8 notas para 8 casamentos muito especiais em Games of Thrones

Game of Thrones, uma famosa série de televisão norte-americana, continua a ser um autêntico êxito à medida que as temporadas avançam. De facto, tem-se afirmado como um verdadeiro fenómeno que tem vindo a conquistar as mais diversas gerações, pelo que continua na boca do mundo e erguendo-se como um aspecto que faz parte da cultura popular. Portanto, como não falar desta série tão badalada? Neste sentido, fazemos um flashback para recordar os vários casamentos que já fizeram parte desta narrativa tão cativante, juntamente com o nosso ponto de vista para oferecer uma inspiração às futuras gerações.

Daenerys Targaryen e Khal Drogo 

A futura Khalessi viu-se obrigada a casar-se com um guerreiro selvagem devido à ambição do seu irmão Viserys, herdeiro do trono e empenhado em reunir um exército dothraki. O casamento incluía orgias, lixo e uma repulsão infinita pelas pessoas do bem, culminando com o consumo selvagem do próprio matrimónio, onde Daenerys foi tratada como um simples objecto. À medida que o tempo passava, este casamento imposto foi-se transformando em amor, graças à aprendizagem que Daenerys foi adquirindo no que toca à arte do sexo e do carinho. No entanto, maldições e determinados acontecimentos que deixaram a nossa protagonista de cabelos brancos.

Notas: Daenerys teve que suportar e passar por muitos “obstáculos”, antes de se tornar uma referência de governanta e mulher. Deixando de parte o papel que desenrolou para com Drogo, este casamento teve os seus aspectos positivos: ajudou-a a crescer como amante, conquistando um grande exército que, actualmente, é a chave para o domínio do Trono de Ferro. Para além disto, este casamento ofereceu-lhe, ainda, a possibilidade de assistir um espectáculo lamentável em Essos e de se converter numa referência com a libertação dos escravos. Desta forma, o casamento não foi assim tão negativo para ela.

Juego de Tronos
Foto: Juego de Tronos

Robb Stark e Talisa Maegyr

O casamento entre estas duas personagens não durou muito devido ao Casamento Vermelho (um acontecimento que aconteceu posteriormente e que explicaremos mais à frente). No entanto, foi um dos enlaces mais honestos que vamos destacar neste post. O Rei do Norte escolhe a sua mulher para completar a sua vida, a qual acaba por exercer um papel de enfermeira na guerra depois de renunciar uma vida na nobreza para ajudar próximo. Para além deste facto, a sua união foi, também, muito especial: debaixo de uma árvore em plena noite, vivendo uma cerimónia muito íntima.

Nota: Mesmo que tenha sido uma das celebrações mais duras na série, foi, igualmente, uma das poucas que se realizou por amor e não por questões de poder. A sinceridade do casal e o desejo que nutriam para alcançar um mundo do bem eram perceptíveis. Desta forma, tinham uma causa em comum. Para além disto, foi um casamento que colocava um fim aos estereótipos e tradições das classes ao unir um rei com uma pessoa “normal”.

Juego de Tronos
Foto: Juego de Tronos

Tyrion Lannister e Sansa Stark

Tyrion e Sansa depararam-se num casamento que prometia uma aliança entre o norte o sul, assim como a ampliação do poder real. O amor era pouco, enquanto que a obrigação era toda, com ameaças pelo meio. Para além disto, o adolescente e o rei Joffrey, conhecido pelo seu sadismo e maldade, converteu o matrimónio num acontecimento humilhante para o seu tio Tyrion. O espectáculo embaraçoso não foi interrompido por nenhum membro da sua família, que sempre o teve “debaixo de olho” pela sua condição de anão, entre outras aspectos.

Tyrion, uma das personagens mais inteligentes da série, transmite o seu descontentamento ao beber demasiado ao longo do banquete. Posteriormente, não pôde consumar o matrimónio, mas respeitando o bom coração de Tyrion e o respeito que tinha por Sansa, o Lannister mais novo prometeu não tocar na jovem Stark. 

Nota: Tyrion, Sansa acabou por ficar sozinha com o Desembarco do Rei, pelo que não tinha outra alternativa senão casar-se comigo! No entanto, tu com contactos, dinheiro e inteligência, o que é que fizeste para ceder aos caprichos da tua ambiciosa família? Mesmo que os bordéis  e o álcool grátis fossem os teus principais pontos fracos, tu tinhas Shae que acabava por ser a única visitante na tua cama.

Juego de Tronos
Foto: Juego de Tronos

Edmure Tully e Roslin Frey

Os nomes dos protagonistas deste casamento são o factor menos importante. Estamos perante a união que deu origem ao surgimento do Casamento Vermelho, a alcunha que o capítulo recebe entre a legião de fãs, apesar de na prática se chamar “As Chuvas de Castamere”. O que parecia um casamento a união de Tully e Frey contra bos Lannister não era nada mais do que uma armadilha planeada pelos próprios Lannister. Os Frey e outros soldados foram os encarregados de realizar um dos maiores golpes de Game of Thrones (e da história da televisão), provocando três mortes relevantes de uma maneira cruel. Robb, a sua esposa Talisa (grávida nesse momento) e Catelyn (mãe de Robb), todos eles Stark, morreram de uma forma desumana e sangrenta no mesmo cenário. O exército dos Stark também morre neste mesmo lugar, mas deparamo-nos com estas três mortes indescritíveis.

Nota: No Ocidente não se pode confiar em ninguém. Para além disso, os Stark, conhecidos pela sua honra e nobreza, são presas fáceis para a família mais rica e enganadora do Ocidente, rival directo da família do Norte. Os Lannister perderam uma importante batalha contra os Stark, pelo que delinearam uma nova estratégia para estarem a um passo à frente. Da próxima vez, deveria pensar-se melhor sobre as alianças e os cenários para celebrar um casamento.

Juego de Tronos
Foto: Juego de Tronos
Juego de Tronos
Foto: Juego de Tronos

Joffrey Baratheon e Margaery Tyrell

Apesar de todos pensarem que Sansa Stark seria a grande eleita, a inimizade com o Norte (morte de metade dos Stark) deixou Sansa para um segunda plano, mais como uma prisioneira do que propriamente como uma futura rainha. Por esta razão, Margaery era vista como uma boa aposta para os Lannister para forjar alianças com uma célebre. Contudo, não apenas Cersei não aprovava o casamento, como também Olena Tyrell, avó de Margaery e inimiga na sombra do caprichoso e sádico Joffrey. De facto, foi a mulher que planeou, juntamente com a Littlefinger, o assassinato do monarca. Este acabou envenenado a meio do banquete, prévia humilhação de Tyrion, depois de beber um copo que continha veneno. A sua morte foi a mais celebrada.

Nota: Joffrey não era inteligente, mas a sua família era (Cersey e Tywin), pelo que deveriam ter previsto alguma tentativa de assassinato antes da péssima fama que o seu filho conquistou entre os nobres e plebeus. Neste panorama, parece impensável não ter havido um controlo de comida e bebida. Por sorte, a audiência não lamentou esta falta de cuidado de uma família que destaca a preservação do sangue, mesmo que isso implique o incesto.

Juego de Tronos
Foto: Juego de Tronos
Juego de Tronos
Foto: Juego de Tronos

Tommen Baratheon e Margaery Tyrell

“Rei morto, rei posto”. Dito e feito. Se um rei da família morre, o seguinte na linha de sucessão é a melhor opção para sua viúva. Felizmente, este casamento, mesmo que tenha sido fruto de fins políticos, apresentava um marido com um bom coração. Apesar de, aparentemente, ter-se apaixonado perdidamente pela sua mulher, acabe por ceder à religião, pelo que não consegue evitar o aprisionamento de Margaery. Esta religião restrita resulta na morte dela, devido a uma impressionante explosão e, posteriormente, Tommen suicida-se. A culpada terá sido Cersei, que procurava pôr um fim ao poder da religião, assassinando, assim, a meio do desembarco do rei (finalmente, viu-se livre da sua nora) e proporcionando um suícidio com o qual não contava.

Nota: Se o casamento arranjado acaba bem, não há necessidade de arranjar problemas e deixar que a coroa acabe por ser dominado por uma identidade com um grande poder. Por outro lado, seria, igualmente, interessante que não sei deixassem levar com as ideias de outros, quer se trate de pessoas poderosas ou líderes de diferentes movimentos. Os reis e as rainhas deveriam confiar num número muito limitado de pessoas. 

Juego de Tronos
Foto: Juego de Tronos

Sansa Stark e Ramsay Bolton

Se Joffrey era odiado por uma grande maioria do público, Ramsay conseguiu superá-lo. A sua crueldade era extrema, não tinha escrúpulos e, como isto se verificava, Sanda, que foi vítima de grandes desgraças da série sem morrer, foi a eleita para que o “monstro”

O pior casamento de todos, levado a cabo na terra de Sansa debaixo de neve e com os Bolton acampados em Winterfell. A noite de núpcias acabou com a violação de Sansa por Ramsay, que nunca tinha tido relações pessoais antes. Posteriormente, a jovem Stark vingou-se através de uma guerra e com a morte final de Ramsay, por parte dos seus cães. Depois de vários anos a ser vista como sendo uma menina mimada, a experiência com Ramsay consagrou-a heroína que já tinha começado a ser. Final feliz.

Nota: Nunca acredite em Littlefinger, o responsável em motivar este casamento com fins políticos e destino cruel. As más experiências podem fortalecer as pessoas e, mesmo que Sansa tenha passado pelo pior, a sua personagem aproveitou as suas tragédias para crescer enquanto mulher. 

Juego de Tronos
Foto: Juego de Tronos

Rhaegar Targaryen e Lyanna Stark

Este foi o último casamento até ao final da sétima temporada, mesmo que corresponda ao primeiro cronologicamente e ao mais importante, tendo em conta o valor desta união na história de Game of Thrones. A relação entre ambos, descrita falsamente como uma mera violação para com algumas personagens, desenrola-se na 7ª temporada, vista como uma relação de amor real e uma bênção para os amantes da série ao revelar a sua verdadeira natureza.

Nota: Nos primeiros capítulos da 6ª temporada, descobriu-se que John Snow era filho de Lyanna Stark, mas na 7ª descobrimos que o casal não era apenas Targaryen, mas ambos casaram-se e o seu casamento foi legítimo. Desta maneira, um casamento começa a alterar o argumento da série ao converter John Snow num legítimo herdeiro do Trono de Ferro (o seu padre era o filho mais velho do Rei Louco), à frente de Daenerys Targaryen, a sua tia e amante. A emoção está, assim, servida.

Juego de Tronos
Foto: Juego de Tronos

À espera do que possa vir a acontecer na série, partilhamos consigo todos estes casamentos com as devidas notas que achámos mais pertinentes. O humor, os debates e as reflexões são o que nos resta para ver os efeitos do Inverno, porque, efectivamente, JÁ CHEGOU! 

Mais informação sobre

Dê-nos a sua opinião

Ludgi Fotógrafos
A evolução do amor com a idade: 8 pormenores especiais do dia-a-dia
A noção do tempo também difere e torna-se precioso. Mas o amor é muito mais, está nos pequenos momentos e pormenores do dia-a-dia, desvendamos 8 deles!
Porque é que os abraços são tão especiais?
Porque é que os abraços são tão especiais?
Ás vezes, um gesto sincero e caloroso vale muito mais do que mil palavras. Sinta, crie empatia, emocione-se, disfruta...
Efeito Espontâneo
6 conselhos especiais para um casamento especial: venham conhecê-los!
Hoje, aqui, na Zankyou Magazine, deixamo-vos 6 conselhos especiais... Para um casamento especial! Agarrem no bloco de notas e vamos a isso!

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação