O amor supera tudo: a força de um cão que nos comove

O amor supera tudo: a força de um cão que nos comove

O cão acompanhou a sua dona até ao altar apesar do seu grave estado de saúde. A sua recuperação repentia para o grande dia do casamento parece um verdadeiro milagre.

  • Atualidade
  • International
  • Amor
  • Casal

Quando falamos sobre amor, normalmente relacionamos este sentimento tão poderoso aos seres humanos. Só aos seres humanos. Mas será justo fazê-lo? É sem dúvida um conceito muito difícil de compreender e ainda mais complicado de explicar. De facto, são poucas as pessoas que podem dizer que sabem o que é exactamente o amor. Contudo, o amor pode ir muito mais além da própria vida…. humana.

Existem vários documentários que demonstram como os animais são, também, capazes de experimentar emoções. Se tem um cão em casa, ele não fica todo contente quando abre finalmente a porta depois de um longo dia de trabalho? Pois bem, isso é amor!

O filme Hachiko: Sempre Ao Teu Lado (2009), para além de ter provocado rios de lágrimas nas nossas faces, ensinou-nos que a lealdade dos animais é incondicional.  Neste caso concreto, Kelly O’Connell e James Garvin foram os grandes sortudos por terem experienciado tal amor.

guardarJenDz Photography
Foto: JenDz Photography

Charlie Bear,  o cão da família com 15 anos de idade, sofria de um tumor cerebral. Devido ao seu estado crítico, o casal decidiu acabar com o seu sofrimento antes do casamento. No entanto, nos dias que antecederam o grande dia, o cão recuperou e voltou a ser o que era antigamente. Tendo em conta as cinco convulsões que sofreu na semana anterior ao casamento, uma mudança drástica do seu estado de saúde parecia um verdadeiro milagre. Desta forma, não foi necessário para o casal tomar medidas mais tristes. O labrador preto arranjou e acumulou forças e acabou por acompanhar o casal, portanto, os seus donos ao altar.

Não quer perder as últimas novidades para o seu casamento?

Subscreva a nossa newsletter

guardarwedding-party-dogs
Foto: JenDz Photography

Será que se trata mesmo de um milagre? Nestas fases da vida, não acreditamos na fantasia e na magia, mas acreditamos no amor. Kelly O’Connell deu uma nova vida a Charlie Bear quando conseguiu resgatá-lo do refúgio abandonado onde se encontrava. Tinha apenas 12 semanas, mas 15 anos depois, o generoso cãozinho retribuiu o favor à sua dona com um acto de amor e reconhecimento absoluto. “Tu conseguiste, amigo, conseguiste”, disseram-lhe. As fotografias do casamento do casal não teriam sido as mesmas sem Charlie. “Só pensava: “eu quero que ele veja isto””, disse a noiva. E, de facto, assim aconteceu e o seu cão presenciou um dos seus dias mais felizes.

A incrível força de vontade do cão para assistir à cerimónia foi visível quando, vencido pelo cansaço e pelo esforço acrescido, não foi capaz de caminhar de volta para casa. Charlie Bear recuperou para poder assistir à troca de votos dos seus donos, à união e paixão dos mesmos. Charlie não tinha mais forças pelo que a irmã e a dama de honor de Kelly foram as responsáveis por levá-lo de volta para casa nos seus braços.

guardarJenDz Photography
Foto: JenDz Photography

Uma semanda depois, Charlie Bear descansou, por fim, demonstrando o verdadeiro motivo pelo qual aguentou, literalmente, até ao final: para observar como a sua dona selava um amor eterno com o seu companheiro. Este é o cenário de um autêntico filme natalício americano: acompanhado pelos seus mais queridos com a lareira a aquecer e a iluminar a casa, simultaneamente. Nestes momentos, os contos e as histórias tornam-se realidade, mesmo que apresentem alguns detalhes que possam parecer fantasia. No entanto, de alguma forma quase incompreensível, o amor consegue superar tudo! 

Fotos: JenDz Photography

Dê-nos a sua opinião

Lista de casamentos Zankyou. Receba 100% dos seus presentes em dinheiro!