Os anjos sobrevoaram Xangai no Victoria's Secret Fashion Show 2017

A Victoria's Secret voltou a soltar as suas asas, desta vez para aterrar na exótica Xangai. Sara Sampaio foi uma das presenças num dos desfiles mais mediáticos do ano.

  • Atualidade
  • Tendências
  • International
  • Lingerie
  • Fashion week
  • Galleries

A Victoria’s Secret voltou a soltar as suas asas, desta vez para voar até à Ásia e aterrar na exótica e rica Xangai, primeira cidade daquele continente a receber este mediático desfile que, mais uma vez, contou com la crème de la crème das supermodelos do mundo inteiro, este ano com a maior representação asiática da história neste prestigioso evento.

O desfile, no qual as mulheres mais belas envergaram extraordinários adereços coloridos como referência à cultura chinesa, abriu com a sul-africana Candice Swanepoelcom um provocador modelo de Balmain – marca com quem a Victoria’s Secret fez a primeira parceria deste tipo – reforçado com extravagantes motivos de aves.

Presentes estiveram um total de 55 incríveis beldades de 10 países diferentes, sendo o português uma das línguas mais faladas nos bastidores. A começar pela nossa Sara Sampaio, que pisa a passarela da Victoria’s Secret há cinco anos consecutivos. A top model surgiu primeiro com um visual punk e depois com um conjunto inspirado no Inverno.

Também a falar em português desfilaram as angolanas Maria Borges e Amilna Esteva, a cabo-verdiana Alecia Moraes e as brasileiras Gizele Oliveira, Barbara Fialho, Daniela Braga, Bruna Lírio e, claro, Adriana Lima e, pela última vez, Alessandra Ambrosio, que anunciou a sua despedida com um discurso emotivo após esta participação, agradecendo todos estes anos a desfilar com a Victoria’s Secrets e salientado como cada momento foi marcante para si. A modelo de 36 anos fez 17 desfiles pela marca – um deles grávida! (em 2011) – tendo usado o Fantasy Bra  por duas vezes (em 2012 e 2014).

A honra este ano coube à brasileira  Lais Ribeiro, que brilhou em tão apreciada peça, uma das grandes atracções do desfie, avaliada em 1,7 milhões de euros e baptizada como Champagne Nights.

Presentes no desfile estiveram também a sueca Elsa Hosk, as norte-americanas Bella Hadid, Lily Aldridge e Karlie Kloss, supermodelo que regressou nesta edição. O evento, no entanto, contou com alguns contratempos, uma vez que aquela cidade chinesa colocou vários problemas nos vistos de algumas modelos, entre as quais Gigi Hadid – devido a um polémico vídeo que publicou no início deste ano no seu Instagram – e também a Katty Perry, que iria actuar durante o desfile. O mesmo ficou também marcado pela ausência de Kendall Jenner, que trocou a Victoria’s Secret pela marca de lingerie de luxo La Perla.

Como sempre, o desfile estava divido em secções, neste caso seis, que variaram desde o punk às deusas greco-romanas, passando pela colecção Pink

Mais uma vez, o desfile mais importante da moda foi um êxito, desta vez em Xangai após passagens por grandes cidades como Nova Iorque, Londres, Cannes ou Paris. Onde irá aterrar Victoria’s Secret na próxima temporada?