Lua-de-mel na Nova Zelândia: a magia da nossa realidade

Lua-de-mel na Nova Zelândia: a magia da nossa realidade

Se o Universo tivesse de escolher a sua obra de arte mais preciosa talvez escolhesse este belo país da Oceânia. Porque não visitá-lo na sua lua-de-mel?

  • Lua-de-Mel
  • Recomendações
  • International
  • Casados de fresco
  • Impressionantes
  • Casal
  • Nova Zelândia

Nova Zelândia é pura fantasia. E não somos apenas nós que o dizemos, pois as suas paisagens falam por elas próprias, as mesmas que serviram de cenário no cinema e que nos deixam sempre de boca aberta. O Senhor dos Anéis e as Crónicas de Nárnia, duas belas fantasias com locais impressionantes, foram gravados nesta terra única. Assim, entre colinas verdes, glaciares e crateras, a sua lua-de-mel aspira ao sétimo céu graças a um dos países mais bonitos do mundo. Descubra o porquê.

guardarDaniel Huebner
Foto via Shutterstock: Daniel Huebner

Dados importantes

A Nova Zelândia faz parte da Oceânia, o continente remoto que sempre se enalteceu pela sua distância, beleza e progresso. Porque está longe, muito longe, mas sem dúvida vale a pena atravessar o mundo inteiro para chegar até lá. E, apesar de se encontrar tão distante, o idioma oficial é o inglês, seguido pelo maori.

guardarRobert CHG
Foto via Shutterstock: Robert CHG

Supondo que já sabe que o país se encontra no hemisfério sul, na hora de organizar a sua viagem tenha em conta que as estações são opostas às nossas. Mas há muito mais a dizer em relação clima porque, ainda que pudéssemos dizer que se trata de um clima subtropical no norte e de clima frio-temperado no sul, a Nova Zelândia destaca-se por ter um clima muito variado. O sol, a chuva e o vento podem reunir-se num mesmo dia, por isso devem ir preparados para tudo o que possa acontecer.

A moeda é o dólar neozelandês, sendo que será mais simples fazer o cambio em bancos, hotéis e aeroportos neozelandeses do que no seu local de origem. E, se alugar um carro, como muitos turistas fazem, deve ter em conta que, na Nova Zelândia se conduz do lado esquerdo, como no Reino Unido, Irlanda, Austrália e outros países (mais do que o que pensamos). Por outro lado, quase nenhum cidadão europeu necessita de visto especial para estar lá menos de três meses, mas é possível que procurem comprovar se tem fundos para o tempo que vai permanecer lá como turista.

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

guardarShay Yacobinski
Foto via Shutterstock: Shay Yacobinski

As melhores paisagens do mundo

O país oceânico possui algumas das melhores obras de arte que a natureza nos deixou para desfrute do mundo. As suas incríveis montanhas, as crateras e restos vulcânicos, as cascatas, os rios e os glaciares, as praias, os parques naturais… Tudo isso compõe uma pintura impressionista de cortar a respiração. Paralelamente, tem também as cidades abertas à natureza e perfeitas para esquiar, como Queenstown, bem como rotas como a que corre a oeste da ilha do sul, que são ótimas opções para apreciar algumas dessas maravilhas.

E apesar de os locais mais visitados da Nova Zelândia – alguns dos quais veremos mais à frente – o país guarda outros tantos para os visitantes mais especiais. Estas são joias semiocultas, envolvidas por uma magia quase insuperável. Blue Pool Track é o exemplo perfeito, um reduto de paz banhado pelas águas azuis cintilantes do rio Makarora. A praia Koekohe, com imponentes rochas esféricas, também representa esta filosofia de magia real, assim como o arco da praia de Cathedral Cove ou as rochas (Elephant Rocks) em North Otago

guardarPhattana Stock
Foto via Shutterstock: Phattana Stock
guardarDmitry Pichugin
Foto via Shutterstock: Dmitry Pichugin

Top 5 de locais de interesse

1. Milford SoundA Idade do Gelo e os seus faustosos glaciares são os responsáveis pela construção desta arquitetura natural sem paradigma. As paredes de mil metros e as falésias revestidas de vegetação são o contexto à sua volta, a partir das quais é concebido este fiorde e as suas cascatas. Arte que culmina com o roteiro de Milford Trackum dos melhores roteiros de trekking do mundo.

guardarRawpixel.com
Foto via Shutterstock: Rawpixel.com

2. Rotorua. Dois em um: paisagens geotérmicas e cultura maori. No primeiro caso, gêiseres, piscinas e águas sulfurosas enchem uma paisagem tão bela quanto de aterrorizante; no segundo caso, os povos maoris mais autênticos, juntam-se para mostrar os seus espetáculos. Cabe recordar que esta cultura é uma das mais antigas da Nova Zelândia e célebre em todo o mundo pelas suas danças (haka maori) e rituais.

guardarStefan Bracke
Foto via Shutterstock: Stefan Bracke

3. Waitomo. Criatividade natural debaixo da terra, numa das cavernas mais impressionantes do mundo. Suspensos brilham alguns vermes luminescentes (glowworms) que, para além de iluminarem com uma beleza indescritível em diferentes tons de azul, formam uma “constelação de estrelas” no teto das cavernas. Vai ficar sem palavras no seu passeio de barco pelas tranquilas águas que servem como superfície.

guardarShaun Jeffers
Foto via Shutterstock: Shaun Jeffers

4. Wellington. As cidades da Oceania têm uma importância especial pelos seus avanços e bem-estar, célebres e invejados por todo o mundo. E uma delas é a capital da Nova Zelândia, uma cidade cosmopolita rodeada de montanhas e parques, que acolhe festivais e eventos de todo o tipo e que instaura um clima tranquilo e de bem-estar perfeitos para ficarem a viver lá para sempre.

guardarMilosz Maslanka
Foto via Shutterstock: Milosz Maslanka

5. Parque nacional Abel Tasman. É famoso por incluir paisagens tão díspares como belas em todo o seu espaço. A verdade é que as praias de águas cristalinas também existem na Nova Zelândia e muitas encontram-se neste parque, que também tem sítios para impressionantes territórios florestados. Os roteiros e os acampamentos são habituais, assim como o deslumbre de divertidas focas.

Robert CHG

Foto via Shutterstock: Robert CHG

Casa da Terra Média

Para os amantes do Senhor dos Anéis, a Nova Zelândia é um país de visita obrigatória. Para os que não são, também é, pois a ficção da saga literária e cinematográfica é apenas uma desculpa para descobrir um universo impressionante. Porque a beleza plasmada no ecrã tem um importante grau de realidade, apesar da fantasia que pareciam demonstrar tais espaços naturais.

Comecemos por Hobbiton, um convite para o visitante se sentir num mundo mágico. Dezenas de casinhas coloridas tornam tudo fantástico. Para os fanáticos são as cidades de Frodo Bolsón, Bilbo Bolsón e Samcom os principais locais de interesse perfeitamente cuidados, como O Dragão Verde, para além de 42 casas de hobbit com visita guiada. Para os apaixonados, é uma cidade repleta de magia e campos de um verde reluzente como nunca viu.

guardarMartian977
Foto via Shutterstock: Martian977

Para além das paragens que conectam as diferentes áreas do filme, Mordor, última paragem dos protagonistas e conhecido popularmente por ser utilizado para falar de um local longínquo, está também disponível para o desfrute dos fãs e não fãs. E recorrer a Tongariro Alpine Crossing significa atravessar zonas desoladas, crateras de vulcões, lagos sulfurosos, fumos vulcânicas e florestas tropicais. Uma maravilha!

guardarManon van Os
Foto via Shutterstock: Manon van Os

Temos a certeza que este destino já faz parte da sua wishlist. A Nova Zelândia é uma maravilha de início ao fim, um cenário de filme para uma lua-de-mel inesquecível. Se procura descobrir a beleza do mundo no seu máximo esplendor, reserve já a sua viagem!

Veja também:

Dê-nos a sua opinião

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!