Publicidade
Quer uma dieta express antes do casamento? Há uma que funciona!

Quer uma dieta express antes do casamento? Há uma que funciona!

Dieta de última hora? Hoje falamos-lhe de uma das mais conhecidas do momento, perfeita para antes do grande dia!

  • Tratamentos e Bem-Estar
  • Conselhos
  • International
  • Dietética-nutrição
  • Impressionantes
  • Saúde

Se quer eliminar rapidamente esses quilinhos a mais mesmo antes do casamento, uma sessão de fast diet fará com que o vestido lhe assente como uma luva. O que é a fast diet? Uma dessas dietas milagrosas, com uma grande diferença em relação às outras: esta, alegadamente, funciona. O doutor Michael Mosley e a jornalista Mimi Spencer são os autores do livro Fast DietA sua base? O jejum, embora de forma intermitente.

guardarDomaskina
Foto via Shutterstock: Domaskina

Mitos

Publicidade

Ultimamente ouvimos dizer que comer pouco mas muitas vezes é bom e ajuda a não engordar. Michael Mosley e Mimi Spencer desmentem-no e são claro a esse respeito: “Em parte, essa ideia surgiu dos fabricantes de snacks e dos livros de dietas da moda”. Segundo os mesmos, até mesmo as cinco refeições recomendadas podem colocar-se em dúvida tendo em conta como se formou o nosso organismo há milhões de anos atrás. Acredita que os primeiros Homo Sapiens Sapiens comiam tantas vezes ao dia? Parece difícil imaginar. Naquela época (e não foi assim há tanto tempo), os humanos passavam muitas horas sem comer e, ainda assim, conceberam o organismo que hoje mesmo suportamos. Tudo isto demonstra o poder de beneficio e reparador do jejum. Porque não aplicá-lo antes do seu casamento? Continue a ler e, quem, sabe não adira!

Os benefícios do jejum

Ainda que pareça negativo, esta teoria defende que o jejum tem aspectos muito positivos. “Existem muitas provas que sugerem que jejuar periodicamente pode proporcionar mudanças duradouras, que nos protegem do envelhecimento e das doenças – especialmente cancro e diabetes“, comenta o Dr. Valter Longo, director do Instituto para a Longevidade da Universidade do Sul da Califórnia. Mas, porque é que isto acontece? Tudo radica na hormona IGF-1 (factor de crescimento insulínico tipo 1), a qual devemos reduzir mediante o jejum, para travar a glicose e insulina no sangue. Mosley e Spencer explicam-no: “Quando somos jovens e estamos a crescer necessitamos de um nível adequado de IGF-1 e outros factores de crescimento, mas um nível alto do mesmo na maturidade parece conduzir a um envelhecimento acelerado e ao aparecimento de cancro”.

guardarlzf
Foto vía Shutterstock: lzf

Um jejum intermitente

O que propõem os autores de Fast Diet é um pequeno-almoço com lógica, sem abusos. Durante uma semana, escolheríamos dois dias para jejuar de forma controlada. Para isso, apenas se devem consumir duas das cinco refeições diárias: o pequeno-almoço e o jantar. Ambas devem estar separadas consideravelmente no tempo e consistir em alimentos que a deixem saciada, como as proteínas. No total, a quantidade de calorias durante esse dia deve vacilar entre as 500 e as 600. O resto da semana deve evitar os alimentos ricos em glicose, devem predominar os legumes e não deverá fugir aos hidratos de carbono (com moderação, claro). Mas, no geral, durante esses dias não tem de se limitar em demasiado.

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

Como influencia na figura?

Ao jejuar, consumimos a glicose que se encontra no sangue, continuamos com o chamado glicogênio (presente nos músculos e fígado) e, após esse consumo, o corpo não tem outro remédio senão queimar gordura. Em apenas umas semanas, conseguimos várias coisas: diminuir a gordura corporal, reduzir a cintura, baixar os níveis de glicose no sangue, melhorar o colesterol e baixar a pressão sanguínea. Além do mais, o pâncreas terá menos trabalho, subirá a nossa auto-estima e a reprogramação do metabolismo reduzirá o risco de sofrer de diabetes ou cancro. 

Em termos gerais, o que alegadamente se consegue com este jejum é prolongar a vida de forma saudável, no seu caso mantendo os benefícios até depois do casamento, mantendo a dieta apenas  com um dia de jejum por semana, aconselhável após a fast diet inicial.  Segundo os autores de Fast Diet, “o corpo entra num estado de autofagia, isto é, se auto-devora”. Em palavra normais, o corpo faz uma limpeza das células velhas e gastas e volta a colocá-las em forma. E assim, defendem os autores, sentir-nos-emos jovens toda a vida.

guardarJacob Lund
Foto via Shutterstock: Jacob Lund

Pronta para uma fast diet de última hora? As dietas duras por vezes tornam-se contraproducentes, mas esta alegadamente faz um correto uso dos nutrientes e das calorias e tem grandes benefícios de beleza e saúde. Aparentemente, são tudo vantagens! 

E se gostou deste artigo, leia também Dieta da felicidade: os alimentos que nos podem fazer felizes ou deprimidos e as As 7 mentiras sobre beleza que nunca mais voltará a acreditar.

Publicidade

Dê-nos a sua opinião

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!