Poupar no casamento: os convidados e o local da recepção

Corte no supérfluo e divirta-se à grande! Foto: Nuno Palha

Saber estabelecer onde gastar o dinheiro quando se planeia um casamento é uma das prioridades de qualquer casal de noivos.

Uma das mais importantes tarefas é elaborar a lista de convidados. E também uma das mais dispendiosas.

Solicite informação sobre “Nuno Palha”
Restrinja a lista de convidados aos mais íntimos. Foto: Nuno Palha

Então uma das principais questões é: “Será mesmo necessário ter 200 convidados?”. Logo, remete-nos para a prioridade número 1: Reduzir a lista de convidados. Pode ser uma tarefa difícil e desafiadora, mas compensatória! No final, verão os custos do catering diminuir consideravelmente, o que lhes deixa bastante dinheiro para gastar noutros tópicos.

Pensem em convidar somente familiares e amigos mais chegados, aquelas pessoas com quem têm uma relação próxima, eliminando os conhecidos e aquelas pessoas que sabem que só irão para não fazer uma desfeita ao casal.

Com a lista de convidados reduzida, passemos ao tópico seguinte, o local da recepção. Para minimizar os custos neste ponto, tudo depende do local e da data escolhida.

Solicite informação sobre “Nuno Palha”
Escolha bem a data e o local do seu casamento; o seu bolso agradece-lhe! Foto: Nuno Palha

Se escolherem casar no Verão, nos meses de Julho e Agosto, os preços serão substancialmente mais caros. Se escolherem casar em Março, Abril, Outubro e Novembro, os peços serão mais convidativos. E se escolherem casar num feriado ou no fim-se-semana os preços também aumentarão. Assim, e seguindo uma nova tendência nos casamentos, optem por casar num dia de semana, mesmo numa sexta-feira, verão como o dinheiro começa a sobrar para outras coisas!

E por último, se optarem por casar num hotel ou num restaurante, os preços também são mais acessíveis, uma vez que normalmente, estes encarregam-se de tudo, da decoração, do catering e até do bolo da noiva, pelo que o orçamento fica muito mais reduzido.

 


Guest blogger: Sílvia M. Lima

Sílvia sempre adorou casamentos, mas nunca pensou fazer disso a sua profissão. Aproveitando a pausa do nascimento da sua primeira filha, deparou-se com um nicho por explorar, os vestidos de noiva novos e semi-novos a preços low-cost. Eis que surge então a ideia da criação da Veste-me Outra Vez. Poderá saber mais e acompanhar as novidades no seu blogue e no Facebook.

É especialista numa área associada à temática do casamento e gostava de escrever na Zankyou Magazine? Contacte-nos.

Contacte com as empresas mencionadas neste artigo

Mais informação sobre

Dê-nos a sua opinião

Poupar no casamento: convites e decoração
Poupar no casamento: convites e decoração
A melhor forma de cortar na despesa é optarem por fazer os vossos próprios convites e escolher materiais económicos e versáteis para a decoração.
5 dicas sobre como poupar num casamento personalizado?
5 dicas sobre como poupar num casamento personalizado?
Com alguma criatividade e bom gosto, é possível transformar um orçamento modesto numa festa magnífica. E a forma mais eficaz de fazer isso mesmo é personalizando.
1Love4ever Photography
Poupar no casamento: Gastar pouco = gastar bem
Gastar pouco não significa ter menos, ou ter "menos bom". Significa gastar bem, planear com antecedência, não desperdiçar e usar a imaginação!

Faça gratuitamente e em 2 clicks um site magnífico para o seu casamento.

100% personalizável e com centenas de layouts para escolher Ver mais layouts >

A sua empresa também pode estar na Zankyou!
Se tem uma empresa de casamentos ou é um profissional do sector, Zankyou oferece-lhe a oportunidade de divulgar os seus serviços a milhares de casais que nos escolhem para organizar o seu casamento em 23 países. Mais informação