10 cidades onde morar é um verdadeiro sonho

O nosso planeta é um lugar rico em contrastes culturais. Na Zankyou, também, pretendemos manter um espírito cosmopolita que reflicta a sua vasta e variadíssima equipa, constituída por pessoas que vieram de todos os cantos do mundo. Somos cidadãos do mundo. De modo, a honrar e a fazer jus a esta ideologia e filosofia que nos une, realizámos uma pesquisa e busca pela redacção para perceber quais são as melhores cidades do nosso planeta para se viver. Depois de as visitar, quem sabe se não nos apaixonamos pelo seu ritmo de vida, cheiros e culturas que nos façam querer ficar lá um pouco mais…. e talvez mudarmo-nos para essas mesmas cidades!

Lisboa – Portugal

Lisboa mergulhou numa corrente moderna que tem vindo a intensificar o seu encanto tão peculiar e singular. É uma cidade única, bela com toda a sua complexidade, coberta de azulejos e com uma calçada que lhe é tão característica. Aqui vivem os portugueses de sempre, mas, também os jovens que vêem de todas as partes do mundo (quer para viajar, em lazer, Erasmus, intercâmbios,…) e que não têm vontade em deixar a cidade onde as cores e uma alegria contagiante primam.

A comida típica é também deliciosa e económica, as suas ruas são labirintos onde não se iria importar de se perder (porque aqui, perder-se seria sinónimo de se enriquecer espiritual e culturalmente), a sua criatividade que vislumbra os locais… Lisboa tem lugares míticos ricos em história, como a Torre de Belém, a Sé de Lisboa, palácios e a Praça do Comércio, mas tem, também, muita vida durante a noite. O trajecto nocturno ideal é o Bairro Alto, um lugar onde muitos jovens se encontram num ambiente boémio. Durante o Verão, existem também grandes festivais e festas, como por exemplo, os Santos. Eventos estes que atraem pessoas de todo o mundo!

ESB Professional
Foto vía Shutterstock: ESB Professional

Toronto – Canadá

Toronto é uma das cidades mais cosmopolitas do mundo, com o maior número de pessoas nascidas que aqui vivem em perfeita comunhão. Apesar desta miscigenação que caracteriza esta cidade, Toronto exibe, ainda, todos os estilos, quer sejam formais ou informais. É uma potência financeira e uma das  cidades mais seguras do mundo. Apesar da grande exuberância tecnológica e arquitectónica, Toronto tem explorado e exibido a sua vertente mais majestosa e mais natural: parques espalhados por toda a cidade, criando uma combinação perfeita entre um ritmo de vida acelerado com lugares tranquilos, assim como pistas para praticar desportivo e comboios que levam as pessoas numa viagem até à praia.

Está, também, repleto de associações de voluntariado, um serviço de transportes que se destaca, assim, com os serviços básicos que são muito acessíveis e com uma política de trabalho muito cuidado. Os canadienses têm, igualmente, ao seu dispor um dos melhores sistemas educativos do mundo e, por esta razão, todas as escolhas são verdadeiras referências mundiais.

Kiev.Victor
Foto vía Shutterstock: Kiev.Victor

Luxemburgo – Luxemburgo

Luxemburgo parece isolado do mundo e um grande desconhecido da Europa, no entanto, esconde grandes tesouros com uma verdadeira essência europeia. O seu aspecto medieval e muito europeu, mas que mantém a sua personalidade muito própria, com telhados negros e alguns deles pontiagudosne a cor bege que é a grande protagonista nas paredes dos edifícios. O seu centro histórico é Património da Humanidade e está construído num lugar perfeito, que se encontra dividido entre a La Ville Haute (Cidade Alta) e La Ville Basse (Cidade Baixa), separadas por escadarias e encostas. A natureza literalmente no meio da cidade é uma constante e combina maravilhosamente com os restantes aspectos arquitectónicos. Uma cidade de um verdadeiro conto que esconde muita magia e histórias desconhecidas. 

A capital do Ducado de Luxemburgo surge como uma das mais seguras e tranquilas de todo o mundo. Apesar de apresentar um aspecto muito característico da idade média, encontram-se, aqui, implantadas instituições europeias que a convertem numa capital económica, política, social, cultural e, especialmente, cosmopolita muito interessante. Chemin de La Corniche, um caminho/passeio que é considerado como sendo um dos mais bonitos da Europa, onde numerosas pontes atravessam os rios Alzette e Petrrusse marcam presença, assim como, miradouros. Luxemburgo é um grande tesouro que esconde um espírito romântico e boémio, simultaneamente.

gevision
Foto vía Shutterstock: gevision

Melbourne – Austrália

Melbourne foi já várias vezes seleccionada como uma das melhores cidades para se viver. A herança britânica é completamente perceptível na sua arquitectura victoriana que combina harmoniosamente com os edifícios mais modernos, criando um contraste fabuloso. Para além disso, Melbourne é, também, a cidade do desporto, pois acolhe vários eventos deste âmbito, dispondo de numerosos parques como o Alberta Park e o Jardim Botânico.

A sua rede de eléctricos é perfeita, conectando toda a cidade, para além, de disponibilizar também de caminhos especializados para as bicicletas que atravessam toda a cidade. As suas características são pontos a realçar, com praias magníficas como a Playa Bellsm uma grande referência mundial devido ao surf e pelo ambiente que a rodeia. A sua oferta cultural é inegável e bastante tentadora, as suas ruas são idílicas para dar passeios muito especiais… Quem sabe com aquela pessoa também especial? O SouthBank, que faz fronteira com o rio Yarra, exibe espectáculos dignos de caloros aplausos. Paralelamente, a Chapel Street é um dos bairros mais famosos entre os jovens que apresentam um estilo de vida mais alternativo, onde os brunch, que são tendência actualmente, fazem as suas delícias.

ymgerman
Foto: ymgerman

Madrid – Espanha 

Madrid é uma cidade que se pode dizer que tem praticamente tudo. É um centro urbano onde se pode desfrutar de longos e agradáveis caminhos pelas suas ruas, onde o lazer e a famosa “filosofia de bar” promove o crescimento das relações sociais num ambiente descontraído e onde cada canto conta uma história diferente. Apesar de ser capital espanhola, existem diversas formas de diversão e de passar tempo com qualidade, assim como, locais mais elitistas. Uma cidade rica que exibem edifícios com uma arquitectura bela, ruas e monumentos emblemáticos, como o Palácio Real, a Plaza Mayor, o Jardim do Retiro). Simultaneamente, é uma cidade jovem cheia de vida, independentemente da hora do dia, onde caminham pessoas com um estilo mais alternativo. As suas esplanadas e rooftops são conhecidas por todo o mundo, da mesma forma, que os seus parques a convidam para se perder na imensa natureza. As ruas Madrileñas são como uma caixinha de surpresa, onde se podem encontrar lojas com uma magia especial e pessoas amorosas.

Madrid apresenta-se como uma grande referência cultural, que tem servido de palco para muitas obras de arte que ficam conhecidas mundialmente. Museus e salas de exposição, ora com uma fama internacional ora de carácter mais íntimo, podem apreciar-se, servindo como uma autêntica fonte de criatividade e inspiração. Os sistemas de transporta são notáveis, merecendo destaque. A tolerância e multiculturalismo habitam também aqui! 

Matej Kastelic
Foto vía Shutterstock: Matej Kastelic

Chicago – Estados Unidos

É verdade que nos Estados Unidos existem diversas cidades que merecem ser citadas, no entanto, Chicago é uma das mais completas onde se pode viver. Foi aqui onde foi construído o primeiro arranha-céus do mundo e, por esta razão, tem-se assistido à proliferação deste tipo de arquitectura, destacando-se as famosas Sears Towers. Esta cidade é a combinação perfeita entre o ruído urbano da Magnificent Mile e a oferta de espaços onde se pode desfrutar ao máximo, como Navy Pier, que expõe um aglomerado de parques que assumem o papel de pulmão da cidade.

Assim como em Nova Iorque, Chicago é anfitrião de diversos bairros conhecidos internacionalmente: Chinatown e LittleItaly. Contudo, a quantidade de bairros onde se nos podemos deparar com pessoas de todo o género, como Andersonville e Lincoln Park, são perfeitos para viver (e comer!). Uma cidade jovem e fresca, com estudantes vindos de todos os cantos do mundo devido às universidades com um sistema de ensino de excelência, e que passam grande parte do seu tempo livre junto dos lados da cidade, Lake Path e Lake Shore Drive, como maiores referências.

marchello74
Foto vía Shutterstock: marchello74

Singapura – Singapura 

Singapura é um país insular com uma soberania inegável que faz fronteira com China e Índia. Apresenta-se como sendo um dos países mais prósperos de todo o mudo, exibindo aspectos e virtudes que a transformam em “imprescindível”. Viver em Singapura é um luxo e um seguro de vida, pois a sua educação, sanidade, política e competitividade económica são uma das mais importantes.

O seu carácter urbano é um autêntico protagonista, internacionalmente, uma vez, que se podia considerar toda a cidade. Numerosos arranha-céus e locais de lazer contemporâneos, como Clarke Quay ou Boat Quay (mais tradicional) preenchem a tela. Esta cidade, também, tem vindo a hospedar a excelência no seu dia-a-dia, com variadas possibilidades de diversão e onde se pode usufruir da natureza através dos diversos parques que foram construídos para este efeito. Neste sentido, o governo da Singapura demonstra uma grande esforço para conservar o meio ambiente e tem vindo a reduzir a poluição, restringindo a circulação de veículos, apelando ao uso de meios de transportes.

Sean Pavone
Foto vía Shutterstock: Sean Pavone

Berlim – Alemanha

Berlim é uma cidade rica em história, aprendizagem, grandes lições de vida e, especialmente, a casa de muitos espíritos livres. Faz parte do grupo das cidades modernas pela sua excelência, apresentado um dos movimentos alternativos e boémios mais importantes à escala mundial, onde os jovens e maiores se unem, partilhando as suas ideologias e criatividade com vista a conquistar e alcançar um mundo mais apaixonado, cultural e livre. Os erasmus e outros estrangeiros são os que não têm conseguido resistir à tentação desta cidade com uma personalidade vibrante.

Apesar de estar literalmente no centro da Europa, morar em Berlim não é tao dispendioso como muitas pessoas pensam. A sua colectânea de parques que faz uma fiel homenagem à natureza e a língua inglesa que é tão utilizada como o alemão são algumas das características desta cidade, onde existem muitos artistas uma vez que muitos dos trabalhos corporativos se encontram noutras cidades alemãs. Com a chegada da estação mais quente, a cidade enche-se de festivais e espectáculos ao ar livre, convidando pessoas vindas de todos os cantos do globo. Durante o Inverno, as actividades de lazer são transferidas para cafés hipsters, discotecas clandestinas (bairro de Kreuzberg) e outros lugares alternativos que proporcionam convívios (Parque Urban Ufer). Portanto, estas são as principais formas de vida para os jovens adultos. A sua história é digna para ser contada em diferentes museus, memoriais e recordações que encantam os locais e os turistas, com peças e modelos únicos sobre a Humanidade, nomeadamente, o Muro de Berlim, a Porta de Brandeburgo e o Checkpoint Charlie.

canadastock
Foto vía Shutterstock: canadastock

Tóquio – Japão

Uma grande referência para o mundo desenvolvido devido à sua qualidade de vida invejável e a perfeita combinação de diferentes ambientes. Nesta cidade, vive-se um estilo de vida frenético e acelerado que caracteriza o dia-a-dia dos seus habitantes, como em Shibuya Crossing, que se encontra, simultaneamente, associado à calma e tranquilidade que se pode respirar nos seus santuários e templos, como por exemplo, Santuário Meiji Jingu ou o Templo de Sensoji. Ambos, encaminham-nos para um mundo rico em paz que fortalece o nosso espírito. O monte Tankao é, por exemplo, um convite muito tentador para nos desconectar-mos e perder-nos na natureza pura e plena.

A sua aposta na tecnologia é tão ambiciosa que tem feito com que Tóquio se converta numa das cidades mais sofisticadas neste âmbito. Podemos confrontar-nos com diversos centros de investigação que abrem as suas portas ao público, inovações espectaculares e projectos que acabam por melhorar, de uma forma geral, o rendimento da cidade. A gastronomia que assenta em Tóquio é uma verdadeira homenagem à arte da culinária. A vida nocturna que se vive nas discotecas, pubs e bares de karaoke tem muito prodígio, assim como, os numerosos parques que fazem homenagens à arte vanguardista. De uma forma geral, é possível inspirar um estilo excêntrico, que distingue esta cidade das restantes.

f11photo
Foto vía Shutterstock: f11photo

Copenhaga – Dinamarca

Semelhante a Amesterdão ou Berlim, Copenhaga é uma cidade perfeita para se movimentar de um canto da cidade para outro de bicicleta. A estrutura das suas estradas permite exactamente isso, contribuindo para a preservação do meio ambiente. Por esta razão, mais de metade dos seus habitantes usam as bicicletas para se deslocarem e todas as infra-estruturas encontram-se preparadas para a livre circulação dos mesmos.

A oferta cultural de Copenhaga é bastante ampla e variada e a sua vida nocturna, no centro, é muito animada. A cidade, em toda a sua extensão, é digna de qualquer passeio, fotografia e experiência. Desde a famosa Nyhavn até aos palácios, como o de Amalienborg, ou os parques, Rosenborg ou Frederiksberg, por exemplo, conferem a primazia a Copenhaga.

Scanrail1
Foto vía Shutterstock: Scanrail1

Apaixonou-se por alguma destas cidades? Por vezes, acreditamos que grandes amores só existem mesmo um, mas com esta selecção de cidades, parece quase impossível escolher uma! Se as visitar, já sabe o que poderá acontecer: não querer voltar para casa. 

Dê-nos a sua opinião

Na mesma casa: 28 coisas que os casais descobrem quando vão morar juntos!
Na mesma casa: 28 coisas que os casais descobrem quando vão morar juntos!
Os grandes responsáveis pelo bom e pelo menos bom que uma casa novinha em folha implica são mesmo vocês, e claro qu...
9 dos melhores fotógrafos de casamento em Faro
9 dos melhores fotógrafos de casamento em Faro
Conheça alguns dos melhores fotógrafos de Faro para o seu casamento e solicite informação grátis sem compromisso! ...
M´AR De AR Muralhas. Foto: Subtilography
Os 9 mais belos espaços de casamento no Alentejo
Conheça alguns dos melhores espaços no Alentejo e solicite informação gratuita e sem compromisso!
Fato de noivo Núpcias by Michelle. Foto: Ricardo Meira
Madeira escolhida como o melhor destino insular do Mundo!
Parece ser que não somos os únicos que pensamos assim, já que a Madeira acaba de ser distinguida pelos World Traver Awards (WTA) como o melhor destino insular do Mundo!!
Golden Days Photography
Mónica & Gonçalo: o terceiro encontro, foi para sempre!
De amigos de infância ao altar. Hoje contamos-lhe a íncrivel história de amor de Mónica e Gonçalo que o destino juntou.

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Trabalha no mundo dos casamentos?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação