Passo-a-passo para um vestido de noiva feito à medida: contamos-vos todos os segredos!

Qualquer vestido de noiva, feito sob medida, nasce do coração… Do coração da noiva, do coração da mãe, do coração da melhor amiga… Às vezes até, e felizmente, do coração do próprio noivo… São referências, detalhes, pormenores, inspirações que se juntam, sorrisos que se acumulam no coração… E a obra nasce!

Foto: Pureza Mello BreynerSolicite informação sobre “Foto: Pureza Mello Breyner”
Foto: Pureza Mello Breyner

Todo este processo singular e delicioso, minucioso e pessoal, ao contrário do que se possa pensar, tem muito pouco de atribulado… A ansiedade e a alegria misturam-se com a delicadeza e a exclusividade que revestem o “tal”, e a data, especial por si mesma, ganha ainda mais relevância.
Se já anteriormente, estivemos à conversa com a designer portuguesa Natália Mil-Homens Pereira, a respeito do vestido de noiva perfeito – e à medida! – hoje, foi com a estilista Pureza Mello Breyner, que nos abriu as portas do seu atelier, que falamos… E que nos contou alguns dos seus maiores segredos!..

Foto: Pureza Mello BreynerSolicite informação sobre “Foto: Pureza Mello Breyner”
Foto: Pureza Mello Breyner

Como e onde tudo começa!

Segundo Pureza, o processo não poderia ser mais simples – mas ainda assim, menos cuidadoso, claro. Disse-nos a criadora que, “um vestido de noiva à medida é feito em etapas, cada uma com a sua complexidade: primeiro combino uma reunião com a noiva no atelier, para nos conhecermos, falarmos um pouco sobre as suas expectativas, saber se já tem uma ideia em mente ou um ponto de partida – para poder começar a criar a partir daí. Gosto sempre de saber se o casamento é de manhã ou à tarde, se vai ter muitos convidados, e – essencial! -, onde é. É muito importante para mim que haja química entre nós, que tenhamos alguma afinidade, que estejamos na mesma onda!”.

Foto: Pureza Mello BreynerSolicite informação sobre “Foto: Pureza Mello Breyner”
Foto: Pureza Mello Breyner

Os primeiros passos!

Logo depois, conta-nos a estilista, “após esta primeira reunião, vem a mais esperada: a apresentação dos croquis! Normalmente peço, pelo menos, duas semanas de intervalo entre estas duas reuniões, pois o meu trabalho inclui muita pesquisa e preciso do meu momento de inspiração! Gosto de desenhar de manhã cedo, quando o atelier está mais calmo, e desenho sempre – sempre! – em papel e lápis de carvão. É também neste segundo encontro, que a noiva escolhe os materiais finais do seu vestido, as rendas e os bordados e que experimenta alguns vestidos-base que temos no atelier. Temos vários cortes, em vários tecidos, para que seja possível mostrarmos o cair diferente de cada um.”.

Foto: Pureza Mello BreynerSolicite informação sobre “Foto: Pureza Mello Breyner”
Foto: Pureza Mello Breyner

E o vestido acontece!

No recato e, abraçada pelo requinte do atelier de Pureza Mello Breyner, a construção do vestido de sonho, flui naturalmente. Segundo a criativa, logo depois do segundo encontro, “começamos então as provas: a primeira que pode ser em pano cru, forro ou logo no material escolhido, dependendo da complexidade do modelo e as seguintes já com as rendas, bordados e aplicações, e onde vamos confirmando todo o modelo e todo os pormenores. Nestas provas, as noivas têm toda a liberdade para mudarem o que quiserem – se afinal não gostam da manga, do decote ou de uma qualquer aplicação… Tudo pode ser alterado, para que o vestido vá de encontro ao resultado final pretendido.”.

Na penúltima prova, uma das mais importantes em todo o processo, pelas palavras de Pureza, “decidimos também o véu – se leva ou não, se é rendado… -, os brincos, os sapatos e a maquilhagem. Gosto de ajudar na composição de todo o look e aconselho as noivas a que, sempre que possível, façam a prova do penteado e da maquilhagem também neste dia.”.

Foto: Pureza Mello BreynerSolicite informação sobre “Foto: Pureza Mello Breyner”
Foto: Pureza Mello Breyner

A despedida!

E porque tudo o quanto é bom, se esvai depressa, depressa chega também o momento da despedida… “Resta-nos a ultima prova, a uma ou duas semanas da data do casamento, em que vislumbramos o resultado final e que, normalmente, envolve algumas lágrimas de alegria! Tiramos muitas fotografias – claro! – e é um momento de relaxe total!”.

Foto: Pureza Mello BreynerSolicite informação sobre “Foto: Pureza Mello Breyner”
Foto: Pureza Mello Breyner

Um dia único… Um vestido único!..
Para conhecerem mais nomes, dedicados à confecção por medida – de vestidos de noiva perfeitos, logicamente! -, não deixem de dar uma espreitadela na nossa Guia de Fornecedores!

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Andreia Lobato
Porque é tão importante mandar limpar o seu vestido de noiva depois da festa de casamento
Um vestido de noiva não é uma peça de roupa descartável. O seu preço e o seu valor sobrepóem-se a qualquer outro vestuário que tenha. Pense no seu vestido como um investimento e não se esqueça dele no fim da cerimónia. Cuide do seu investimento.
135 milímetros
10 segredos de beleza que qualquer noiva pode e deve copiar no grande dia: contamo-vos tudo!
Hoje, aqui, na Zankyou Magazine - para este Domingo!.. - seleccionámos 10 segredos de beleza que qualquer noiva pode e deve copiar no grande dia: agarrem-nos e não os deixem escapar!
Um vestido de noiva preto? Saiba como pode resultar
Um vestido de noiva preto? Saiba como pode resultar
Um casamento também pode ser inspirado na cor preta. Com uma noiva ao estilo boho, uma decoração a condizer e uma equipa entusiasta, retratamos aqui como pode resultar.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação