Publicidade

Casamento por procuração

Um casamento em que um ou ambos os noivos não estão presentes na cerimónia? Pode parecer estranho mas na realidade é possível. Falamos do casamento por procuração.

  • Trâmites Casamento

Um casamento em que um ou ambos os noivos não estão presentes na cerimónia? Pode parecer estranho mas na realidade é possível. Falamos do casamento por procuração.

guardar
Casar por procuração
Publicidade

Esta modalidade de casamento foi comum em épocas de conflito em que os noivos estavam obrigatoriamente afastados durante longos períodos de tempo. A solução passava por dotar um familiar ou amigo de uma procuração que lhe conferia capacidade jurídica para pronunciar o “sim” em nome do noivo ou da noiva ausentes.

Hoje em dia também se realizam casamentos por procuração, por exemplo quando um dos noivos se encontra a trabalhar no exterior.

guardar
Trate de tudo numa Conservatória do Registo Civil

A procuração pode ser obtida num cartório notarial e deve conter poderes especiais para o acto, identificar claramente o outro nubente e indicar a modalidade e regime de bens do casamento. Apenas um dos nubentes se pode fazer representar por um procurador.

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

Depois de obter a procuração, cuja validade é de 90 dias, e para avançar com o processo, os noivos (ou seus procuradores) devem dirigir-se a uma Conservatória do Registo Civil com a procuração e Bilhetes de Identidade ou Cartões de Cidadão.

Conhece alguém que já casou por procuração?

Publicidade

Comentários (6)

Dê-nos a sua opinião