Adeus mitos: comportamentos "pouco masculinos" que deviam estar presentes em qualquer relação

Desde o seu início, o século XXI tem sido um momento histórico relativamente a evoluções importantes. Num ponto de vista social, a linha que separa os homens das mulheres é cada vez mais estreita, fomentado a igualdade entre sexos e, consequentemente, o conceito de justiça pela qual temos andado a lutar ao longo dos anos. Contudo, nem tudo é um mar de rosas. Sem darmos conta, quase todas as pessoas acabam por assumir uma posição machista. A cultura do passado está demasiado fixa. Há actividades e comportamentos que estão ainda associados às mulheres ou ligados aos homens e, regra geral, numa sociedade evoluída, isto não se deveria verificar.

Alguns comportamentos masculinos deste novo século, que acabam por fugir ao conceito de “homem” socialmente estabelecido, não são de todo aceites (ainda). Estes homens que, de certa forma, fogem à norma são vítimas de algumas palavras desagradáveis e perjurativas, mesmo daquelas pessoas que se afirmam como sendo tolerantes. De facto, estamos contaminados. Por isso, a Zankyou pretende acabar com estes preconceitos, a favor dos homens que têm sido capazes de se adaptar à modernidade e às novas “tendências”, trabalhando e lutando com vista a um equilíbrio social que consideram fundamental e necessário.  

Efeito EspontâneoSolicite informação sobre “Efeito Espontâneo”
Efeito Esponâneo

Abri-se e expressar os seus sentimentos

Estamos tão intoxicados que acreditamos que esta atitude é característica somente das mulheres. Aparentemente, enquanto elas expressam a sua forma e sentimentos de alguma forma (palavras, gestos…), eles deveriam estar a mandar mensagens no seu grupo de companheiros de poker no Whatsapp.

Os homens que dizem e que mostram as suas emoções são muito mais seguros relativamente à sua sexualidade. Reprimir os sentimentos e, de certa forma, limitar-se é apenas prejudicial para o crescimento pessoal, mas evidencia também, algumas dúvidas sobre a sua pessoa. É imprescindível que o homem se sinta parte de um género, mas abrir-se para as pessoas que o rodeiam devia ser um aspecto inato dos seres humanos, sem correrem o risco de serem “etiquetados”. Basicamente, partilhar os sentimentos é uma condição humana, enquanto seres sociais e evoluídos. É uma homenagem à nossa própria humanidade. Pensar o contrário é um sintoma grave de machismo e grandes passos de retrocesso.

IlustreSolicite informação sobre “Ilustre”
Ilustre

Cuidar-se

Muitas pessoas, especialmente as más línguas, acreditam que o casamento implica perder as qualidades e virtudes físicas que atraem o sexo oposto: visto que o esforço para encontrar um parceiro está terminado, podemos tirar o nosso produto do mercado. Esta declaração pode ser apenas um boato sem sentido, mas existem alguns casamentos que tentam fugir desta situação. O homem é o que mais se aproveita disto. Se as suas mulheres se arranjam e tratam-se, de modo a manterem-se bonitas, os seus parceiros pensam “porque é que não o faço também?“.

Outro sinal de machismo: apenas a mulher é que se deve esforçar para contentar e satisfazer o marido. Ambos estão no mesmo barco e nenhum dos elementos do casal devia ser superlativo na relação.

Felizmente, a nova década na qual nos encontramos, tem vindo a implementar algumas rotinas de exercício, compras e comidas saudáveis para os homens que para além de lutarem pelo equilíbrio entre sexos, têm, também, implementado um estilo mais atraente para o género masculino. É verdade que ainda se vêm muitas “barrigas de cerveja”, excessos e uma alarmante e preocupante falta de preocupação no âmbito da higiene e vestuário. No entanto, este aspecto tem vindo, também, a melhorar.

Detail Lifestyle Photography Solicite informação sobre “Detail Lifestyle Photography ”
Detail Lifestyle Photography

Encontrar um equilíbrio nas tarefas domésticas

No momento em que a mulher assume o papel de protagonista na cozinha perante o seu marido, estamos a assistir a uma evidente cena de machismo gratuita. Atribuir este papel às mulheres é o primeiro sinal de sexismo. Contudo, é muitas vezes involuntário (este é o tipo de machismo mais grave).  É importante que o casal encontre um equilíbrio, normas, horários, acordos… Qualquer coisa para que consigam negar e fugir deste estereótipo criado pela sociedade de que as mulheres é que têm de ser as responsáveis pela lida da casa – passar a ferro, cozinhar, colocar a roupa na máquina de levar, lavar o chão e a casa de banho… Portanto, uma atitude em que o marido chega a casa e senta-se no sofá a ver o jogo de futebol que perdeu no dia anterior enquanto a sua mulher está a preparar o jantar, é uma coisa dos anos 50. Se por outro lado, há dias em que ele assume o controlo, existe sempre a alternativa de estabelecer uma rotina de surpresas culinárias, de modo, a criar uma condição de reciprocidade. Por vezes, ele cozinha uma noite e sente que a sua missão está completa até ao final do milénio. Isto é claramente machismo! É preciso que exista igualdade em todos os momentos da vida!

Tudo isto deve ser aplicado nos dois sentidos! Ela, também, é capaz de montar um móvel, pintar as paredes da casa ou pendurar um quadro! O homem não está a negar a sua masculinidade ao ver a sua mulher a fazer tais coisas e, consequentemente, ela também não é menos feminina por dominar essas actividades que antigamente estavam apenas relacionadas com os homens. Paralelamente, ela também não é menos mulher por ser um desastre na cozinha! Nenhum dos elementos do casal está a atrair o seu género por colocar os preconceitos e estereótipos sociais do que cada um devia ou não fazer. Os papeis estabelecidos pela sociedade na qual nos encontramos deveriam propor a igualdade.

Ludgi FotógrafosSolicite informação sobre “Ludgi Fotógrafos”
Ludgi Fotógrafos

Conversas relevantes

O mundo do cinema e as pequenas histórias que ouvimos nos pequenos cantos do escritório fazem-nos perceber que normalmente são as mulheres quem pensam permanentemente sobre o futuro da relação na qual se encontram. Este comportamento vem muitas vezes associado com o típico pensamento “Onde é que isto vai dar? Será que tem pernas para andar?”. Sim, elas têm dúvidas e sentem-se inseguras, ora porque não estão completamente confortáveis, ora porque têm a necessidade de dar o passo seguinte.

Utilizar o cérebro esporadicamente é positivo, especialmente, se a pessoa com quem, de certo modo, estamos a partilhar um lado amoroso da nossa vida depende do uso do mesmo. Muitos homens estão catagolados como seres simples que raramente reparam e dão importância a pequenos detalhes e a alguns assuntos mais sensíveis. Contudo, há homens que por vezes fazem uma viagem até ao mundo da reflexão, onde crescem algumas questões. Depois de se depararem e de lidarem com esses pensamentos, a expressão dos sentimentos de uma forma substancialmente mais aberta é o segundo passo. Pensar e expressar-se são características das pessoas enquanto seres humanos interessantes, não apenas das mulheres. Todos deveríamos colocar em prática isto, sem dar muita importância às antigas normas do passado e nas quais a sociedade se encontrava presa.

Mary Me EventosSolicite informação sobre “Mary Me Eventos”
Mary Me Eventos

Ouvir

A capacidade para escutar o parceiro é, também, uma virtude que é muitas vezes associada e atribuída às mulheres. Há alguns ano atrás, os homens que ouviam atentamente as mulheres eram vistos como sendo mais sensíveis e considerados femininos. No entanto, uma pessoa que não possua a capacidade de escutar, é uma pessoa vazia, consequentemente, sem recursos para compreender nem para aconselhar.

Eles, também, deveriam ser as confidentes das mulheres de modo a pôr um fim nos círculos exlusivos de homens e mulheres: enquanto elas tentam resolver os seus problemas, eles estão em casa de um amigo, ou a ver futebol ou a jogar poker. Estas reuniões são puros estereótipos que, infelizmente, se verificam frequentemente na sociedade. A vida real não é como a vida no filme Sexo e Cidade.

Efeito EspontâneoSolicite informação sobre “Efeito Espontâneo”
Efeito Espontâneo

Jamais nos cansaremos de o repetir: é necessário encontrar o equilíbrio entre os sexos. Esta é a única forma de acabar com o machismo e com o sexismo, que, ainda, se encontram muito presentes nas mentalidades e na sociedade. Quando todos possibilitarem a união de comportamentos e géneros, a sociedade irá evoluir consequentemente.

Para proteger esta teoria e provar que as coisas estão de facto a mudar, para melhor, leia os pensamentos secretos que o noivo tem antes, durante e após o casamento. 

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Dê-nos a sua opinião

Diga adeus aos presentes inúteis e diga olá à lua-de-mel dos seus sonhos!
Diga adeus aos presentes inúteis e diga olá à lua-de-mel dos seus sonhos!
Queridos recém-casados ou futuros marido e mulher, já é hora de que falemos com certa honestidade, que falemos de um tema muito delicado, um pensamento que passou pela cabeça de todos os seres humanos, em algum momento da vossa vida. Vamos ser francos, nunca lhe aconteceu receber um presente com um sorriso enorme mas no fundo pensar: "o que vou fazer com isto?"
Nelson Marques Photography
O que qualquer noiva deve fazer, no seu último mês enquanto solteira: que comece a contagem decrescente!
Não hesitamos em destacar, hoje, as 8 coisas que qualquer noiva deve fazer nos últimos 28, 29, 30 ou 31 dias de loucura, que a separam do "sim, aceito!"... Afinal, que memórias guardarão, se não o aproveitarem ao máximo?

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

Quer divulgar a sua empresa na Zankyou?
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação