente, José de Oliveira, que conta já com vários prémios de fotografia e que tem hoje a sua empresa, a José D’Oliveira – Happiness Happens, onde mantém viva a sua paixão pela reportagem social, o retrato, o estúdio e a moda. E no final, cada sua Imagem é um momento perfeito, uma expressão única de emoção e amor. Cada trabalho é poético e romântico, com imagens únicas e criativas, proporcionando aos seus clientes um serviço distinto e personalizado.

Previna-se e informe-se. A Zankyou, como sempre, dá-lhe as pistas certas para encontrar o melhor caminho e tomar as decisões mais certeiras. Mas entre tantos profissionais talentosos neste nosso país à beira mar plantado, prepare-se para ter uma tarefa hercúlea na hora de escolher só um…

1. Com quanta antecedência deve ser contratado?

A maioria dos fotógrafos diz-nos que o ideal é que os seus serviços sejam contratados com 6 meses a 1 ano de antecedência. Por três motivos: para garantir que a data fique reservada, para que tenha tempo de se familiarizar com o fotógrafo, bem como o seu estilo e técnica e, claro, para ter tempo de criar empatia.

2. Como saber se o fotógrafo é realmente bom?

A primeira coisa que deve fazer é ver o portefólio do fotógrafo (ou fotógrafos) que está a considerar. É importante que se reveja no estilo de fotografar (e até de editar). Procure perceber se prefere um profissional com um estilo descontraído, mais concentrado no enquadramento do que objeto. Ou se prefere o contrário. Tenha atenção à forma como ele trabalha em termos de luz, profundidade de imagem e sequência. Veja com cuidado as fotografias que eles clicaram e pense em que fotografias gostaria de figurar. Assim que tiver escolhido um fotógrafo com o qual se identifique, procure saber se este trabalha de um modo metódico ou profissional. Teste-o. Peça orçamento, fale sobre relatórios, procedimentos. Se o seu orçamento lhe permitir, marque uma sessão de namoro com os seus preferidos e veja qual dos resultados está mais próximo do briefing que passou.

Foto: It’s all about…
Foto: Hugo Photography

3. Como pode identificar o estilo?

Num fotógrafo de estilo mais clássico vai encontrar maioritariamente retratos e fotografias com um enquadramento também ele clássico (centrado e ensaiado). Uma fotografia mais ‘jornalística’ ou documental aposta num estilo mais descontraído. As poses não são ensaiadas, são naturais. O enquadramento pode (ou não) ser centrado, mas o importante é a narrativa que as fotos querem criar. Um estilo mais artístico é mais pessoal (sendo que de alguma forma as fotografias refletem o cunho pessoal de quem as clicou). O ênfase está nos detalhes e há um toque de criatividade que define as imagens.

4. Quantos fotógrafos são precisos num casamento?

A história tem dois protagonistas e, consequentemente, terá dois pontos de vista e duas narrativas centrais que em momentos se encontram e noutros se desencontram. Nos momentos em que a atenção está colocada sobre um mesmo momento, é sempre bom ter mais do que uma câmara a apontar nessa direção. Mas é certo que existem fotógrafos que trabalham em solitário e conseguem captar todos os momentos, cada um deles, como único sem necessidade de ter duas visões diferentes. O melhor será sempre ver o portefólio do fotógrafo ou equipa de fotógrafos em questão e perceber o que quer para o seu casamento!

Foto: Rui Teixeira Wedding Photography
Foto: José Raposo

5. O meu investimento vale a pena?

Sem dúvida! As memórias que criou nesse dia são memórias que devem durar para sempre e as fotografias desse dia vão ser uma coisa que quererá partilhar com os seus filhos, netos bisnetos. Elas são a sua história.

6. Porque é tão importante ter alguma empatia com a pessoa que escolheu?

Os momentos que vai partilhar com este profissional são momentos íntimos, que requerem alguma cumplicidade e essa cumplicidade só nasce da empatia e ela requer tempo e entrega. Para que consiga desfrutar do seu dia de uma forma descontraída e natural é preciso que se sinta confortável com a pessoa que vai acompanhá-la em (quase) todos os momentos. 

Por exemplo, com Carlos Pimentel e a sua equipa, um dos fatores mais importantes é fazer com que os noivos se sinta confortáveis e descontraídos, para que se reflita nas fotografias mais criativas, profissionais e que são capazes de narrar o fascínio e a beleza, não só do seu casamento como também da sua história e amor.

7. Serão a sessão pré-casamento e pós-casamento necessárias?

Se o seu orçamento lho permitir, não abdique delas. A primeira razão é porque vai ajudá-la a ganhar algum à vontade com o fotógrafo e todo o processo. A segunda porque é uma sessão onde se sentirá mais leve e descontraída, sem a pressão do dia do seu casamento e sem o stress dos preparativos.

8. Quanto tempo até lhe serem entregues as fotos?

Os timings são diferentes de fotógrafos para fotógrafo, mas o tempo médio é de 6 semanas. Alguns profissionais podem oferecer-lhe um serviço express e cobrar-lhe um pequeno valor extra para que tenha as fotos em 3 semanas ou um mês. Em qualquer uma das hipóteses, o seu fotógrafo vai sempre disponibilizar-lhe as imagens em formato jpg e em papel.

Foto: Centrimagem
Foto: The Storytellers

9. O que acontece se eu não gostar das fotos?

Todo o processo que documentámos – os seis meses de antecedência, a sessão de namoro e pré-casamento, as reuniões com o seu fotógrafo – serve para evitar essa infeliz conclusão. Felizmente, são raras as noivas que sentem isso em relação às fotos do seu casamento. Prepare-se. É na preparação e antecipação que está o segredo do sucesso!

10. Pode escolher os locais para as sessões fotográficas ao ar livre?

Pode e deve. Mostre ao seu fotógrafo os seus lugares preferidos. Levante o véu e revele parte da sua personalidade. Quanto mais ele sentir que a conhece, mais fácil será para ele ler aquilo que você gostaria nas suas fotografias de casamento. Mas tenha cuidado e ouça também o que ele tem a dizer em relação à iluminação do local e do seu enquadramento. Os melhores locais para fotografar são sempre um acordo entre o que dizem as preferências do casal e o que diz a experiência do fotógrafo.

Foto: The Quiet Wolf
Foto: Lugares e Momentos

11. O assistente do fotógrafo é da responsabilidade de quem?

É o seu fotógrafo que deve garantir a sua equipa.

12. Se não gostar de fotos ensaiadas, o que deve fazer?

Simples: deve escolher um fotógrafo de estilo descontraído. Evite os profissionais com um estilo mais clássico e procure um profissional com um estilo mais próximo do documentário. E não se preocupe, ele vai saber quando fotografar e o que fotografar, sempre com naturalidade.

Foto: Nelson Marques + Andreia Torres Photography
Créditos: Mary Me Eventos | Foto: João Almeida

13. Quantas fotografias serão tiradas?

O número de fotografias clicadas é proporcional ao tamanho do casamento. Mais convidados implica geralmente mais fotos. De uma forma geral, a média de fotos que cada profissional entrega está entre as 300 e as 600 fotos.

14. Pode escolher as fotos que quer que ver retocadas?

Claro, respeitando sempre o trabalho do seu fotógrafo e o acordado com o próprio no contrato.

Foto: Detail – Life Style Photography
Foto: Thrall Photography

15. E em que contexto deve ser pedido o álbum de casamento?

Numa situação ideal, em todas. Ele será como que uma narrativa em imagens do seu grande dia.

16. O fotógrafo deve ficar até o final do casamento?

São poucos os que negoceiam outro tipo de cenário. A maioria dos profissionais desta área reconhece que para imortalizar todas as grandes (e pequenas) memórias desse dia é preciso estar presente para todas. E presente até ao final.

Foto: João de Medeiros
Foto: Helder Couto Photo | Quinta da Azenha

17. É melhor contratar um fotógrafo e videógrafo em conjunto ou separadamente?

Se o fotógrafo que escolheu tem na sua equipa o serviço, analise se esse é também a melhor opção para ti. Ou, se preferir, peça ao seu fotógrafo recomendações em relação ao videógrafo ideal. A ideia é que tanto as fotografias, como o filme tenham o mesmo estilo e sejam trabalhos coerentes entre si.

18. Como funcionam os pagamentos?

Como em qualquer transação comercial, os pagamentos (quantias e métodos) são negociados na altura em que o contracto é adjudicado. É prática comum reservar um fotógrafo pagando uma parte do valor acordado, logo no dia em que o contrato é feito (um depósito). E pagar o resto do serviço após a entrega das fotos. Mas muitos profissionais já trabalham com planos de pagamento e oferecem descontos e vantagens para casais, que compram mais sessões fotográficas em paralelo com a reportagem fotográfica do casamento. Outra coisa que é importante referir é que os preços dos serviços de um fotógrafo negociados por si ou por uma wedding planner que tenha uma parceria com o fotógrafo em questão, podem divergir.

Foto: Efeito Espontâneo
Foto: Timoteo Mendes Fotografia

19. Assina-se um contrato?

Sim. É um assunto sério. E por isso proteja-se e deixe todas as condições contratualizadas.

Foto: Momento Cativo

Depois da nossa lista de perguntas e respostas, já deve ser mais fácil identificar o fotógrafo ideal para si e perceber como funciona toda a contratação.

Talvez também lhe interesse:

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Como escolher o fotógrafo do seu casamento em 5 passos
Como escolher o fotógrafo do seu casamento em 5 passos
Para assegurar o registo do seu grande dia através de fotografias singulares, inspiradoras e criativas, confie no trabalho de quem sabe!
Foto Diana Nobre
7 (muito bons) motivos para contratar um fotógrafo
Escolher a pessoa a quem entregará a hercúlea tarefa de imortalizar aquele que será o dia mais feliz da sua vida não é fácil. Mas a Zankyou ajuda.
Across The Mountains
As fotografias que são autênticos momentos impressos
Faça a escolha certa do fotógrafo para o seu casamento. Eternize os seus momentos mais felizes do casamento. Reviva emoções através das fotografias.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação