Como decorar o primeiro ninho de amor: 7 estilos apaixonantes

Como decorar o primeiro ninho de amor: 7 estilos apaixonantes

A decoração de uma casa diz muito sobre a personalidade do casal que lá vive. Pense bem, antes de decidir o estilo a dar ao seu ninho de amor. Nós ajudamos com sete propostas!

Como decorar o primeiro ninho de amor: 7 estilos apaixonantes
VIvenda Pepa Yuste | Foto Revista Nuevo Estilo
  • Decoração da Casa
  • Recomendações
  • Msn
  • Decoração
  • Casados de fresco
  • Casal

Finalmente, “juntou os trapinhos” com o Alexandre. Então, está na hora de começarem a decorar o vosso ninho de amor. Certamente, nem sabem por onde começar, então vamos dar-lhes algumas dicas sobre os diferentes estilos de decoração, que podem servir-vos de inspiração. Mãos à obra!

A primeira coisa que têm de fazer é uma lista com as coisas que mais gostam. Isso pode parecer óbvio, mas quando virem tudo anotado, terão mais facilidade em perceber em que estilo de decoração se enquadra mais nos vossos gostos. Você e o seu companheiro podem anotar, por exemplo, as vossas cores favoritas. Depois, as texturas e os padrões: linho, veludo, riscas, flores… Gostam do mar? Então, talvez apreciem uma decoração em tons de azul, num estilo praia. Em seguida, pensem no vosso estilo de vida, porque este influenciará e muito a forma como vão morar e usufruir da casa. Por exemplo, apreciam receber amigos e fazer jantares? Gostam de ver filmes, no aconchego? Um dos dois é apaixonado por leitura? Preferem tomar o pequeno-almoço na cozinha, na sala, sentando-se numa mesa alta ou baixa? Quando tiverem as respostas a tudo isto, será mais fácil definirem o estilo do vosso lar.  Por isso, tomem bem consciência dos vossos gostos e rotinas pessoais. Estas vão ajudá-los a escolher o estilo de decoração que vos há de fazer sentirem-se realmente em casa.

Leia também: Ideias para decorar a sua casa e fazer uma sessão fotográfica perfeita!

guardar
Foto: Colin Price

 

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

Tome nota destes 7 estilos de decoração e decida qual deles se enquadra mais nos vossos gostos, rotinas e estilo de vida!

Étnico

Os padrões coloridos em tapetes, cortinados e sofás, numa casa de estrutura de madeira, forja ou cana, são algumas das principais características deste estilo. Todos os objetos e tecidos escolhidos geralmente são feitos em cores muito brilhantes e vivas: vermelho, amarelo, azul, verde… Mas também há muitos tons naturais: castanho, ocre, bege, cor de azeitona e laranja. Inclui móveis e peças decorativas especiais de lugares como Marrocos, Egito, Japão e México. Não é à toa que são as pessoas que mais viajam que se apaixonam por este estilo decorativo.

Leia também: Decoração low cost: 7 chaves para renovar a sua casa com um orçamento reduzido

guardar
Fotos: Amy Bartlam | Baba Souk
guardarEtnico_Fotos Tessa Neustadt
Fotos: Tessa Neustadt

Shabby chic

Este estilo tem origem nas grandes casas de campo da classe média/alta inglesa. Transmite um certo romantismo e delicadeza, devido à presença de impressões florais (brancas) nos estofos dos sofás ou cadeiras e nos papéis de parede. Se você e o Alexandre optarem por este estilo, que alude a uma decoração clássica e antiga, mas com toques mais modernos, devem adquirir móveis vintage e objetos decorativos em cores brancas ou pastel. Por norma, os móveis são clássicos, muitas vezes restaurados e que aludem aos tempos dos nossos avós. O ferro, a madeira e as cores foscas são amplamente utilizados.

Leia também: Inspiração Rústico-Chic: o toque de conforto aliado ao carácter mais chic!

guardarShabby Chic_Foto 1 Chellise Michael / Foto 2 Etsy
Fotos: Chellise Michael | Etsy

Eclético

Numa decoração eclética, encontra um cocktail de estilos, com objetos de diferentes períodos. Veem-se móveis clássicos misturados com outros mais modernos e cores variadas em materiais de todos os tipos. Este tipo de decoração está na moda e é uma das mais escolhidas nas casas mais elegantes e contemporâneas. O melhor, se quiser apostar neste estilo, é pintar as paredes dos quartos em tons brancos ou neutros para contrapor com uma mistura de detalhes decorativos, visível na cor do sofá ou das poltronas ou nos quadros decorativos.

Leia também: Na hora de decorar, quem tem razão, ele ou ela?

guardarEclectico_Piso Isabel López Quesada Foto Revista Nuevo Estilo
Apartamento Isabel López Quesada | Foto Revista Nuevo Estilo
guardarEclectico_Foto 1 Alexandra Wolf / Foto 2 Lindsay Salazar
Fotos: Alexandra Wolf | Lindsay Salazar

Kitsch

Aqui, “mais é mais”. É o estilo oposto ao minimalismo, já que abunda em cores e exageros de elementos hiper impressionantes. Teve origem em Munique, entre os anos 1860 e 1870, com a nova burguesia rica da cidade. Se você e o seu amor gostam deste estilo, recuperem móveis antigos e pintem-nos com uma cor brilhante, como o amarelo, o vermelho ou o azul. Conseguem imaginar a vossa mesa de jantar vermelha, com cadeiras em cores diferentes? Neste estilo, utilizam-se tecidos com padrões misturados e as peças decorativas são vintage. Extravagância e estridência são os melhores adjetivos para definir o estilo decorativo kitsch. É apenas para os mais ousados!

Leia também: 9 renovações mais baratas que o iPhone XS

guardarKitsch_Foto 1 Leslee Mitchell / Foto 2 Catalina Estrada para Coordonne
Fotos: Mitchell | Catalina Estrada para Coordonne
guardarKitsch_Foto Danielle Mila
Foto: Danielle Mila

Minimalista

O minimalismo surgiu em grande nos finais da década de 60, em Nova Iorque, mas é de origem europeia, uma vez que foi “inventado” pelo arquiteto alemão Mies Van Der Rohe. Sobriedade, luminosidade e elegância são os três adjetivos que melhor descrevem este estilo. Ao contrário do que acontece com a decoração kitsch, aqui “menos é mais”. Há uma ausência de elementos decorativos, já que os espaços são praticamente despidos de objetos e mobília. Predominam as linhas geométricas e o uso de materiais nobres. Móveis com linhas puras, espaços claros e cores neutras contribuem para a criação de um ambiente moderno e sofisticado, com equilíbrio e harmonia. Será este o seu estilo?

Leia também: 8 camas dignas de revista para sonhar acordado

guardarMinimalismo_Foto 1 Olivier Dwek / Foto 2 Belén Imaz
Fotos: Olivier Dwek | Belén Imaz
guardar
Foto: Pippa Drummond

Country

A decoração country é bastante semelhante à rústica e é a preferida para decorar chalés. Com este estilo decorativo, você e o seu marido podem obter um ambiente quente e acolhedor. Misture tecidos informais e móveis de estilo tradicional com uma pequena dose de nostalgia, esqueça a modernidade de meados do século XX e opte por móveis tradicionais com bordas arredondadas. Para os tecidos e papéis de parede, escolha uma paleta de cores suaves, inspirada na natureza. Na maioria das casas de campo, é muito comum verem-se motivos florais em revestimentos de parede, estofados de móveis e louças de porcelana.

Leia também: Comprar ou alugar casa? As dicas para escolherem a vossa primeira casa em comum

guardarCountry_Foto 1 Micahla Wilson / Foto 2 Colin Price
Fotos: Micahla Wilson| Colin Price

Retro

O termo retro é usado para descrever a decoração com reminiscências dos anos 50, 60 e 70. As cores, por norma, são brilhantes e os desenhos selvagens. Sofás estofados em veludo com almofadas multicoloridas, combinados com materiais naturais, como o rattan, são um bom exemplo deste estilo. Os padrões aos quadrados em paisley também são típicos da época em questão. Além disso, os tons de verde, como o abacate, e mostarda são uma das opções mais populares dos amantes do retro. Mas estes também gostam muito de fazer combinações com castanho, preto, branco, rosa ou vermelho. Para o chão, utilizam materiais como a madeira natural, o tapete shag e azulejos, colocados de forma a criar um tabuleiro de xadrez e mosaicos hidráulicos.

Leia também: Decorar com a flor de algodão: o pormenor decorativo mais trendy!

guardarRetro_Foto 1 Andrea Posadas / Foto 2 Les Maisons de Zoe
Fotos: Andrea Posadas | Les Maisons de Zoe

Antes de tomarem qualquer decisão sobre a decoração do vosso novo lar, devem fazer um estudo preliminar sobre o espaço e verificar se o estilo que pretendem é o indicado. Sugerimos que peçam ajuda a um designer de interiores ou a um decorador profissional.

Talvez também lhe interesse: