Apaixonaram-se em miúdos e agora estão casados!

Os miúdos sabem muito! São mais espertos do que se pensa. Quem nunca ficou surpreendido com uma “saída” de uma criança? É que elas são que nem esponjas, absorvem tudo o que ouvem. O pior é que muitas vezes, dizem tudo sem filtros. E isso é um dos aspectos que as torna tão tão engraçadas e surpreendentes. E no que respeita ao amor, serão assim tão rápidas? Sim. As crianças desde que nascem desenvolvem a sua sexualidade. É, por isso, também natural que desenvolvam a sua capacidade de amar. Já viu o seu filho corar diante de uma menina bonita? Então, como vê, isso é sintomático que passou por uma emoção nova. A história de Laura e Matt é um bom exemplo de como o amor na infância tem “pernas para andar”.

Laura Scheel y Matt Grodsky
Foto: Laura Scheel y Matt Grodsky

Se acha que conheceu o amor da sua vida com três anos, saiba que pode ter acontecido algo imperceptível e inexplicável que o tenha levado a essa  conclusão. Nestes casos, não se tratam de amores platónicos, nem de injecções de hormonas, nem invenções fruto da idade. Há algo mais. Foi o que aconteceu com os protagonistas desta história.  Conheceram no pré-escolar, aos três anos. A sua história, contada na página The Way We Met do Instagram, é esta:

“A Laura e eu conhecemo-nos no pré-escolar. Uma das primeira lembranças que tenho dela é de estarmos na sala de aula  e de eu lhe dizer que um dia me casaria com ela.

Em crianças, a Laura ensinou-me a andar de baloiço, a desenhar montanhas e a forma correcta de comer queijo. Também me lembro de jogar às escondidas e à apanhada com ela, no quintal, e de ficarmos acordados na hora da sesta. 

Apaixonei-me pela Laura em criança, e ainda estou agora. Perdemos o contacto durante o ensino básico. E durante os sete anos seguintes só nos víamos em fotografias de postais de Natal que as nossas famílias enviavam uma à outra. Mas, por circunstâncias da vida, voltámos a estabelecer contacto na escola secundária, graças a um amigo em comum. Bastaram duas semanas, para começarmos a sair juntos. Continuámos juntos durante toda a escola, incluindo quando mudámos de instituições de ensino, em diferentes estados do país. Nem a distância nos afastou.

Continuámos noivos até 23 de Maio de 2015, data em que decidi cumprir a minha promessa no pré-escolar e fazer da Laura minha mulher. O pedido oficial de casamento foi onde tudo começou: na nossa sala de aula do pré-escolar”

Laura Scheel y Matt Grodsky
Foto: Laura Scheel y Matt Grodsky

"Laura and I met in preschool. One of my very first memories is of being 3 years old and standing up in front of my pre-school class, declaring that I would marry her someday. As kids, Laura taught me how to ride the swings, draw rolling hills, and the 'right way' to properly eat string cheese. We have fond memories of playing hide-and-go-seek, chasing after each other on the playground, and mischievously staying up during nap time. I was enamored with Laura as a child, and I still am to this day. Eventually, we lost touch upon entering our Elementary School days and for the next seven years, our family's annual Christmas cards was the only way we ever saw each other's faces. It wasn't until High School that we reconnected by happenstance through a mutual friend. Within two weeks, we decided to be boyfriend and girlfriend. We continued to date through out all of High School, even though we went to different schools. We even stuck together long-distance while attending colleges in different states. We remained a resilient couple until May 23rd, 2015 when I decided to stay true to my preschool pledge and make Laura my wife. I proposed to her at the place it all began… our preschool classroom."

A post shared by the way we met (@thewaywemet) on

Esta história é uma das mais sinceras e autênticas que já contámos na Zankyou. Como esta, só mesmo a de Claudino e Rosina. Este casal tornou-se protagonista de Up – Altamente num ensaio fotográfico enternecedor. Não menos comovente é a história de amor de Cindy e Mathew. Veja só como Harry Potter enfeitiçou Cindy e atingiu Mathew com a sua varinha mágica.

Dê-nos a sua opinião

22 anos de amor: um casal com Síndrome de Down que quebra preconceitos e nos faz acreditar no "felizes para sempre"
22 anos de amor: um casal com Síndrome de Down que quebra preconceitos e nos faz acreditar no "felizes para sempre"
Maryanne e Tommy foram o primeiro casal com Síndrome de Down a casar do Reino Unido. Hoje são protagonistas de uma história muito feliz!
'O Diário de uma Paixão' real: porque a vida pode surpreender!
'O Diário de uma Paixão' real: porque a vida pode surpreender!
Jack Potter decidiu que a sua mulher não ia esquecer a sua história de amor. Para isso, os melhores remédios: um diário, muitas recordações e a esperança.
Menina de 5 anos cumpre o seu sonho e celebra o seu "casamento" antes da sua próxima cirurgia
Menina de 5 anos cumpre o seu sonho e celebra o seu "casamento" antes da sua próxima cirurgia
A pequena Sofia Chiappalone protagonizou, juntamente, com o seu amigo Hunter, uma das mais encantadoras sessões!

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação