10 dicas para redigir um convite de casamento na perfeição

Escolher o tipo de convite pode ser um quebra-cabeças, quando ainda não está claro o que se pretende. A grande quantidade de opções que existem, muitas vezes, ainda nos deixa mais baralhadas. Primeiro deve ter em conta o tipo de casamento que vai ter. Por exemplo, se for temático, deve escolher um convite de acordo; se for clássico, o melhor é optar por algo mais distinto, sem grandes floreados. Os casamentos a atirar para o rústico devem lembrar a natureza. Neste caso, escolha um convite em tons campestres, como o castanho e o verde.

Existe uma panóplia de convites, desde os mais modernos, aos originais e divertidos. É só sentar-se um pouco com o seu companheiro e fazer uma lista dos preferidos. Depois, é só ir excluindo um a um até ficar com o grande eleito.

a pajarita
a pajarita

Entretanto, tome nota destas 10 dicas para conseguir uns convites de se lhes “tirar o chapéu”!

1. Fazer a lista de convidados

Primeiro que tudo tem de saber quem convidar. O ideal é que os noivos façam uma lista com os seus amigos em comum e depois outra com os amigos de cada um. Em terceiro lugar, os noivos devem fazer outra lista com os seus familiares, em separado. Por fim, é só juntá-las e contar todos os elementos.

É importante rever a lista e certificar-se se quer mesmo convidar todos os considerados. Depois, é só agrupá-los por amigos e familiares. Deve ter cuidado para não enviar o mesmo convite aos casais que já se separaram. É importante também que não sente à mesma mesa aqueles que não se dão bem.

Para que não deixe escapar nada, convidamo-la a ler: como fazer a lista de convidados para o casamento em 5 passos

Pérola, Papel, Tesoura

2. Eleger o formato e o conteúdo

A variedade de modelos de convites disponíveis hoje em dia é incrível. Você até pode passar um tempo bastante agradável a escolhê-los, mas é importante que dê especial atenção ao conteúdo. Este deve conter as seguintes informações:

– Os nomes do casal

– Os nomes dos pais dos noivos

A data, local e horário da cerimónia

– Os contactos para os convidados confirmarem a sua presença

– Os números de telefone dos noivos ou de algum familiar que julguem importante

Cor Púrpura

3. O texto

Depois de escrever os dados mencionados acima, deve saber onde os inserir. Por exemplo, o nome dos pais deve vir nos cantos superiores (esquerda e direita), dando a ideia que são eles que estão a fazer o convite para o enlace dos filhos. Já o texto principal, deve vir centrado. Ex: “Temos o prazer de convidá-lo para a cerimónia a ser realizada no dia 19 de julho, às 16h00, na igreja de São João de Deus, em Lisboa.”

Contudo, o nome dos pais pode ser omitido, se se tratar do segundo casamento de um dos noivos ou se algum já tiver filhos. Assim, o convite é dirigido pelos próprios futuros casados e não pelos seus progenitores.

Se quiser impressionar, procure um profissional, que lhe transmita confiança e lhe assegure um convite de sonho. Procure uma empresa especializada em design gráfico e branding para bodas. Esta vai criar um desenho único, exclusivo e personalizado para si e para a sua cara metade.

Tome nota da seleção de empresas que a Zankyou preparou para si.

Molde Design Weddings
Molde Design Weddings

4. Escreva frases originais

Se for daquelas que preferem ignorar as regras tradicionais ou combinar o conteúdo habitual com outros textos, pode e deve fazê-lo. Os convites que apresentam um cunho pessoal são sempre mais apreciados. Demonstram esforço e interesse por parte dos noivos. No envelope, pode surpreender e fazer uma pergunta direta, do género: “Queres ser minha madrinha?” Sugerimos ainda que inclua algumas frases originais e românticas. Aqui ficam alguns exemplos.  

Foto: A Pajarita
Foto: A Pajarita

5. Redação formal vs informal

A escrita que escolher para o seu o convite dará logo uma pista para o estilo de casamento que vai ter. Nas bodas mais informais, não precisa de recorrer tanto à forma tradicional de organizar e escrever o conteúdo do convite. Pode muito bem ignorar as dicas acima e criar o seu próprio modelo. O importante é que nos seus rasgos de criatividade não se esqueça de incluir informações principais, como o seu nome e do seu noivo, a morada e a hora da cerimónia.

Foto: Cor Púrpura
Foto: Cor Púrpura

6. Envelopes escritos com a sua letra

Se você tiver uma letra bonita devia escrever os convites à mão. Mas se não tiver tempo para isso, ao menos que o faça nos envelopes. O nome dos destinatários devem ser escritos pelo próprio punho de um dos noivos, de preferência a preto e sem abreviaturas. Fica mais bonito e pessoal, se escrever a letra cursiva. Nunca com letra de máquina.

a pajarita

7. Escolha a cor do texto

Depois de escolher o conteúdo e textos de seus convites, terá de pensar nas cores da caligrafia. Claro que primeiro deve ter em conta o seu gosto pessoal. Mas atenção à tonalidade de fundo do próprio convite. Se for escuro, terá de escrever com uma cor que a realce. As mais usadas são o azul, castanho ou verde escuro.

Adjetivos de Papel
Adjetivos de Papel

8. Personalize em função da estação do ano

Cada detalhe é importante na formulação de um convite. A estação do ano não é exceção. Se incluir tópicos que transmitam a ideia de calor: como lume, lareira, ou cores mais quentes, como o vermelho, indiretamente está a dizer que o casamento será no Inverno. Pense nisso!

Magia Pura

9. Aproveite as novas tecnologias

Se o método tradicional de convite não a cativar ou se precisa de economizar, pode sempre aproveitar as novas tecnologias e criar um convite digital. Faça, por exemplo, um convite através de vídeo, gravado por si mesma. Pode ainda enviar uma foto sua e do seu noivo por email e juntamente escrever a informação necessária. As redes sociais também são uma opção válida, e que consegue chegar a um número muito maior de pessoas, de forma rápida e eficaz. Através do WhatsApp ou de qualquer outro chat, envie um convite diferente para vários grupos de pessoas. Ou seja, adapte-o aos seus diferentes tipos de convidados.

Foto: A Pajarita
Foto: A Pajarita

10. Oriente os seus convidados

O objetivo principal dos convites é dar a boa nova (que vai casar) e dizer aos seus convidados de forma indireta o quão importante eles são para si. E, precisamente, por eles serem tão importantes é que lhes tem de facilitar a vida. Inclua no convite um mapa com as direções para a cerimónia. Se possível, com as coordenadas em GPS. Se fizer um convite digital, também pode criar um mapa, que vá dar direto ao Google Maps, por exemplo.

Foto: Airflower
Foto: Airflower

Seja como for, os convites devem ser entregues com tempo suficiente para que os convidados se organizem. E por falar em convites, aqui fica mais uma ajuda: Convites de casamento: escolha a fonte de letra ideal para o estilo da sua cerimónia.

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Pronovias
Dicas de looks para casamento: convidados saibam como arrasar!
O que é que os convidados de casamento deverão vestir para 2018? Conheça as dicas que temos para si, com os DO's e DONT's e arrase no seu próximo evento.
Moisés Soares
Mini-Guia para casar em Braga: dicas para o casamento ideal
Ter um casamento numa das cidades mais antigas de Portugal e repletas de história não é um sonho impossível! Solicite mais informação grátis e sem compromisso!
It's all about...
5 dicas para contratar uma banda para o seu casamento: evite uma pista de dança vazia!
Só contratando uma banda com um excelente repertório, estilos variados e uma grande personalidade que atraia todos os seus convidados é que vai conseguir evitar uma pista de dança vazia.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação