12 dicas para economizar na lua de mel e escolher a viagem dos seus sonhos

12 dicas para economizar na lua de mel e escolher a viagem dos seus sonhos

Há alguns truques de que se pode valer para garantir uma lua-de-mel económica e maravilhosa, sem ter de abrir mão da viagem e destino dos seus sonhos

12 dicas para economizar na lua de mel e escolher a viagem dos seus sonhos
Fotos: SLcasamentos
  • Planear a Viagem de Lua-de-Mel
  • Recomendações
  • Msn
  • Casados de fresco

A organização de um casamento consome tanto tempo e tanta energia que muitos casais relevam para segundo plano os assuntos relacionados com a lua-de-mel. O resultado? Acabam por comprar as viagens tarde demais e optar por pacotes de viagem mais caros, sendo até obrigados a sacrificar os seus destinos de eleição por destinos mais em conta!

Mas não precisa de ser assim. Há alguns truques de que pode valer-se para garantir que tem uma lua-de-mel económica e maravilhosa. A Zankyou esteve à conversa com alguns dos casais dos nossos Real Weddings e descobriu 12 dicas importantes para a ajudar a economizar na lua-de-mel, sem ter de abrir mão da viagem e destino dos seus sonhos. A sua lua-de-mel pode e deve ser inesquecível. Bon voyage!

1. Calcule as despesas, faça um orçamento

Sente-se com a sua cara-metade e cruze os destinos de preferência dos dois. Escreva todos os lugares que gostava de conhecer, desde os nossos Açores ao Bali, passando pela América do Sul e outros destinos mais longínquos e exóticos. Depois compilem os destinos que ambos querem e peça orçamentos a várias agências de viagens. Investigue também online e faça uma lista de todos os custos inerentes à viagem. Defina o máximo que está disposta a gastar. Ao fazer isto, está a afunilar a lista de destinos e a limitar o número de ofertas que podem aparecer. Não irá dispersar. Mantenha-se firme com o orçamento definido.

Leia também: Lua-de-mel na Indonésia: uma caminhada pelo desconhecido

guardar
Foto: SLcasamentos

2. Aposte na compra antecipada

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

Não é segredo para ninguém: quanto mais tarde comprar o pacote de lua de mel, mais caro ele irá ser. Lembre-se também que os valores praticados em época alta são muito diferentes dos valores em época baixa. Beneficie dessa particularidade do mercado e compre a sua viagem em época baixa, mesmo que a viagem seja marcada para época alta. Aproveite as promoções das agências quando as vendas estão em baixo. E evite o stress de deixar tudo para a última hora.

Não improvise com a sua lua-de-mel. Esta viagem representa uma grande recompensa para quem passou um ano ou mais a preparar um casamento. Depois de tanto stress, acredite, você vai querer relaxar numa praia de areais dourados e água tépida e transparente. Você merece!

Leia mais: 4 dicas para tornar a sua lua-de-mel mais barata

guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz

3. Se for viajar de avião…

Se tiver flexibilidade de datas e horários, vai adorar esta tip. Nalguns sites de compra de voos existe uma opção que diz “não decidi as minhas  datas” ou algo similar, o que lhe dará muitas possibilidades de data e duração de estadia, bem como preços aproximadamente 50% mais baratos do que quando reserva um avião com data exata.

Se precisar de viajar num dia específico, não se preocupe, pois também temos um conselho para si: as 4 da manhã das quintas-feiras é a altura com menor procura de voos, o que significa que as ofertas das linhas aéreas são de menor custo. Pode ser chato, mas se quiser realmente poupar, recomendamos que procure voos nesse dia e a essa hora, pois assim conseguirá o mais barato do mercado.

Leia também: Vai de lua-de-mel? Saiba como conseguir bilhetes de avião e estadias mais baratas!

guardar
Photo by Tim Gouw on Unsplash

4. Pesquise todas as opções da concorrência

Assim que escolher o seu destino, pesquise os preços em várias agências de turismo. Vai notar algumas discrepâncias nos preços e vai perceber ainda que umas agências oferecem vantagens que outras não colocam à sua disposição. Tenha em conta o voo, o hotel, o transfer, os regimes de meia-pensão e os regimes de tudo incluído. Faça bem as contas. Um hotel 5 estrelas com tudo incluído e ainda com oferta de transfer pode parecer mais caro, mas se calhar compensa!

Leia também: Algumas das melhores agências de viagens em Portugal para viver a lua-de-mel que sempre sonhou

guardar
Foto: Estúdios Santa Cruz

5. Escolha com cuidado o hotel

Use o Booking, o Tripadvisor e todas as ferramentas colocadas online, onde é possível os hóspedes fazerem comentários a respeito do hotel. No catálogo tudo parece sempre fantástico. As fotos são sempre as melhores, os quartos são sempre espaçosos, os pequenos-almoços são sempre divinais. Mas será a realidade assim tão perfeita? Às vezes sim. Outras vezes nem por isso. Veja o que os hóspedes que já lá estiverem têm a dizer…

Pode ainda optar por utilizar o Airbnbatravés do qual é possível alugar quarto ou casa completa a custos mais baixos e sem muita burocracia. Gostava de passar a lua-de-mel em Nova Iorque, por exemplo? Estatisticamente se passasse a sua estadia num apartamento alugado por uns dias pouparia até 119 dólares (cerca de 100 euros) por dia. Em Londres, cerca de 32 euros, em Tóquio cerca de 107 euros, e por aí adiante. Assim, se o seu objetivo é reduzir custos, não retire da sua lista verificar os apartamentos disponíveis.

Leia também: 11 hotéis de luxo portugueses para a sua lua-de-mel que a vão deslumbrar!

guardar
Foto: Feel Creations – Wedding Photo & Film

6. Opte pelo pagamento à vista

Dinheiro atraí dinheiro. Prefira pagar tudo a pronto em vez de parcelar o pagamento. Porquê? Porque quase todas as grandes agências estão dispostas a oferecer um desconto ou outras regalias a casais que optem por esta forma de pagamento. Poupe durante uns tempos antes de marcar o casamento e a lua-de-mel e fique com o assunto logo arrumado. Vai mesmo querer estar a pagar todos os meses um determinado valor por uma viagem da qual já usufruiu? Pagar a crédito é uma das formas mais fáceis para perder a noção do dinheiro que gastou. Se quer economizar, pague à vista.

Leia também: Como escolher o destino para a sua lua-de-mel

guardar
Foto: Feel Creations – Wedding Photo & Film

7. Se o avião não é “a sua praia”, uma roadtrip é sempre uma opção

O que acha de fazerem uma viagem romântica pela estrada fora, rodeados por belas paisagens? Muitas vezes esquecemo-nos de como uma viagem de carro pode ser emocionante. Esta opção permitirá viajar sem destino, sem ter absolutamente planeado, nem um itinerário fixo. Plena aventura!

Leia também: 9 opções inconvencionais para uma lua-de-mel inesquecível

guardar
Photo by Toa Heftiba on Unsplash

8. Uma bebida a um preço preferencial

Em qualquer País para onde vamos, o álcool sempre será caro. Os mini-bares dos hotéis com whisky ou vodka, podem deixá-los, literalmente, na falência. Por isso, não se deixe enganar por estes preços elevados e planeie melhor as suas noites de lua de mel, com uma garrafa de vinho trazida de casa. A maioria das companhias aéreas permitem viajar com 2 garrafas de álcool por mala. Por isso, entre si e o seu marido, pode levar até 4 garrafas de vinho para as longas noites no quarto do hotel…

Leia também: 20 espetaculares blogs internacionais sobre viagens: prepare a sua lua-de-mel com a mãozinha de quem sabe!

guardar
Photo by Kym Ellis on Unsplash

9. Evite despesas inesperadas

Muitas vezes, em viagens ao estrangeiro pode ter a infelicidade de sofrer de algumas maleitas menores: irritabilidade nos olhos, ardor causado por queimaduras solares ou dores de estômago… por isso, recomendamos-lhe que leve um kit SOS com os medicamentos essenciais e, assim, evitar gastar dinheiro em produtos caros, como alguns dos medicamentos necessários para este tipo de desconfortos.

Leia também: O que levar para a sua lua-de-mel? O SIM e NÃO de uma mala perfeita

guardar
Photo by Hans Gustafsson on Unsplash

10. Alugue um carro por alguns dias

Se for para fora do país, os táxis e os Ubers tendem a ser mais caros. Por isso, se quiser visitar lugares turísticos na periferia da cidade ou tem muitos locais para visitar, recomendamos que alugue um carro e evite pagar muitos táxis, porque a longo prazo é muito mais caro.

Leia também: A lua-de-mel perfeita para si e para o seu parceiro: 5 opções TOP!

guardar
Photo by Jake weirick on Unsplash

11. Passeie em dias de promoções

Muitos museus e resorts têm dias com promoções, que são anunciados nas suas páginas e redes sociais. Por isso, quando chegar ao seu destino, verifique os sites de todos os lugares que quer ir visitar e organize os seus dias, dependendo dos descontos que oferecem em cada um deles. Não vá visitar os sítios precisamente no dia em que não há promoção!

Leia também: Qual a melhor altura do ano para ir de lua-de-mel? A pergunta do século!

guardar
Photo by Ibrahim Rifath on Unsplash

12. Use sempre sapatos confortáveis

Pode parecer ridículo, mas quanto mais confortáveis ​​forem os seus sapatos, mais poderá andar e menos táxis terá de utilizar. O objetivo é que aproveite cada momento da sua viagem e economize o máximo possível (embora nem oito nem oitenta: também não sofra a andar só porque não quer gastar uns euros num táxi!). Então, já sabe, um bom par de ténis pode ser a solução para não esvaziar a carteira!

Leia também: As luas-de-mel económicas existem e nós mostramos-lhe quais são os destinos favoritos

guardar
Photo by Haley Phelps on Unsplash

Espreite as melhores agências para sua lua de mel no guia de fornecedores do Zankyou e comece já a sonhar com as suas férias de sonho, com a sua cara-metade.

 

Talvez também lhe interesse:

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

SLcasamentos Fotógrafos e vídeo
Estúdios Santa Cruz Fotógrafos e vídeo