40 músicas de filmes para a banda sonora mais romântica do seu casamento

40 músicas de filmes para a banda sonora mais romântica do seu casamento

Os filmes românticos são excelentes fontes de músicas para casamentos. Se ainda não sabia quais tocar, acabámos de solucionar o seu "problema"

40 músicas de filmes para a banda sonora mais romântica do seu casamento
  • Música e Animação
  • Conselhos
  • Msn
  • Música da festa
  • Romântico

Os casamentos, tanto na cerimónia como na festa, estão abertos a todos os tipos de música, mas nem sempre a escolhida é a ideal para deixar os convidados cheios de vontade de dançar ou derretidos de tanta emoção.

Portanto, hoje, decidimos “mergulhar” no campo das comédias românticas, um género muito eficaz para que você chegue ao seu Grande Dia com a melhor seleção musical de sempre. Estão lá algumas das faixas sonoras das nossas vidas, ideais para “deixar no ponto” o romantismo que o seu casamento merece.

Apesar de irmos dedilhar algumas dessas músicas lendárias, aprofundaremos ainda mais as melodias dos últimos anos.

Míticas

Sem dúvidas que neste campo, devemos começar com o filme Grease, que em 1978, pôs John Travolta e Olivia Newton-John a puxar pelos dançarinos menos ágeis, com temas vibrantes como You’re the One that I Want, o lendário Summer Nights ou o romântico Sandy. Quem diria que já se passaram 40 anos?! Nem com Pulp Fiction Travolta teve tanto sucesso! E, olhe, que ele foi nomeado para um Óscar nesse filme de Quentin Tarantino.

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

No final dos anos 80, já passados quase dez anos, foi a vez de Dirty Dancing nos dar música e muita adrenalina. Quem não se lembra de vibrar com Patrick Swayze e Jennifer Grey a dançarem The Time of My Life de Bill Medley e Jennifer Warnes?

Leia também: As músicas mais divertidas e badaladas para atirar o bouquet: a seleção dos experts!

guardarDirty Dancing
Dirty Dancing (1987) | Foto: Great American Films
guardarpretty-woman-julia-roberts-richard-gere-julia-roberts
Um Sonho de Mulher (Pretty Woman, 1990). Foto: Touchstone Pictures

Os anos 90 começaram em força, com músicas que hoje já são consideradas hinos, como Pretty Woman de Roy Orbison do filme com o mesmo título. O memorável Ghost, com Demi Moore e Patrick Swayze, também encheu o coração dos mais românticos com  uma das músicas mais emblemáticas da década. Referimo-nos a Unchained Melody dos The Righteous Brothers, com “mil” versões e cada vez mais aproveitada nos casamentos dos mais apaixonados. O filme Quatro Casamentos e um Funeral encantou com o tema Love Is All Around dos Wet Wet Wet e a animação O Rei Leão ficou para a história muito por causa da sua canção emblemática Can You Feel the Love Tonight, interpretada pelo grande Elton John.

 

 

Hinos de hoje

No filme Notting Hill, podemos mencionar vários temas que deixaram muitos seguidores do cinema e do amor rendidos. Ain’t no Sunshine de Bill Withers, She de Elvis Costello ou When you Say Nothing at All de Marvin Gaye e Tammi Terrell são os exemplos mais flagrantes.

De referir é também Can’t Take My Eyes Off You, originalmente de Frankie Valli, que Heath Ledger cantou com muita graciosidade em 10 Coisas Que Odeio em Ti.

Muito diferente destas canções é a La vida è Bella de Nicola Piovani, tocado no filme com o mesmo nome, perfeito para casamentos clássicos. Já para os mais alegres e cool, o Ain’t No Mountain High Enough de Marvin Gaye e Tammi Terrell, serve como uma luva. Afinal, quem não se lembra do filme que imortalizou River Phoenix, Stand By Me? Aqui, aproveita para relembrar o ator e este tema, tão refrescante!

 

Entrando nos anos 2000, O Diário de Bridget Jones trouxe-nos temas com uma pitada extra de romantismo e algum saudosismo. É o caso de Dreamsome de Shelby Lynne ou o já conhecido All By Myself de Eric Carmen, interpretado por Jamie O’Neal.

Em relação ao filme O Fabuloso Destino de Amélie, poderíamos usar toda a trilha sonora, mas destacamos Comptine d’un Auteur: L’Après-Midi, J’y Suis Jamais Alle ou La Valse d’Amelie, todos do génio Yann Tiersen.

Leia também: Cada momento do casamento tem a sua música: 89 canções para dar ritmo ao seu dia

guardar
O Amor Acontece (Love Actually) Foto: Pinterest

A longa-metragem O Amor Acontece (protagonizado pela nossa compatriota Lúcia Moniz) quase que merece uma secção exclusiva, tecida com algumas das músicas que melhor caracterizam os filmes românticos por excelência, apesar de nem sempre serem 100% otimistas em relação ao amor. Comecemos com Here with me de Dido, presente em mil listas de músicas para casamentos, por causa do seu poder inquestionável de deixar qualquer um “derretido”. Depois, entremos nas belas melodias de Sweetest Goodbye e Sunday Morning de Maroon 5, que também não podem ser deixados de lado, num casamento que se quer memorável e cheio de amor. O tema The Trouble With Love de Kelly Clarkson é de deixar qualquer um cheio de vida e vontade de viver um grande amor. Mas para sair do casamento do seu melhor amigo completamente rendido, só mesmo se Norah Jones for lembrada, com o seu maravilhoso Turn me One. Por fim, Wherever You Will Go dos The Calling é de deixar qualquer um nas nuvens. Parece-lhe bem?

 

 

Modernas e poderosa

Para quem prefere maior animação, surge You Make My Dreams Come True de Hall & Oates, vindo diretamente de (500) Dias com Summer. E não só! Neste filme, ainda podemos ouvir temas, como  Us and Hero, de Regina Spektor; Quelqu’un m’a dit de Carla Bruni; ou Sweet Disposition de Temper Trap.

O encantador Juno deixa-nos o original Anyone Else But You dos The Moldy Peaches. E, por fim, nada como mencionar um tema da poderosíssima Adele. Referimo-nos a Skyfall, do filme com o mesmo nome, da saga 007.

 

O Mad World de Gary Jules é tão espetacular e curioso, como o filme Donnie Darko, no qual está incluído. Já o tema Stop Crying Your Heart Out dos Oasis, presente no filme Efeito Borboleta, é de ir às lágrimas.Lembra-se? Se não, oiça lá só os primeiros acordes!

Em Like Crazy, um dos mais belos filmes românticos da última década, destacamos os extraordinários We Move Lightly e Arrivals N2. São dois temas um pouco tristes, mas de uma beleza inegável, trazendo ao de cima o poder de nos emocionar.

Entretanto, a película As Vantagens de Ser Invisível deixa várias músicas lendárias que “envelheceram” maravilhosamente, como Asleep de The Smiths ou Heroes de David Bowie. Também no filme Encalhado no Amor, o tema Between the Bars de Elliot Smith, faz sobressair a nossa capacidade de sentir o amor de forma especial. Mas não é só este artista que consegue pôr-nos a pensar na vida e no amor. Os temas Home, de Edward Shapes & The Magnetic Zeros, e End Run dos Cloudbirds são igualmente poderosos. Então e o genial Her, interpretado por Scarlett Johansson e tocado por Joaquin Phoenix, no filme The Moon Song? Não há palavras!

Begin Again (em português Num Outro Tom) foi um dos filmes românticos dos últimos anos que apresentou o melhor cartaz de músicas. Um de pontos fortes da sua trilha sonora foi ter juntado as vozes de Keira Knightley e Adam Levine. Destacamos Lost StarsComing Up Roses e No One Else Like.

guardar
Foto: Num Outro Tom (Begin Again)

Também o How Long Will I Love You, do filme About Time é de mencionar, não só pela sua musicalidade como pela sua letra, tão direcionada aos apaixonados. Por fim, o magnífico A Teoria de Tudo, sobre a vida do falecido físico Stephen Hawking e da sua esposa, Jane Wilde, deixou algumas peças de música clássica, de aparente simplicidade, mas com uma força extraordinária. Ora oiça The Wedding ou Domestic Pressures.

 

 

Nem todas estas músicas são estritamente românticas, mas as suas melodias servem de cenário perfeito para preencher a atmosfera do seu casamento com muito charme. Inscreva-se nesta lista de reprodução do Spotify e aproveite o que esta tem de melhor!

Agora que já tem um abrangente leque de músicas para tocar na sua boda, com base em filmes, por que não ver uma série deles, abraçada ao seu amor, já depois de casada? Mas, primeiro, aprenda a decorar o seu primeiro ninho de amor: eis 7 estilos apaixonantes.