Bodas de casamento: o seu nome e significado, pois vale a pena comemorar!

Certamente que já ouviu um casal mais velho – os seus avós, por exemplo –  a dizer que iria celebrar as suas bodas de ouro ou até de diamante. O que eventualmente não sabe é que existe um material representativo para celebrar o aniversário do grande dia desde o primeiro ano de casamento, representando a vontade dos dois continuarem juntos e da perpetuação do amor que os uniu.

Foto: São Paulo Fotografia

E entretanto, conheça a história por detrás destas fotografias: este casal tirou as suas fotografias de casamento… 60 anos após o casamento!

Foto: São Paulo Fotografia

Continuando com o nosso tema, esta tradição de celebrar os aniversários de casamento remonta à Idade Média, e surgiu na Alemanha, quando os cônjuges da burguesia ofereciam à sua esposa uma coroa de prata para celebrar os seus 25 anos de casamento e, mais tarde, uma coroa de ouro no seu 50º aniversário.

Com o passar dos séculos foram-se criando simbologias para cada ano de aniversário, partindo sempre da premissa de que quanto maior for o tempo de união matrimonial, maior é a importância do material representativo. Assim, à medida que os anos avançam, também os materiais que se referem a cada comemoração vão sendo mais fortes e resistentes, partindo sempre do mais frágil para o mais valorizado.

Ideias Vintage Fotografia

Papel, algodão ou porcelana são apenas alguns dos elementos que foram estabelecidos como uma tradição para celebrar o casamento ao longo dos anos. E porque vale sempre a pena celebrar o amor, hoje vamos dizer-lhe que bodas de casamento existem, bem como alguns factos relacionados com as mesmas.

Foto: Helder Couto Photo

❤ Os primeiros 5 anos de casamento

1º aniversário: Bodas de Papel

Por ser ainda o primeiro ano de casamento, comemora-se com um material frágil, representando esta característica comum do início de qualquer relacionamento.

2º aniversário: Bodas de Algodão

O algodão continua a simbolizar a fragilidade dos primeiros anos de matrimónio, ao mesmo tempo que representa a esperança de crescimento e do fortalecimento da relação.

3º aniversário: Bodas de Trigo ou de Couro

O terceiro ano de casamento já é representado pelo Trigo, que corresponde à prosperidade, à fartura, à união e à alegria do relacionamento. O couro, por sua vez, simboliza a proteção que a convivência diária proporciona ao relacionamento.

4º aniversário: Bodas de Flores e Fruta ou Cera

A cera é produzida pelas abelhas, e as frutas e flores são provenientes da Natureza. Por isso, estes materiais simbolizam o progresso natural do relacionamento, isto é, vitalidade, beleza, bênçãos e saúde.

5º aniversário: Bodas de Madeira ou Ferro

No quinto ano de casamento, já se comemora a durabilidade. A madeira, em particular, simboliza o fortalecimento e a criação de raízes na relação, tal como acontece com as árvores.

Foto: João Terra Fotografia

❤ Dos 6 aos 10 anos de casamento

6º Aniversário: Bodas de Perfume ou Açúcar

Ao comemorar seis anos de casamento estará a comemorar o prazer da vida conjugal, aliado ao aroma da felicidade, da cumplicidade e do companheirismo. Isto é, todos os momentos bons. Por isso, o perfume e o açúcar foram os materiais escolhidos para marcar esta data.

7º Aniversário: Bodas de Lã ou Latão

Nesta etapa, a união está mais resistente, pelo que o latão representa a união e o amor incondicional do casal. Já a lã, representa o conforto, a delicadeza e cumplicidade, tão importantes num matrimónio.

8º Aniversário: Bodas de Papoula ou de Barro

Os 8 anos são marcados pela papoula, uma flor associada ao rejuvenescimento e à fertilidade. Já o barro simboliza a maleabilidade, essencial em qualquer casamento, significando simultaneamente a conservação, neste caso das lembranças dos melhores momentos a dois, que são essenciais.

9º Aniversário: Bodas de Cerâmica ou Vime

A delicadeza e aparente fragilidade do vime, que é também resistente, significa que os 9 anos de união matrimonial representam, certamente, um casal sólido, que já passou pelos normais “sobressaltos” de uma vida a dois. O vime une-se também à força e estabilidade da cerâmica, cuja peças têm de ser submetidas a altas temperaturas, mas que também têm de ser tratadas com cuidado e delicadeza, tal como deve ser num casamento.

Foto: Ludgi Fotógrafos

10º Aniversário: Bodas de Estanho ou Zinco

Conhecido por poder ser facilmente maleável, o estanho acaba por significar o que tem mantido a relação durante dez anos, com boas perspetivas futuras: a recetividade e capacidade de cedência e adaptação aos desentendimentos do dia-a-dia, bem como às particularidades mais “complicadas” da personalidade de cada um. O zinco, por sua vez, conhecido por servir de proteção contra a ferrugem de alguns materiais, como o ferro e o aço, por exemplo, acaba por significa que, neste período da vida a dois, o casal já desenvolveu uma espécie de “barreira” contra os pontos negativos que interferem na construção de um bom relacionamento.

É, precisamente, no 10º aniversário que muitos casais optam pela renovação dos seus votos de casamento, reafirmando o amor e o seu comprometimento para as próximas décadas que se avizinham.

Foto: Arte Magna

❤ O “segundo patamar” do matrimónio

11º aniversário: Bodas de Aço

O aço, elemento que garante estabilidade, foi o material escolhido para a comemoração da tenacidade dos 11 anos de casamento. A verdade é que o aço é o principal material para fazer os alicerces de muitas construções, pois mesmo quando sofre um forte impacto deforma-se, mas não se rompe. Assim, ao longo dos onze anos de casamento, o casal já terá passado por muitos “impactos”, mas terá sido capaz de se moldar para não “romper” a sua união.

12º aniversário: Bodas de Seda ou Ónix

Suavidade, subtileza, riqueza e cuidado na relação são a simbologia que a seda aporta a um casamento de 12 anos, um material fino e delicado, produzido de uma forma lenta e mora, mas cujo resultado obtido é inigualável, á que embora seja o tecido mais copiado no mundo, nunca a sua nobreza e glamour foi alcançada por uma imitação. Por seu turno, a pedra Ónix é conhecida pela sua raridade, beleza e exuberância. Assim, um casamento que alcança os 12 anos pode ser considerado delicado como a Seda e bonito como a Ónix.

13º aniversário: Bodas de Renda ou Linho

Transparente, fina e delicada, produzida através de um moroso trabalho artesanal, a renda é aqui escolhida para comemorar os 13 anos de casamento pois este terá também a característica da transparência e resultará de uma união conquistada com esforço. Por seu turno, nesta fase o casamento também idêntico ao linho, um tecido de alto luxo, que simboliza conforto e elegância e que fica mais forte e com melhor aparência a cada lavagem. Assim, 13 anos de uma união forte e bonita!

14º aniversário: Bodas de Marfim

Sendo que a lógica dos materiais associados às bodas é que quanto mais tempo o casal permanece junto, mais nobre é o elemento, chegamos ao marfim para comemorar o 14º aniversário do casamento, por ser um material de grande força e valor. De acordo com a interpretação das bodas de casamento, neste período o casal já desenvolveu uma relação muito mais sólida e concreta, após passar por diversos tipos de obstáculos na sua vida a dois.

15º aniversário: Bodas de Cristal

As bodas de cristal fazem referência ao elevado nível de maturidade que, supostamente, a relação atingiu ao longo de 15 anos. A transparência, confiança e dedicação entre o casal são fundamentais para construir um casamento de qualidade e, neste aniversário, os ainda apaixonados merecem uma comemoração especial.

Foto: André Lima Photography

Muitas vezes, após os 15 anos de casamento, os aniversários começam a comemorar-se apenas de 5 em 5 anos. Mas a verdade é que todos os anos continuam a contar para celebrar a união e todos eles estão associados a um material. Por isso, aqui continuamos nós.

16º aniversário: Bodas de Safira ou Turmalina

Tal como a safira, que é encontrada na natureza e lapidada para poder ser utilizada em joias, também o casamento aos 16 anos foi lapidado diariamente, pelas alegrias e tristezas, tornando-se precioso e brilhante como uma joia rara. Entretanto, as várias cores da safira representam as diversas etapas do amor e os níveis ao qual foram elevados, resultando em algo imponente e valioso.

17º aniversário: Bodas de Rosa

As rosas são lindas, perfumadas e muito românticas, mas apesar de toda a sua beleza também possuem espinhos. Assim, e tal como acontece com as rosas, aos 17 anos de casamento um casal já passou por coisas maravilhosas – construiu uma vida em conjunto e aprendeu a amar de variadas formas – mas também teve de enfrentar muitos desafios (espinhos), que foram surgindo ao longo do tempo. Apesar disso, os dois continuam a regar o amor, para que ele se mantenha belo como uma rosa.

18º aniversário: Bodas de Turquesa

A turquesa é uma pedra azul que representa o céu e o mar. Ora, quer o céu como o mar podem passar por transições: o mar pode ser calmo e sereno, mas também agitado; o céu pode ser límpido e azul, mas também tempestuoso. Nesta etapa do casamento, o casal já passou por muitas turbulências, mas após a tempestade veio o sol, e depois do mar agitado, veio a calmaria. O casal conseguiu lidar com todos os desafios que foram surgindo ao longo dos anos, fortalecendo ainda mais a sua união.

19º aniversário: Bodas de Cretone ou Água-Marinha

A água marinha representa a felicidade, pelo que nesta etapa o casal consegue ver o que já viveu e conseguiu a dois, os desafios superados e ultrapassados, bem como as conquistas alcançadas. Tal como a água-marinha, repleta de vida e beleza, o casamento está fortificado pela alegria, que consegue transmitir aos outros.

20º aniversário: Bodas de Porcelana

A porcelana é delicada e parece frágil, mas a verdade é que, se for cuidada, supera o teste do tempo. Assim, uma das principais interpretações dos aniversários de casamento associadas à porcelana está relacionada com a sua resistência, referindo-se ao facto da união se ter mantido longo do tempo porque houve zelo e a atenção por parte do casal. Outro detalhe que remete ao uso da porcelana como símbolo do vigésimo aniversário de casamento é todo o processo necessário para que este material atinja a sua máxima qualidade. Por norma, os casais comemoram as bodas de porcelana com uma festa, reunindo os amigos e familiares, reafirmando todo o compromisso e companheirismo que foi vivido nas últimas duas décadas.

Photo by Pablo Heimplatz on Unsplash

❤ Até o 30º aniversário de casados

21º aniversário: Bodas de Zircão

Por ser um mineral de estrutura cristalina, parecido com o diamante, muitas vezes substitui-o. Possui a capacidade de resistir a processos geológicos, ao transporte, ao metamorfismo ao mais alto grau e a erosões, variando também de cores, que vão desde o incolor, ao amarelo dourado, vermelho, castanho ou verde. Por tudo isto, o zircão representa bem uma união de 21 anos: o facto de ser cristalino traduz a transparência da relação do casal; a variação de cores faz referência à capacidade de adaptação do casal a diferentes situações da vida e a resistência do mineral representa a solidez do relacionamento adquirida ao longo dos anos.

22º aniversário: Bodas de Louça

A louça, tendo a função de servir ou acomodar líquidos ou sólidos, significa que o casal continua a oferecer o que tem de melhor, acomodando ou suportando qualquer situação que possa surgir.  Por seu turno, tal como é preciso manusear a louça com cuidado, para evitar partir-se ou rachar, com 22 anos de casamento o relacionamento necessita de muito carinho, amor e, sobretudo, respeito, porque apesar de ser resistente, pode sofrer pequenas rachas com os desentendimentos e discussões.

23º aniversário: Bodas de Palha

A palha tem diversas utilizações, desde o artesanato (para tecer, armar objetos, forrar, etc.) até servir como combustível. Por isso, indica que o marido e a mulher podem ainda construir muita coisa pela frente. Com 23 anos de casados, houve já muitas transições, atingindo um amadurecimento que permite criar e construir coisas novas, dando sentido e beleza à relação.

24º aniversário: Bodas de Opala

Esta pedra é um mineral raro e de beleza única. A palavra “opala” significa mesmo “pedra preciosa”, sendo que a sua preciosidade está na sua inigualável variação de cores, que se alteram consoante o ângulo em que a observamos e impossibilita a definição concreta de uma cor. Esta particularidade, que gera um arco-íris e uma combinação perfeita de luzes e cores, define também esta fase da união, que precisa de fazer aflorar a sua beleza interior. O casal precisa de dar cor e brilho ao amor que os une, de reviver bons momentos, de se redescobrir, de partilhar coisas juntos. Uma relação de 24 anos é como uma pedra preciosa, que além de bela e incomparável é admirada pelos os que estão ao seu redor.

25º aniversário: Bodas de Prata

A Prata é um metal nobre, maleável, que quando se une a outros metais, nomeadamente o cobre, se torna mais resistente. Com 25 anos de união, o casamento foi-se fortalecendo ao longo dos anos, com cada desafio e obstáculo que o casal foi vencendo, ao mesmo tempo que se teve de manter maleável, para conseguir lidar com as diferenças existentes entre ambos, sem perder o seu brilho. É por esta altura que se faz a renovação de votos – e uma festa de arromba! Um quarto de século é uma celebração muito importante na vida de qualquer casal e a “desculpa” perfeita para reunir amigos e familiares.

Foto: Vanessa & Ivo

26º aniversário: Bodas de Alexandrita

É uma das pedras mais caras, de origem russa, também conhecida como Olho de Gato. É uma pedra muito preciosa, pois tem a capacidade de mudar a sua cor consoante a luz. Dizem mesmo que a pedra Alexandrita é uma esmeralda de dia e um rubi à noite, pois à luz natural apresenta uma cor verde oliva e à luz incandescente uma cor vermelhaÉ também uma pedra rara, já que a combinação de minerais que ela possui não é fácil de ser encontrada,  incluindo titânio, ferro e cromo.

27º aniversário: Bodas de Crisopázio

A pedra que marca os vinte e sete anos de casamento é a variedade mais valiosa do quartzo cripto/microcristalino, que hoje raramente é encontrada.  Também o casamento rumo à terceira década é raro, solidificado pelas tempestades, resistente aos desertos, enraizado na persistência do amor.

28º aniversário: Bodas de Hematita

Também conhecida por diamante-negro, a pedra que representa os 28 anos de casamento é sinal de união e é também conhecida por aumentar a coragem. E assim como a hematita se forma durante anos e anos, a beleza do casamento consiste em viver os desafios de cada dia.

29º aniversário: Bodas de Erva

As ervas são capazes de provocar diversas sensações, tais como a alegria, a paz interior, o bem-estar e até a cura. Para além disso, o aroma de uma erva relaxa e é capaz de limpar a alma, deixando-nos revigorados. Aos 29 anos de casamento foram muitos os aromas que o casal partilhou: há muitas coisas boas para recordar, muitas alegrias, muito amor, mas também muitas dificuldades que foram superadas em conjunto e que puderam – tal como as ervas – curar, acalmar, consolar e revigorar, proporcionando o crescimento a dois e uma união cada vez mais forte.

30 anos: Bodas de Pérola

As pérolas formam-se dentro das ostras, resultando de um mecanismo de defesa destes moluscos, sendo uma boa metáfora para um casal que comemora 30 anos de casamento, pois teve de enfrentar diversos “invasores” e adversidades ao longo dessas três décadas. O amor e o compromisso do casal fez com que todos os problemas enfrentados se transformassem em “pérolas”, ou seja, ajudou a fortalecer ainda mais o relacionamento. Preciosa e bela, a pérola lembra que o que interessa é o que está dentro de nós e o que nós realmente somos, representando a convivência, o amor verdadeiro e a cumplicidade que existe entre o casal.

Foto via Pixbay

❤ Até ao casamento de ouro!

31º aniversário: Bodas de Nacár ou Madrepérola

A madrepérola ou nacár é uma substância calcária, branca dura e brilhante, que reveste o interior de conchas.  Trata-se do elemento escolhido para marcar a 31ª boda por ser resistente e rica, representa muito bem todos os anos de convivência do casal.

32º aniversário: Bodas de Pinho

O aroma balsâmico do pinho empresta o seu significado às bodas de 32 anos. Para os celtas, tratava-se da árvore do nascimento, representando a família. Por seu turno, é um material muito resistente, embora seja necessário passar por várias fases até se conseguir essa solidez,  tal como num casamento com mais de três décadas. A verdade é que não é fácil manter o sentimento suficientemente forte para continuar o caminho da vida juntos e só com muito carinho e cuidado um com o outro é que é possível chegar a esse patamar de união.

33º  aniversário: Bodas de Crizo

Chamam-lhe bodas de crizo, mas na verdade a pedra que lhe dá origem é a crisólita, conhecida pelos gregos como a pedra de ouro e Topázio pelos antigos. Dizem que proporciona a abertura a novas experiências emocionais de uma forma leve e planeada, pois leva-nos a olhar o mundo com uma melhor perspetiva.

34º aniversário: Bodas de Oliveira

A árvore que é símbolo da paz foi escolhida para marcar o 34º aniversário de casamento. Na Bíblia, é citada como a árvore sagrada, é a árvore espiritual, sendo também bastante resistente às adversidades do tempo. Assim, significa paz, tranquilidade e perseverança, ao mesmo tempo que representa os 34 anos de resistência às intempéries da vida quotidiana.

35º aniversário: Bodas de Coral

Tal como o coral é formado a partir da acumulação de sedimentos, ganhando forma e intensa durabilidade com o passar do tempo, também a relação vai sendo moldada e construída ao longo dos anos, deixando para trás alguns obstáculos e sendo cada vez mais forte e duradoura. Por seu turno, os corais são de rara beleza, e existem nos oceanos e mares, alguns bastante coloridos, servindo de abrigo para várias espécies marítimas. Por isso, no casamento o coral significa também abrigo, pois após tantos anos juntos, onde é que se vai procurar abrigo a não ser no aconchego dos braços do companheiro? Para além disso, significa a beleza de uma união duradoura, sendo que aos 35 anos a vida do casal deve ter todas as cores e a alegria do coral.

Photo by Esther Wiegardt on Unsplash

36º aniversário: Bodas de Cedro 

Esta árvore de grande porte, que pode atingir entre 20 a 25 metros só no tronco, representa a solidez de uma união que chega aos 36 anos. É uma madeira forte, altiva, que resiste ao tempo e ao vento, e ainda é capaz de ser medicinal, com seus óleos e chás milagrosos.

37º aniversário: Bodas de Aventurina

Mais uma pedra que simboliza o casamento, neste caso aqueles que completam 37 anos. A aventurina é uma espécie de quartzo colorido ou esverdeado, que significa prosperidade e é muito positiva, purificando mental e emocionalmente, trazendo o equilíbrio para o corpo físico. Por ter um efeito calmante e provocar uma sensação de bem estar, traz paz ao coração do casal, inspira paciência e encoraja a tolerância.

38º aniversário: Bodas de Carvalho

O carvalho é uma das mais antigas árvores da floresta, representando simbolicamente todas as demais. Ou seja, quem tem o conhecimento do carvalho possui o saber de todas as árvores. Se fizermos a analogia ao casamento, significa que o casal possui o conhecimento para resolver os problemas e os impasses da vida, dos filhos e dos netos, mantendo a família unida. Quanto mais o tempo passa, melhor fica a relação: assim como o carvalho não é apenas testado, mas enrijecido pelas tempestades, a provação não testa só o valor do casamento, mas aumenta-o.

39º aniversário: Bodas de Mármore

Tantos anos pressupõem que o casal já passou por muitas situações. Por isso, assim como a pedra calcária branca ou colorida precisa de um polimento para se transformar num bonito mármore brilhante, também a relação nesta altura precisa do mesmo para voltar a brilhar.

40º aniversário: Bodas de Rubi

Da cor da paixão, o rubi é vermelho vivo, representa o auge do amor e da paixão, recordando os casais que devem manter a chama do seu amor acesa. É também a pedra mais dura da natureza, mostrando que a relação é resistente e duradoura, cujos elementos são duas pedras preciosas e de beleza singular. No casamento,  o rubi significa solidez e nobreza. 40 anos: um aniversário que não é para qualquer um!

Photo by rawpixel on Unsplash

41º aniversário: Bodas de Seda

A mais valiosa mercadoria da China na antiguidade, o fio delicado e brilhante resulta do trabalho minucioso do bicho-da-seda. Significa a suavidade, sutileza, riqueza e cuidados na relação.

42º aniversário: Bodas de Prata Dourada

Nem tão amarelo como o ouro e nem tão cinzento como a prata: a prata dourada é o tom da comemoração dos 42 anos de casamento. Expressa vibração elevada, vigor, inteligência superior e nobreza, representando o requinte desta data especial.

43º aniversário: Bodas de Azeviche

Tal como o coral ou a pérola, o Azeviche ou Âmbar Negro (black amber)  é uma gema orgânica produzida por plantas e animais, representando comprometimento e cumplicidade.

44º aniversário: Bodas de carbonato

O carbonato é formado por cristais naturalmente cimentados, que se transforam numa massa compacta, podendo ser encontrado em grutas ou cavernas. Em analogia ao casamento, depois de 44 anos anos juntos, o casal já sedimentou os seus sentimentos numa massa compacta.

45 anos: Bodas de Platina ou Safira

platina juntamente com a safira marcam o 45.º aniversário. Em relação a esta última, pode ser de muitas cores, embora a azul esteja reservada para um aniversário que iremos ver mais adiante. Num relacionamento, simboliza a afeição de quem nos é querido.

Já a platina é um metal nobre, sólido, maleável, altamente estável e de alto poder redutor (ou oxidante), o que dificulta a sua oxidação. Por isso,, as joias elaboradas com este material possuem alto valor de mercado e não são todas as joalherias que trabalham com o mesmo. Além disso, duram mais e não sofrem tanto com desgastes advindos do tempo. Tal como um longo relacionamento de 45 anos, que depois de tanto tempo deve assim durável e forte. No casamento, significa ainda a estabilidade, a coragem e a autoconfiança.

Photo by Jaddy Liu on Unsplash

46º aniversário: Bodas de Alabastro

Escolhido como símbolo para os 46 anos de casamento, o alabastro é uma espécie de mármore branco, translúcido e suscetível ao polimento. Significa prosperidade e fartura.

47 º aniversário: Bodas de Jaspe

A pedra da boda de 47 anos é semi preciosa, dura e opaca, surgindo na natureza normalmente na cor vermelha. Representa uma verdadeira conquista. 

48º aniversário: Bodas de Granito

Uma união é composta por inúmeros elementos, nomeadamente amor, amizade, cumplicidade, companheirismo. Tal como o granito, que é fruto de associações variadas.

49º aniversário: Bodas de Heliotropio

Trata-se de um mineral também conhecido como a pedra do sangue, que tem um poderoso curador, ajuda a purificar e limpar o organismo das impurezas. Está ligada à vitalidade, significa “sol” (helios) e “direção” (tropos) do grego, porque é capaz de refletir raios solares numa cor avermelhada. A ela também estão associados a calmaria, pureza e longevidade, tal como os 49 anos de casamento.

50 anos: Bodas de Ouro

Uma das comemorações mais tradicionais. Cinquenta anos juntos é uma meta memorável, celebrada com o ouro,  um dos metais mais reconhecidos, valiosos e belos que existem, utilizado ao longo da história como um sinónimo de riqueza e fartura. Em analogia com o casamento, aos 50 anos de matrimónio este material simboliza a nobreza da união, que se manteve forte e inabalável durante todos estes anos.

A data merece uma grande festa, com a renovação dos votos, promessas e troca de alianças. Cumprir 50 anos de casamento é muito especial quer para os cônjuges, como para as suas famílias, que nesta altura já são muitas vezes extensas. Já com o peso dos anos, a celebração além de emocional, é muito meritória: um amor inquebrável, que superou todo tipo de obstáculos.

A celebração das bodas de ouro surgiu na Alemanha, onde existia a tradição de fazer uma festa com uma cerimónia onde os casais recebiam uma coroa de ouro. Atualmente, a tradição mais comum é a troca de novas alianças de ouro, que podem substituir as antigas ou serem usadas em conjunto.

Foto via Pixbay

❤ Até aos 60 anos de casados!

51º aniversário: Bodas de Bronze

A grande popularidade deste metal deve-se à sua enorme resistência estrutural, à não corrosão atmosférica e à facilidade de fundição. Resumindo: é resistente, fácil de fundir e não cede à corrosão, tal como  um relacionamento pode ser caracterizado após 51 anos de união.

52º aniversário: Bodas de Argila

O elemento que representa os 52 anos de casamento foi uma das primeiras formas de medicina natural conhecidas pelo homem, pelas suas virtudes terapêuticas, sendo de grande significado para o crescimento pessoal. Substância terrosa, a argila adquire uma consistência plástica quando é misturada com a água, sendo que quem a molda fica com uma sensação de calma, paz e alegria, sendo por analogia um reconhecimento da sensibilidade, da perceção e da afetividade. 

53º aniversário: Bodas de Antimónio

Trata-se de um mineral que pode ser trabalhado tomar a forma que se deseja, o que demonstra que a maleabilidade é tudo numa relação.

54º aniversário: Bodas de Níquel

O símbolo dos 54 anos de união é um metal branco prateado, usado como catalisador. Dele são feitas as moedas, pelo que representa o valor do casamento.

55º aniversário: Bodas de Esmeralda

Com perseverança e amor o casal continua o seu caminho junto. O verde da esmeralda é uma cor calmante, pelo que, neste caso, representa a paz e tranquilidade de um relacionamento duradouro. Por seu turno, esta é a pedra da espiritualidade e evolução da alma por meio do amor incondicional, sendo por isso a analogia perfeita para quem atingiu esta histórica data, que tem, para além do amor e do respeito, valores como paz e harmonia entre toda a família.

Photo by Marisa Howenstine on Unsplash

56º aniversário: Bodas de Malaquita

Um dos minerais mais antigos, usado há milhares de anos pelas suas propriedades transformadoras, que alegadamente assimila as energias negativas e proporciona a luz. Cleópatra utilizava pó de malaquita como cosmético.

57º aniversário: Bodas de Lápis Lazuli

Esta pedra preciosa favorece a clareza mental, o senso de força e vitalidade, amplia o pensamento e atrai a verdade. Representa a verdade e a vitalidade de um relacionamento com 57 anos.

58º aniversário: Bodas de Vidro

Transparente e sólido como uma união deve ser, o vidro também é frágil, pelo que este material volta a demonstrar que, apesar de todos os anos de convivência, a relação só se mantém quando é bem cuidada.

59º aniversário: Bodas de Cereja

O sabor e a cor da cereja são tão intensos que, segundo algumas tradições, são comparados ao primeiro gosto do amor. Associada ao erotismo, na vida do casal a cereja lembra que tudo tem um ciclo e que o ditado “cada coisa a seu tempo” faz todo o sentido. Os frutos semeados amadurecem para depois serem colhidos e nesta altura as emoções do casal estão em perfeito equilíbrio.

60º aniversário – Bodas de Diamante

O diamante é considerado um dos elementos mais resistentes e estáveis de toda a natureza. Por isso, ao completar 60 anos de casamento, o casal atingiu um nível de total consolidação, um nível de indestrutibilidade idêntico ao da pedra que o representa. Todos os obstáculos já foram ultrapassados e os dois mantiveram-se unidos para superar todos os desafios. Popularmente, costuma-se até dizer que, quando o casal chega às bodas de diamante, o relacionamento não terá mais fim. Será eterno.

De todas as bodas de casamento, as de diamante são as mais festejadas, seguidas das de ouro (50 anos), de prata (25 anos) e de estanho (10 anos).

Tradicionalmente, estas bodas de diamante são festejadas aos 75 anos, mas como nem sempre se chega a esta data, optou-se por também a celebrar um pouco antes.

Foto Pixbay

❤ Até aos 80 anos de casamento!

A partir deste ano, normalmente faz-se a celebração a cada cinco anos. No entanto, cada ano continua a ter um elemento associado. Assim:

61º aniversário: Bodas de Cobre

O cobre é um metal resistente ao tempo e, mesmo envelhecido não deixa de ser belo e charmoso. Por seu turno, a sua possibilidade de voltar à sua cor natural traz-nos a esperança de que é sempre possível restaurar aquilo que o tempo às vezes deixar passar despercebido no casamento.

62º aniversário: Bodas de Âmbar (ou Telurita)

A pedra âmbar é uma pedra de surpreendente beleza, cuja formação acontece a partir de vários elementos da natureza, inclusive os já descartados. É conhecida como tendo um poder estabilizador e por isso está associada à estabilidade dos 62 anos de casamento.

63º aniversário: Bodas de Sândalo ou Lilás

O sândalo é uma árvore originária da Índia, que demora entre 50 a 80 anos para atingir a sua plena maturidade. Por seu turno, a sua fragrância duradoura só melhora com o tempo. Tudo a ver com 63 anos de casamento, não concorda?

64º aniversário: Bodas de Rodocrosita

A pedra de cor avermelhada deve o seu valor às lendas indígenas. Os índios veneravam-na como pedra do amor.

65º aniversário: Bodas de Safira azul

Simboliza a lealdade e a verdade, a coragem e a autoconfiança. Depois de tantos anos juntos, o casal reconhece que a sinceridade é um dos ingredientes mais importantes de qualquer romance.

Photo by Matthew Bennett on Unsplash

66º aniversário: Bodas de Ébano

Trata-se de uma madeira nobre, das que têm maior qualidade do mundo, e possui uma tonalidade de cor negra intensa. Cada vez mais rara, é uma das poucas madeiras que não afunda na água. Por isso, é como um casal que chega aos 66 anos de união, já está fortalecido depois de ter experimentado tantas situações que os ajudaram fortalecer e continuar a manter viva a chama do amor.

67º aniversário: Bodas de Neve

A neve é um fenómeno de extrema beleza cénica, tal como a união de duas pessoas que chega aos 67 anos de vida a dois.

68º aniversário: Bodas de Chumbo

Conhecido desde a antiguidade, o chumbo é usado pelos humanos há, pelo menos, sete mil anos. É altamente maleável, tal como será um casamento aos 68 anos de convivência.

69º aniversários: Bodas de Mercúrio

Uma das características do mercúrio é estabelecer liga com muitos outros metais, assim como um casal que permanece o elo da família.

70º aniversário: Bodas de Vinho

A analogia é simples: alguns vinhos ficam melhores quanto mais envelhecidos forem. Muitos chegam a ser mais valiosos que um diamante.

Foto: Pixbay

71º aniversário: Bodas de Zinco

O zinco é conhecido por servir de proteção contra a ferrugem de alguns materiais, como o ferro e o aço, por exemplo. Numa comparação direta às bodas de 71 anos anos, é fácil de entender a analogia a este material: os casais desenvolvem todas as ferramentas para proteger a relação contra os pontos negativos e que interferem na construção de uma vida a dois saudável.

72º aniversário: Bodas de Aveia

O cultivo da aveia remonta a tempos imemoriais. É um cereal muito rico.

73º aniversário: Bodas de Mogno

Esta árvore de grandes proporções, que pode chegar a alturas entre 25 e 30 metros, representa a união longa e duradoura.

74º aniversário: Bodas de Macieira

A maçã surge aqui como o símbolo da igualdade entre o casal, em todos os sentidos. Porque entre um casal não deve existir arrogância, prepotência, o poder da força bruta. Por seu turno, a maçã é um fruto suculento e saboroso mas, ao mesmo tempo ácido e frágil, representando o amor e a fertilidade que gerou uma família,

75º aniversário: Bodas de Diamante Talhe Brilhante

Não se trata propriamente de uma pedra, mas um tipo de lapidação, que produz uma joia de 57 faces. Existem brilhantes de diamantes, rubi, zircão etc. É o sonho de todos os casais chegar a este aniversário.

80º aniversário: Bodas de Carvalho

Conhece alguém que tenha celebrado as bodas de carvalho? Será difícil, mas é possível, sobretudo com o aumento consecutivo da esperança média de vida. Em relação à analogia, esta majestosa árvore nobre é dura, impermeável e altamente resistente. Considerada como uma árvore sagrada, representa a força moral e física.

Foto: Irina Nedyalkov

E agora que já sabe quais os elementos associados a cada aniversário, não deixe de comemorar. Se formos à origem etimológica da palavra “boda, ela provém da palavra latina votum, que significa promessa. Desta forma, quando comemorar as bodas a cada ano, por ocasião do dia do casamento, estará a renovar as promessas feitas e a festejar a felicidade a dois.

E para uma relação duradoura, veja as nossas dicas para uma relação saudável e feliz.

Talvez também lhe interesse:

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Foto: Instante Fotografia
Regras para ser feliz: 5 conselhos que valem ouro!
Decida ser feliz. Só isso já basta! E esta, hein?
Foto: Adriana Morais
6 atitudes que revelam maior intimidade num casal que o sexo: venham conhecê-las!
A vida a par tem tantos momentos que merecem ser lembrados... Por sabermos isso, não resistimos: revelamos-lhe, hoje, 6 atitudes que revelam maior intimidade num casal que o sexo!.. Vamos a elas?
Sergey Semikov Photography
Um gato no seu casamento: vale a pena levar o seu animal de estimação consigo?
Um gato é uma criatura orgulhosa e graciosa. Ao contrário de um cão, que está pronto para seguir o dono para todo o lado. O gato é dono de si e bastante independente. Vale a pena ter esse animal amante da liberdade num casamento?

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação